NOTICIAS DO RIBATEJO EM SUMARIO E ACTUALIZADAS PERIODICAMENTE - "A Imparcialidade Na Noticia" - UMA REFERÊNCIA NA INFORMAÇÃO REGIONAL -
Sábado, 11 de Dezembro de 2010
CARTAXO LANÇA PROGRAMA – FOME ZERO

Programa conta com a parceria do Banco Alimentar Contra a Fome e pretende assegurar que todos os munícipes tenham acesso a alimentos básicos
 
Paulo Caldas entrega cheque de 3.500 euros ao Banco Alimentar – um valor que o Município poupou no âmbito das iniciativas de celebração do Natal
 
§  Presidente do Banco Alimentar afirmou que o Cartaxo é a primeira entidade pública a apoiar o Banco Alimentar de Santarém e a “ter a coragem” de reconhecer o problema e a “capacidade” de encontrar a solução
 
 
A Câmara Municipal do Cartaxo apresentou hoje, dia 10 de Dezembro, o “Programa Fome Zero” – um programa municipal, desenvolvido em parceria com o Banco Alimentar Contra a Fome e sustentado com a Rede Social do Município, que tem como principal objectivo combater a fome no concelho. O município vai, em parceria com o Banco Alimentar, transformar cada euro poupado num bem alimentar.
 
Paulo Caldas, presidente do Município do Cartaxo, acredita que “as comunidades devem ajudar aqueles que mais necessitam, de uma forma sustentável” e defende que “a solidariedade não deve ser apenas um acto das alturas especiais e das épocas festivas, porque a fome é uma realidade com que os mais carenciados se deparam todos os dias”.
 
O Programa parte do princípio de que o desperdício pode servir para ajudar a combater a fome. No fundo, “trata-se de converter o que todos nós conseguimos poupar em contributos para a satisfação básica das necessidades da nossa população”, reforçou Paulo Caldas, considerando que “o termo desperdício, politicamente, é inconveniente, mas eu não tenho problema nenhum em afirmar que há muito desperdício que é feito, pelos políticos e pela comunidade também. Há que dizê-lo e ter também a coragem e a capacidade para assumir que conseguimos converter isso em coisas boas. Esta é uma coisa boa. Quando convertemos um euro num alimento, estamos a ajudar de modo imediato, mas de forma sustentada”, afirmou.
 
Em parceria com uma instituição idónea, credível e organizada, quer do ponto de vista logístico, quer do ponto de vista de recursos humanos e equipamentos – como é o Banco Alimentar Contra a Fome –, será criada uma ponte entre o município e a população, de forma a assegurar que todos os residentes no concelho tenham a possibilidade de aceder aos bens alimentares de que necessitam.
 
Paulo Caldas enalteceu o princípio de transparência de gestão do Banco Alimentar Contra a Fome e afirmou que “este foi um dos factores que levou è escolha desta instituição como parceira do projecto”.
 
O trabalho desenvolvido pelas cinco instituições locais que já trabalham em parceria com o Banco Alimentar de Santarém foi também valorizado pelo presidente da autarquia, designadamente o Centro Paroquial de Bem-Estar Social de Pontével, Conferência S. Francisco de Assis, Conferência S. Vicente de Paulo, Cruz Vermelha Portuguesa – Núcleo do Cartaxo e Jardim de Infância do Cartaxo.
 
“Agradeço o trabalho destas instituições, integradas na nossa Rede Social, porque sem elas este nosso projecto também não seria possível”, acrescentou Paulo Caldas. Neste momento, estas cinco instituições entregam alimentos a 697 munícipes do concelho.
 
“Sabemos que os dias são cada vez mais difíceis e não se prevê que 2011 seja melhor que 2010. Contudo, é através de pequenos grandes contributos como este que conseguimos garantir que haja mais alimentos a chegar aos mais necessitados e assim conseguimos reduzir os números da fome”, sublinhou o presidente da Câmara.
 
Garantir que quem reside no concelho do Cartaxo não viva com fome “é um objectivo que requer a existência de um espírito mais solidário. O objectivo não passa por entregar dinheiro ao Banco Alimentar, tem de ser mais do que uma subvenção financeira. É incutirmos na comunidade uma maior sensibilidade para os problemas sociais, que leve a ajudas na operacionalidade ou directamente à recolha de alimentos”, reforçou Paulo Caldas.
 
Em termos de acções concretas, este programa irá envolver a atribuição de valores pecuniários, de acordo com necessidades das instituições apoiadas pelo Banco Alimentar – transformar um euro em um alimento; a procura de parceiros institucionais – públicos e privados – que queiram integrar o Programa como financiadores; a associação a actividades do município – área cultural e desportiva – para angariação de fundos para o Programa; e reforço da relação entre a Rede Social e a comunidade.
 
Paulo Caldas entende que é necessário dar visibilidade a este projecto, “pode ser útil para sensibilizarmos a comunidade e angariarmos contribuintes que queiram fazer parte deste projecto. Em conjunto com a comunidade, com um parceiro certo e com a nossa Rede Social, é possível unirmo-nos neste objectivo de combate à fome, utilizando as nossas poupanças e convertendo-as em alimentos”.
 
A Câmara Municipal deu hoje o seu primeiro contributo ao Banco Alimentar, entregando-lhe um cheque no valor de 3.500 euros – custos habitualmente ligados à celebração do Natal, que este ano serão poupados e entregues a este Programa.
 
 
Município do Cartaxo é a primeira entidade pública a apoiar o Banco Alimentar de Santarém
Ramiro Matos, presidente do Banco Alimentar Contra a Fome de Santarém, começou por felicitar o presidente da Câmara Municipal do Cartaxo por este Programa, cuja iniciativa faz do Município do Cartaxo a primeira entidade pública a apoiar o Banco Alimentar.
 
“O concelho do Cartaxo está de parabéns. Muito obrigado Sr. presidente da Câmara pela importância que deu a este protocolo. Em nome de todas as pessoas que apoiamos, muito obrigado pelo seu exemplo”, referiu Ramiro Matos, dirigindo-se a Paulo Caldas.
 
O presidente do Banco Alimentar de Santarém afirmou que “certamente há muitos autarcas que preferem ignorar e esconder o facto de existir fome nos seus concelhos, sentimos que fecham as portas ao Banco Alimentar porque têm vergonha de assumir essa realidade. Felicito portanto a coragem deste projecto e a iniciativa do Sr. Presidente da Câmara”.
 
O modelo do “Programa – Fome Zero” vai também ao encontro dos critérios defendidos pelo Banco Alimentar, tanto que recebeu uma aceitação imediata por parte da Federação Portuguesa dos Bancos Alimentares, informou também Ramiro Matos.
 
Ramiro Matos acredita que com este Programa “vamos conseguir ser mais pró-activos no concelho do Cartaxo, vamos distribuir alimentos com maior regularidade e em maior quantidade e vamos ainda conseguir diagnosticar mais casos, juntamente com a Rede Social, para que no Cartaxo a fome seja zero”. 
 
O valor cedido pela autarquia será “um importante contributo para o Banco Alimentar fazer face às suas despesas normais”. Esta instituição, com a dimensão de uma média empresa, distribuiu anualmente entre 200 a 250 toneladas de alimentos, “o que requer uma logística significativa”, acrescentou Ramiro Matos.
 
 
Bancos Alimentares – princípios defendidos
Os Bancos Alimentares lutam contra o desperdício de produtos alimentares e encaminham-nos para distribuição gratuita às pessoas carenciadas. A dádiva, a partilha, o voluntariado e o mecenato são os principais suportes da sua acção.
 
A sua organização logística profissional assegura a recolha e o encaminhamento de produtos alimentares, a sua triagem e armazenagem, o controlo de qualidade e a rede de frio.
 
Acresce o facto destas instituições terem uma total transparência. Além de serem não governamentais, apolíticas e não confessionais, praticam uma gestão transparente, possuindo contabilidade organizada e as contas são auditadas anualmente por uma empresa exterior. 
 
 
 



publicado por Noticias do Ribatejo às 10:22
link do post | comentar | favorito

pesquisar
 
Dezembro 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


posts recentes

Artigo de Opinião: A Hipo...

NATAL

TEMAS DE SAÚDE: Sustentab...

Mãe Com Açúcar 

Aprovada candidatura que ...

Aproveite o que Santarém ...

Mercado de Natal na Chamu...

Plano Estratégico de Valo...

MERCADINHO DE NATAL NO CA...

Circule no Comboio de Nat...

DESFILE DA PAZ ASSINALA É...

Mercados de financiamento...

Ampliação do Centro de In...

Centro Cultural recebe es...

 Distrital do PSD de Sant...

Assembleia Municipal de A...

Coruche – Detidos em flag...

Bombeiros Municipais de S...

Santarém disponibiliza Pi...

Mais de 4000 passageiros ...

Município de Coruche ap...

Coruche promove programa ...

Município da Chamusca dis...

Município de Tomar preten...

CÂMARA MUNICIPAL DE SALVA...

Mercado de Natal dinamiza...

Exposição de Presépios em...

CINCO SENTIDOS PARA AS FÉ...

Município de Azambuja ref...

Tomada de Posse da Distri...

arquivos

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

tags

todas as tags

subscrever feeds