NOTICIAS DO RIBATEJO EM SUMARIO E ACTUALIZADAS PERIODICAMENTE - "A Imparcialidade Na Noticia" - UMA REFERÊNCIA NA INFORMAÇÃO REGIONAL -

Quinta-feira, 25 de Fevereiro de 2010
Plano de Cheias em Alerta Amarelo

O Plano Especial de Emergência para Cheias na Bacia do Tejo, continua no nível de Alerta Amarelo, depois de ter sido accionado a (22FEV). 
 

PREVISÃO HIDROLÓGICA 
 

As barragens espanholas e a de Castelo de Bode, deverão aumentar os caudais lançados nas próximas horas, os quais poderão alterar os cenários de inundabilidade já a partir da noite de hoje (25FEV).  
 

PREVISÃO METEOROLÓGICA 
 

De acordo com as previsões do IM, pode ocorrer precipitação, por vezes forte e trovoada nas regiões a Norte do Sistema Montanhoso Montejunto-Estrela, até ao fim do dia de hoje (25FEV), não estando, no entanto, afastada a hipótese de ocorrerem aguaceiros pontualmente fortes a Sul.

A evolução meteorológica nos próximos dias será caracterizada pela passagem de superfícies frontais de menor actividade até ao dia de Sábado (27FEV), altura em que o continente será influenciado pela passagem de uma depressão de forte actividade localizada ao largo do litoral Oeste, que poderá provocar ventos muito fortes.  
 

CENÁRIO PREVISÍVEL 
 

Com os caudais actuais manter-se-ão durante na noite de hoje os níveis actualmente registados, pelo que os efeitos se mantêm os actuais.  
 

Haverá actualização da informação nas próximas horas, logo no início do dia 26FEV.  
 
 

CENÁRIO VERIFICADO 
 

Município de Constância: 
 

  • Inundação da parte baixa da Vila de Constância, nomeadamente parte do jardim junto ao rio e parque de estacionamento, estrada do campo e via junto à Casa de Camões.

 Município de Vila Nova da Barquinha: 

  • Submersão do cais de Tancos.

 Município da Golegã: 
 

  • Submersão da EN365 Quinta da Broa/ ponte do rio Almonda

 Município de Alpiarça: 
 

  • Submersão da EM 1369 Alpiarça/ Torrinha (estrada do campo)

 Município de Santarém: 
 

  • Submersão da EM entre Pombalinho e Reguengo do Alviela
  • Submersão da EN365 com isolamento da povoação de Reguengo do Alviela.
  • Submersão da EM que liga Ribeira de Santarém e Vale de Figueira.
  • Submersão da EN365 na Ribeira de Santarém, junto à fonte de Palhais.

           (nova ocorrência)

Município do Cartaxo: 
 

  • Submersão da EN114-2 Setil/ Reguengo (nova ocorrência)

 Município de Coruche: 
 

  • Submersão do caminho municipal entre a EN 114-3 (freguesia de Coruche e Fajarda) e a EM 515 (freguesia do Biscainho), estrada de campo.
  • Submersão do caminho municipal entre a EN 114-3 (freguesia de Coruche e Fajarda) e a EN 119 (de ligação para Biscainho ou rotunda do Monte da Barca (estrada de campo), ambos por influência do rio Sorraia.

 
Município de Benavente: 
 

  • Submersão da EM 1456 entre Benavente e a Recta do Cabo (estrada do campo), por influência do rio Sorraia.

____________________                        ____________________ 
 

  • Na região influenciada pela Bacia Hidrográfica do Tejo, estão ainda afectados vários caminhos vicinais, junto a linhas de água.

 
 SITUAÇÕES ESPECIAIS 
 

Considerando a situação hidrológica e meteorológica, actuais e previstas, é de considerar a possibilidade de inundações localizadas em zonas urbanas e na rede viária, pelo que a população em geral deverá ter o máximo cuidado com a condução de veículos, evitando passar em zonas submersas e respeitando as determinações das autoridades. 
 

O actual caudal do rio Tejo torna também perigosas e consequentemente desaconselhadas actividades profissionais ou outras nas margens ou no leito do rio Tejo e seus afluentes.  
 

CONSELHOS À POPULAÇÃO

  • Deverá ter o máximo de cuidado com a condução de veículos, evitando passar em zonas submersas e respeitar as determinações da sinalização e das autoridades
  • Manter-se informada, principalmente se reside numa região habitualmente sujeita a inundações e desenvolver as acções necessárias para a sua protecção, da família e dos seus bens;
  • Retirar do leito do rio e das zonas normalmente inundáveis, os equipamentos agrícolas e industriais
  • Levar os animais para locais seguros
  • Acompanhar o evoluir da situação, junto das entidades competentes e pelos órgãos de comunicação social
  • É importante que as pessoas tenham consigo, um rádio e pilhas e que cumpram as informações dadas.

GI/Governo Civil Santarém



publicado por Noticias do Ribatejo às 21:55
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 18 de Janeiro de 2010
Defensores do Tejo reuniram-se para assinar a "Carta Ibérica"

 

 
Os movimentos em defesa do Tejo de Portugal e Espanha, reuniram-se em 16-01-2010 em Vila Nova da Barquinha para assinar a Carta Reivindicativa Ibérica em Defesa do Tejo que representa um marco histórico por ser a primeira vez que a cidadania ultrapassa as fronteiras e geográficas definidas pelo homem e promove a acção conjunta de movimentos de cidadãos portugueses e espanhóis, unidos em torno do princípio da unidade da bacia, em defesa do rio e da água de acordo com os princípios filosóficos da nova cultura da água.
Os movimentos estão solidários no entendimento de que as populações ribeirinhas do rio Tejo de ambos os países (Portugal e Espanha) enfrentam problemas e preocupações comuns e de que a criação de redes de informação é o caminho para a colaboração e mobilização no âmbito do Tejo internacional (ibérico), inclusive com o intercâmbio de pessoas, informação, conteúdos, conhecimento técnico-científico e experiências.
Com vista a manter vivos o rio Tejo e seus afluentes, decidem:
1º Exigir o direito à água em quantidade e qualidade na bacia do Tejo, que garanta a conservação dos ecossistemas aquáticos e ribeirinhos, a sobrevivência das actividades económicas e de lazer ligadas ao rio, e a vivência das populações ribeirinhas em comunhão com os seus rios, recuperando os laços culturais que as ligam e que são parte da sua identidade.
2º Recusar a política de transvases em Espanha, incluindo os transvazes existentes e previstos, por considerar que devem implementar-se alternativas aos transvazes baseadas no uso eficiente e na gestão da procura da água nas bacias receptoras, recorrendo preferencialmente a medidas não estruturais, com a finalidade de promover a substituição progressiva e TOTAL dos transvases, e o encerramento definitivo do Transvase Tejo - Segura.
3º Exigir a imediata supressão da reserva de 1.000 hm3 para transvases do Tejo prevista no Convénio de Albufeira visto que não existem estes excedentes na bacia hidrográfica do Tejo e que os transvases dessa dimensão contrariam quer a lei espanhola, quer a Directiva Quadro da Água (DQA).
4º Requerer a revisão do regime de caudais definido no Convénio de Albufeira no âmbito do actual processo de planeamento da gestão da região hidrográfica do Tejo, visto que deverá:
obedecer à normativa comunitária, nomeadamente, à Directiva Quadro da Água (DQA), visto tratar-se de um acordo entre dois Estados Membros;
ser submetido à participação pública activa, a reforçar nos planos de gestão da região hidrográfica do Tejo, de acordo com a DQA, visto ser um elemento estrutural desses planos da bacia;
contemplar a regulação quantitativa do caudal de chegada ao mar e o respectivo impacte na erosão costeira; e,
implementar um sistema de monitorização permanente e online de qualidade e de caudais que permita o acompanhamento público do cumprimento dos objectivos de qualidade e do regime de caudais ao longo de toda a bacia hidrográfica do Tejo.
5º Apresentar uma queixa à Comissão Europeia por considerar que não foi avaliado o Impacto do Transvase Tejo – Segura sobre o estado ecológico do rio Tejo e que a política de transvases do Tejo em Espanha conduz a uma deterioração do bom estado das águas e coloca em risco o cumprimento da legislação comunitária na bacia hidrográfica do Tejo em Portugal e Espanha;
6º Solicitar à Comissão Europeia que promova a realização de um estudo de avaliação do impacte ambiental estratégico da política de transvases em Espanha tendo especialmente em conta o bom estado das águas e, consequentemente, a capacidade de Portugal e Espanha cumprirem os objectivos da DQA em 2015, à semelhança da avaliação que já efectuou sobre o Programa Nacional de Barragens com Elevado Potencial Hidroeléctrico do Estado português.
Entre muitos participantes que assistiram ao acto da assinatura da Carta Reivindicativa Ibérica em Defesa do Tejo, estiveram presentes:
- Mário Santiago – Presidente da Assembleia Municipal de Alpiarça
- Carlos Jorge Pereira – Vice-Presidente da Câmara Municipal de Alpiarça
- Celestino Brasileiro – membro da AIDIA e da Assembleia Municipal de Alpiarça

Momento da Intervenção de João Serrano (primeiro a contar da direita), vice-presidente do Conselho Deliberativo do movimento ProTejo e membro da

 

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 18:18
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 6 de Janeiro de 2010
Estado paga metade dos prejuízos dos agricultores do Oeste

 

O Conselho de Ministros aprovou na passada quarta-feira uma resolução que permite o financiamento a 50% a fundo perdido para o restabelecimento das explorações agrícolas, agro-pecuárias e florestais afectadas pelo temporal que atingiu os distritos de Leiria, Lisboa e Santarém no dia 23 de Dezembro.

Este financiamento pode ser acumulado com outros apoios, designadamente com a utilização de uma linha de crédito de 50 milhões de euros com juros bonificados, destinada aos sectores agrícola e pecuário, tendo em vista o financiamento de operações de investimento, reforço de fundos de maneio e financiamento de tesouraria. Esta linha de crédito tem um prazo de reembolso alargado até seis anos e carência de capital até dois anos.

As associações representativas do sector agrícola da região Oeste receiam que os agricultores se venham a endividar, na tentativa de recuperarem dos prejuízos. A burocracia para obtenção dos apoios é outra crítica que fazem.

O negócio já não estava bom antes da intempérie e os agricultores queixavam-se de não terem capital, por isso é importante que o dinheiro disponibilizado pelo Estado venha antes de se realizarem as obras para repor as estruturas destruídas”, afirmou Horário do Carmo, vice-presidente da Associação Interprofissional de Horticultura do Oeste, comentando as medidas aprovadas pelo Conselho de Ministros.

Para o dirigente agrícola, cuja associação representa mais de 300 horticultores do Oeste, o apoio estatal “é melhor do que nada”, mas só será eficaz “se nos deixarem controlar a gestão dos processos para evitar a burocracia e para que a ajuda venha rápido”.

Por outro lado, adiantou, “vamos ver se arranjamos uma garantia bancária para podermos ter acesso a crédito para os restantes 50% que é por conta dos agricultores”.

Horácio do Carmo admitiu que “os agricultores mais velhos, com mais de 50 anos, podem já não ter vontade de continuar a actividade”, mas, reconheceu, “não têm outras alternativas, porque não têm habilitações para trabalharem na área dos serviços”.

José Felipe, secretário do vereador do desenvolvimento rural em Óbidos, onde foram contabilizados prejuízos de um milhão de euros em oito hectares de estufas de horticultura e floricultura, defendeu que o Ministério da Agricultura “devia aligeirar” os formulários de candidatura aos apoios. “É uma complicação e pedem uma série de certificados disto e daquilo que os agricultores vão ter dificuldades em arranjar rapidamente”, sustentou.

Pode ser um presente envenenado”, alerta Feliz Alberto Jorge, presidente da Associação de Agricultores do Oeste. “Faz falta um Banco da Agricultura, como existe noutros países europeus, para servir de intermediário e garantir financiamento em condições favoráveis, para os agricultores não estarem dependentes de bancos comerciais, que só visam o lucro”, sublinha.

O dirigente agrícola argumenta que “já temos experiência de outras linhas de crédito e se não houver uma negociação séria envolvendo Governo e bancos, o dinheiro dos agricultores é engolido para pagar os juros às entidades bancárias”.

Os agricultores vendem os artigos a preços abaixo do custo de produção e já tiveram de recorrer à banca e estão descapitalizados. Agora estão sem produtos para realizar receitas e não será fácil arranjar os 50% que faltarão para pagar os prejuízos”, alega, criticando também “a série de exigências colocadas para aceder aos apoios do Estado”.

O anúncio de algumas medidas de apoio na comunicação social antes de ser comunicadas às associações mereceu igualmente críticas.

Os horticultores apontam que a reposição das estufas destruídas irá demorar “no mínimo um ano”.

O formulário de candidatura aos apoios estatais encontra-se disponível no sítio na Internet da Direcção Regional de Agricultura de Lisboa e Vale do Tejo.

 

Francisco Gomes/Jornal das Caldas



publicado por Noticias do Ribatejo às 17:30
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 31 de Dezembro de 2009
A Águas do Ribatejo investiu 20 milhões de euros no ano de 2009 e em 2010 vai investir 45 milhões de euros.

Na construção e manutenção dos sistemas de abastecimento de água e de tratamento das águas residuais. No novo ano de 2010, iremos investir 45 milhões de euros.

 

 A AR é uma empresa em que os únicos accionistas são os seis municípios que integram a sociedade que não tem fins lucrativos. AAR apresenta um tarifário social para famílias com dificuldades económicas e um tarifário familiar para agregados com mais de quatro elementos e pratica o tarifário mais baixo da região e um dos mais baixos do país.

Por outro lado, vamos intensificar o combate à fraude (ligações sem contador ou com contadores bloqueados) e ao desperdício, seguindo o princípio de que se todos pagarem a água, que realmente consomem, o preço pago por cada um será mais justo.

 

As receitas provenientes da facturação do consumo de água e das taxas de saneamento destinam-se a co-financiar as obras previstas para os seis municípios accionistas, no valor de 80 milhões de euros e cuja execução irá decorrer até 2012.

 

No plano de investimentos para 2010 destaca-se as obras no subsistema de abastecimento de água em Benavente, Coutada Velha e Samora Correia no valor de seis milhões de euros e no subsistema de abastecimento de água de Alpiarça, Frade de Cima e Fazendas de Almeirim no valor de 2,8 milhões de euros. Estas intervenções

começam no primeiro trimestre de 2010 e têm um prazo de conclusão de sete meses.

 

No início do novo ano avançam as obras da Etar de Várzea Fresca em Foros de Salvaterra de Magos (850 mil euros) e da rede de saneamento de Foros de Coruche (dois milhões de euros). Ainda no concelho de Coruche, concluídas as obras da Etar e do emissário (mais de dois milhões de euros), seguem-se as estações da Zona Industrial de Monte da Barca, Couço e Branca e a ampliação das respectivas redes de saneamento.


No Granho, Salvaterra de Magos, já está a funcioonar o novo reservatório elevado (250 mil euros) e está a avançar a ETAR, seguindo-se a construção da rede de saneamento numa obra orçada em mais de um milhão de euros.

 

Em Almeirim e Alpiarça estão em análise as propostas para o lançamento da obra das redes de saneamento que avançam no primeiro trimestre de 2010. Na Chamusca vamos adjudicar a construção das redes de saneamento e das estações de tratamento de águas residuais de Salvador/Parreira e Chouto/Gaviãozinho.

 

Recordamos que este ano entraram em funcionamento as estações de tratamento de águas residuais de Esteveira em Samora Correia, Foros de Salvaterra e Glória do Ribatejo. Concluímos também a conduta adutora e reservatório do Eco parque do Relvão (Chamusca) e as redes de saneamento de Paços Negros e Foros de Benfica (Almeirim).

Na área do atendimento melhorámos os nossos serviços na sede e nas unidades de atendimento local num esforço que continuaremos em 2010 com a abertura de instalações próprias em Salvaterra de Magos e da nova loja em Benavente previstas para o primeiro trimestre. Iremos também criar uma loja virtual no sítio da AR em www.aguasdoribatejo.com que está em fase de conclusão.

As obras previstas para 2010 nos seis municípios representam investimentos superiores a 45 milhões de euros e vão permitir criar dezenas de novos postos de trabalho e dar um contributo significativo para o desenvolvimento das economias locais e para a melhoria da qualidade do ambiente.

Com a ajuda de todos. Estamos a construir o futuro!

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 16:30
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 28 de Dezembro de 2009
Filhos de presidentes de câmara trabalham na comunidade intermunicipal e na Águas do Ribatejo


 
   

Do conjunto de presidentes de câmara da Lezíria do Tejo, todos os que têm filhos em idade de trabalhar têm descendentes a trabalhar na Águas do Ribatejo (AR), empresa intermunicipal detida de capitais exclusivamente municipais, e na Comunidade Intermunicipal da Lezíria do Tejo (CIMLT). Nesta situação estão três filhos dos presidentes de câmara de Almeirim, Benavente e Chamusca respectivamente.

 

O presidente do conselho de administração da empresa e simultaneamente presidente da Câmara de Almeirim, Sousa Gomes (PS), diz que os filhos de autarcas a trabalhar na AR é uma gota de água no conjunto dos funcionários da empresa.

 

A filha do presidente da Câmara de Almeirim já trabalha há algum tempo na Comunidade Intermunicipal da Lezíria do Tejo, que liderou o processo de constituição da empresa Águas do Ribatejo. O filho do presidente do município da Chamusca, Sérgio Carrinho (CDU), também trabalhava na comunidade mas foi transferido para a empresa. O filho do presidente da Câmara de Benavente, António José Ganhão (CDU), que é também vice-presidente do conselho de administração da empresa responsável pela gestão das águas e saneamento públicos em seis municípios, entrou após esta ter entrado em funcionamento.

http://www.omirante.pt/

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 10:39
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 18 de Dezembro de 2009
Águas do Ribatejo investe seis milhões de euros no município de Benavente

A empresa intermunicipal Águas do Ribatejo lançou um concurso internacional para a empreitada de execução do subsistema de abastecimento de água de Benavente, Zona Industrial de Vale Tripeiro e Samora Correia. A empreitada tem um valor do preço base de seis milhões de euros (6 000 000,00 Euros) e um prazo de execução de sete meses (210 dias) após o início da obra que se prevê para o primeiro trimestre de 2010.
Esta intervenção irá permitir melhorar a qualidade do abastecimento de água nas localidades e lugares de Porto Alto, Samora Correia, Vale Tripeiro, Coutada Velha, Vila das Areias e Benavente.

A obra constitui uma das acções do plano em curso que prevê um investimento de 80 milhões de euros no abastecimento de água e rede de águas residuais nos municípios de Almeirim, Alpiarça, Benavente, Coruche, Chamusca e Salvaterra de Magos.



publicado por Noticias do Ribatejo às 11:47
link do post | comentar | favorito

Sábado, 12 de Dezembro de 2009
Mensagem de Natal do Bispo de Santarém

A alegria que permanece

O Natal anuncia-se próximo com iluminações e enfeites das ruas, cânticos, compras, prendas, gestos de solidariedade, convívio familiar. As pessoas e o ambiente parecem mais humanos e fraternos, a vida mostra mais encanto. Respira-se uma alegria interior, serena, contagiante. Num mundo frio e egoísta bem precisamos da mensagem do Natal. Por isso, muitas pessoas manifestam a vontade de que o Natal permaneça e não seja apenas uma data passageira.

De facto, este período propõe fraternidade, paz, alegria e esperança. São atitudes e valores que correspondem aos anseios profundos do coração humano. Mas, frequentemente, sentimos a sua ausência. Sofremos com o individualismo, a desconfiança mútua, o desânimo, a solidão, a agressividade. Precisamos do Natal sempre. Nesse sentido vai a minha mensagem: façamos Natal todos os dias. De facto, Jesus nasceu para nos ensinar o caminho da paz e da alegria como um estilo de vida permanente.

Se formos à origem do acontecimento concluímos, realmente, que o Natal veio para ficar e criar uma situação nova: “O verbo incarnou e habitou entre nós”. Deus fez-se humano e apresentou-se no nosso meio, na humildade e na simplicidade de uma criança. Trouxe-nos a vida plena, a luz, a verdade. Com a Sua vinda oferece ao mundo mais fraternidade e esperança, mais encanto e beleza. Todos podemos dar um contributo para pôr em prática o Natal.

Vamos aprender na fonte a viver o Natal. Aproximemo-nos com renovada admiração do presépio para colher a mensagem desta representação do acontecimento histórico: No centro, uma criança estende-nos os braços e sorri. Aprendamos a estender os braços e a sorrir, vencendo a desconfiança que nos fecha aos outros. A alegria do menino aparece associada ao acolhimento e dedicação dos pais. Dediquemo-nos e defendamos também a união estável da família, alicerçada no amor e santificada pelo sacramento do matrimónio, como berço e ambiente para o desenvolvimento harmonioso dos filhos. Ao presépio acorrem variadas personagens em atitude de louvor e de oferta de dons. Saibamos partilhar o nosso afecto, a nossa atenção e os nossos bens com os que nos rodeiam, sobretudo com os mais carentes.

A alegria do Natal é, portanto, a alegria das realidades simples e essenciais da vida que resistem ao desgaste do tempo e unem as gerações: da simplicidade que denuncia uma cultura de fachada; da fraternidade que se traduz no acolhimento e no serviço e vence o individualismo; da paz que contraria a agressividade; do dom que renuncia ao egoísmo. O presépio irradia calor humano num tempo árido e fechado: É a alegria que permanece e vence a monotonia e a secura da vida. Procuremos dar o nosso contributo para que seja sempre Natal.

+ Manuel Pelino Domingues, Bispo de Santarém



publicado por Noticias do Ribatejo às 21:39
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 8 de Dezembro de 2009
ALPIARÇA é provavelmente o concelho do distrito que mais faz uso das novas formas de comunicação para se aproximar dos eleitores

É engraçado. sou scalabitana e com funções na autarquia capital de distrito, que é uma Autarquia que se gaba da sua proximidade com os eleitores, nomeadamente através do Sr. Presidente Moita Flores, mas tenho que dizer que ao contrario do que este comentador escreveu, Alpiarça é provavelmente o concelho do distrito que mais uso faz das novas formas de comunicação para se aproximar dos seus eleitores. Se isso é distanciamento, o que dizer do resto.



publicado por Noticias do Ribatejo às 16:57
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 7 de Dezembro de 2009
INFORMAÇÃO AOS CONSUMIDORES DA EMPRESA "ÁGUAS DO RIBATEJO"

 

 
Tendo chegado ao conhecimento da empresa Águas do Ribatejo EIM vários relatos de alegados erros na facturação, vem a AR esclarecer que, no superior interesse do cliente/utilizador, a última factura emitida tem por base as leituras actualizadas depois da emissão de várias facturas com estimativas de consumo. Os escalões de consumo foram ajustados automaticamente ao período de contagem para que não resulte nenhum prejuízo para o cliente/utilizador. Na factura estão descritos os procedimentos adoptados. A AR está disponível para prestar todos os esclarecimentos nas unidades de atendimento comercial descentralizadas nos seis municípios e na sua sede em Santarém. Pode ainda solicitar informações através do telefone 243 303 900 ou do e-mail:geral@aguasdoribatejo.com.
A AR sugere que os clientes/utilizadores actualizem as leituras dos seus contadores através do telefone 808 202 011 de modo a não deixarem acumular consumos e a controlarem com regularidade o custo da água, permitindo detectar eventuais perdas e adoptar comportamentos que evitem o desperdício. Trata-se de um bem precioso que urge preservar.
A AR é uma empresa formada pelos municípios de Almeirim, Alpiarça, Benavente, Coruche, Chamusca e Salvaterra de Magos que são os únicos accionistas da sociedade sem fins lucrativos, que visa prestar um serviço público de qualidade na gestão dos recursos hídricos e no tratamento das águas residuais, a uma população com mais de 100 mil utentes. Os preços praticados representam o mínimo recomendado pelas entidades do sector e existe ainda isenção ou redução do pagamento de quota de serviço para clientes que provem a sua situação de carência financeira. Em breve entra em vigor um tarifário de valor reduzido dirigido às famílias numerosas com cinco ou mais elementos.
A AR disponibiliza ainda a possibilidade de instalação de um segundo contador para uso que não dê origem a águas residuais e cujos consumos têm um custo mais reduzido. Sobre a cobrança de taxa de saneamento em locais onde não existe rede pública de águas residuais, a AR está a reembolsar os clientes que apresentam reclamação fundamentada.
A AR reconhece algumas dificuldades no atendimento dos clientes que estamos a solucionar de modo a responder com celeridade e eficiência aos vários pedidos de esclarecimento. Contudo o número de pedidos, sendo significativo, representa cerca de um por cento dos 55 mil clientes.
A AR está a fazer um investimento superior a 80 milhões de euros no sistema de abastecimento de águas e nas redes de saneamento que se irá traduzir numa melhoria da qualidade de vida das populações que servimos.

Informação ao Consumidor
Linhas AR
(Seg. a Sex. 9-13h/14-18h)
Atendimento Geral
243303900
Comunicação de Leituras 808202011
Comunicação Roturas na Via Pública 808202011
Faltas de Água
243303900
Fax
243303949
e-mail: geral@aguasdoribatejo.com
Faltas de Água/Prevenção
(fora do horário de expediente)
Almeirim
927803370
Alpiarça
927803371
Benavente
927803372
Chamusca
927803373
Coruche
927803374
Salvaterra de Magos
927803375



publicado por Noticias do Ribatejo às 12:57
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 4 de Dezembro de 2009
Nota de Imprensa

              

 

            Esclarecimento da facturação das Águas do Ribatejo  
 
 

Tendo chegado ao conhecimento da empresa Águas do Ribatejo EIM vários relatos de alegados erros na facturação, vem a  AR esclarecer que, no superior interesse do cliente/utilizador, a última factura emitida tem por base as leituras actualizadas depois da emissão de várias facturas com estimativas de consumo. Os escalões de consumo foram ajustados automaticamente ao período de contagem para que não resulte nenhum prejuízo para o cliente/utilizador. Na factura estão descritos os procedimentos adoptados. A AR está disponível para prestar todos os esclarecimentos nas unidades de atendimento comercial descentralizadas nos seis municípios e na sua sede em Santarém. Pode ainda solicitar informações através do telefone 243 303 900  ou do e-mail:geral@aguasdoribatejo.com.

A AR sugere que os clientes/utilizadores actualizem as leituras dos seus contadores através do telefone 808 202 011 de modo a não deixarem acumular consumos e a controlarem com regularidade o custo da água, permitindo detectar eventuais perdas e adoptar comportamentos que evitem o desperdício. Trata-se de um bem precioso que urge preservar. 

A AR é uma empresa formada pelos municípios de Almeirim, Alpiarça, Benavente, Coruche, Chamusca e Salvaterra de Magos que são os únicos accionistas da sociedade sem fins lucrativos, que visa prestar um serviço público de qualidade na gestão dos recursos hídricos e no tratamento das águas residuais,  a uma população com mais de 100 mil utentes. Os preços praticados representam o mínimo recomendado pelas entidades do sector e existe ainda isenção ou redução do pagamento de quota de serviço para clientes que provem a sua situação de carência financeira. Em breve entra em vigor um tarifário de valor reduzido dirigido às famílias numerosas com cinco ou mais elementos.

A AR disponibiliza ainda a possibilidade de instalação de um segundo contador para uso que não dê origem a águas residuais e cujos consumos têm um custo mais reduzido. Sobre a cobrança de taxa de saneamento em locais onde não existe rede pública de águas residuais, a AR está a reembolsar os clientes que apresentam reclamação fundamentada.

A AR reconhece algumas dificuldades no atendimento dos clientes que estamos a solucionar de modo a responder com celeridade e eficiência aos vários pedidos de esclarecimento.    

A AR está a fazer um investimento superior a 80 milhões de euros no sistema de abastecimento de águas e nas redes de saneamento que se irá traduzir numa melhoria da qualidade de vida das populações que servimos.        
 
 
 Para qualquer esclarecimento adicional colocamos ao vosso dispor o Gabinete de Comunicação das Águas do Ribatejo através do telefone 243 303 900 ou do e-mail: nelson.lopes@aguasdoribatejo.com

   



publicado por Noticias do Ribatejo às 19:06
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 20 de Novembro de 2009
Sónia Sanfona nomeada para governadora civil de Santarém

 

Candidatura Sónia Sanfona 01

A ex-candidata do PS à Câmara de Alpiarça e ex-deputada Sónia Sanfona foi a escolhida para o cargo de governadora civil de Santarém, sucedendo a Botas Castanho.

Sónia Safona torna-se aos 37 anos a primeira mulher a assumir esta função no nosso distrito. Sónia Sanfona é advogada de formação e assumia agora o cargo de vereadora na Câmara de Alpiarça que deixou escapar para a CDU nas últimas eleições autárquicas.

Sublinhando o papel dos governos civis na ligação das regiões que representam com o Governo central, Sónia Sanfona disse ser seu objectivo imediato trabalhar em prol do distrito, procurando dar-lhe “a visibilidade e o relevo que merece” para que seja “exemplar e uma referência nacional”.

Sónia Sanfona disse sentir-se preparada e motivada para responder aos “desafios estruturantes” que se colocam a quem desempenha o cargo de governador civil, realçando o papel destas estruturas em matéria de prevenção rodoviária, protecção civil, relacionamento institucional e com o movimento associativo, áreas que considerou poderem ser “motor de uma região”.

Sónia Sanfona refutou ver na sua nomeação, aprovada hoje em Conselho de Ministros, uma “lógica de lugares de compensação”.

A ex-deputada foi criticada publicamente por, juntamente com Ana Gomes, ter contestado a sua exclusão da lista de candidatos à Assembleia da República por concorrer ao mesmo tempo à presidência da Câmara Municipal de Alpiarça, município que o PS perdeu para a CDU nas autárquicas de 11 de Outubro.

Sónia Sanfona disse ainda que o facto de se perder uma autarquia em eleições “não pode ser um hadicap para qualquer político”.

“Sei que teria condições para fazer um bom trabalho e ser uma boa presidente de Câmara. A população assim não entendeu, decisão que respeito”, disse, adiantando que vai assumir as funções de governadora civil “com o mesmo ânimo e determinação” com que sempre se envolve em tudo o que faz.

“Com todo o respeito pelos que me criticam, há desafios para assumir”, disse, sublinhando a confiança que é depositada em si pelo Governo e pelo partido que apoia.

Defensora da regionalização, Sónia Sanfona disse à Lusa que o futuro dos governos civis dependerá do modelo de um projecto que tem ainda um tempo e um caminho para percorrer.

http://www.oribatejo.pt/



publicado por Noticias do Ribatejo às 09:01
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 18 de Novembro de 2009
SANTARÉM - W Shopping lança concurso de Natal

 

O W Shopping, centro comercial gerido pela Multi Mall Management, lançou o concurso de Natal: «Mistério no W Shopping». O concurso, no qual os visitantes do W Shopping se podem habilitar a ganhar um prémio no valor de cinco mil euros em compras, já começou no dia 14 de Novembro. Para vencer o prémio, terão de conseguir decifrar até ao próximo dia 5 de Janeiro de 2010, o «Mistério do W Shopping».

 

 

As compras no valor de 15 euros e múltiplos transformam-se em participações. A cada participação é fornecida uma pista. Quantas mais vezes participarem, mais possibilidades os participantes terão de ser o grande vencedor do concurso «Mistério do W Shopping». No decorrer do concurso serão dadas algumas pistas aos participantes que poderão ajudá-los a desvendar o misterioso enigma. As pistas vão estar espalhadas pelo W Shopping, vão estar disponíveis em jornais locais e no Facebook em «W Mistério de Natal». Sozinho ou com a ajuda da família, siga as pistas e divirta-se a desvendar o grande Mistério do W Shopping. O importante é dedicar atenção TOTAL aos mínimos detalhes de cada pista. Quer uma pista? O W vai ser o Centro de toda a acção. Para obter mais informações acerca deste concurso de Natal «Mistério no W Shopping», dirija-se ao Balcão de Informações do W Shopping.

http://www.radiohertz.pt/

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 16:00
link do post | comentar | favorito

Sábado, 14 de Novembro de 2009
Almeirim recebe prova de corta-mato de abertura

 

Almeirim - Ass 20 kms HPIM1304

A primeira prova de corta-mato da época 2009/2010 do calendário competitivo da Associação de Atletismo de Santarém (AAA) vai realizar-se no parque da Zona Norte de Almeirim, no próximo dia 6 de Dezembro, organizada pela Associação 20kms de Almeirim.

O corta-mato inicia-se às 9h30, e esperam-se cerca de 250 atletas federados dos diversos clubes do distrito de Santarém, numa prova aberta a escalões desde os benjamins aos veteranos, de ambos os géneros.

http://www.oribatejo.pt/



publicado por Noticias do Ribatejo às 12:31
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 10 de Novembro de 2009
Os intocáveis

O processo Face Oculta deu-me, finalmente, resposta à pergunta que fiz ao ministro da Presidência Pedro Silva Pereira – se no sector do Estado que lhe estava confiado havia ambiente para trocas de favores por dinheiro. Pedro Silva Pereira respondeu-me na altura que a minha pergunta era insultuosa.

 

Agora, o despacho judicial que descreve a rede de corrupção que abrange o mundo da sucata, executivos da alta finança e agentes do Estado, responde-me ao que Silva Pereira fugiu: Que sim. Havia esse ambiente. E diz mais. Diz que continua a haver. A brilhante investigação do Ministério Público e da Polícia Judiciária de Aveiro revela um universo de roubalheira demasiado gritante para ser encoberto por segredos de justiça.

O país tem de saber de tudo porque por cada sucateiro que dá um Mercedes topo de gama a um agente do Estado há 50 famílias desempregadas. É dinheiro público que paga concursos viciados, subornos e sinecuras. Com a lentidão da Justiça e a panóplia de artifícios dilatórios à disposição dos advogados, os silêncios dão aos criminosos tempo. Tempo para que os delitos caíam no esquecimento e a prática de crimes na habituação. Foi para isso que o primeiro-ministro contribuiu quando, questionado sobre a Face Oculta, respondeu: "O Senhor jornalista devia saber que eu não comento processos judiciais em curso (…)". O "Senhor jornalista" provavelmente já sabia, mas se calhar julgava que Sócrates tinha mudado neste mandato. Armando Vara é seu camarada de partido, seu amigo, foi seu colega de governo e seu companheiro de carteira nessa escola de saber que era a Universidade Independente. Licenciaram-se os dois nas ciências lá disponíveis quase na mesma altura. Mas sobretudo, Vara geria (de facto ainda gere) milhões em dinheiros públicos. Por esses, Sócrates tem de responder. Tal como tem de responder pelos valores do património nacional que lhe foram e ainda estão confiados e que à força de milhões de libras esterlinas podem ter sido lesados no Freeport.

Face ao que (felizmente) já se sabe sobre as redes de corrupção em Portugal, um chefe de Governo não se pode refugiar no "no comment" a que a Justiça supostamente o obriga, porque a Justiça não o obriga a nada disso. Pelo contrário. Exige-lhe que fale. Que diga que estas práticas não podem ser toleradas e que dê conta do que está a fazer para lhes pôr um fim. Declarações idênticas de não-comentário têm sido produzidas pelo presidente Cavaco Silva sobre o Freeport, sobre Lopes da Mota, sobre o BPN, sobre a SLN, sobre Dias Loureiro, sobre Oliveira Costa e tudo o mais que tem lançado dúvidas sobre a lisura da nossa vida pública. Estes silêncios que variam entre o ameaçador, o irónico e o cínico, estão a dar ao país uma mensagem clara: os agentes do Estado protegem-se uns aos outros com silêncios cúmplices sempre que um deles é apanhado com as calças na mão (ou sem elas) violando crianças da Casa Pia, roubando carris para vender na sucata, viabilizando centros comerciais em cima de reservas naturais, comprando habilitações para preencher os vazios humanísticos que a aculturação deixou em aberto ou aceitando acções não cotadas de uma qualquer obscuridade empresarial que rendem 147,5% ao ano.

Lida cá fora a mensagem traduz-se na simplicidade brutal do mais interiorizado conceito em Portugal:

Nos grandes ninguém toca.

In: Jornal de Notícias - 02-11-2009

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 18:52
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 9 de Novembro de 2009
Juvenis batem Sporting, Seniores estreiam-se a vencer

 

 

      O CAS teve um fim-de-semana bastante positivo, não tivesse a equipa de iniciados perdido em casa, perante a Sismaria, deixando escapar a oportunidade de passar para o 1.º lugar da classificação na 1.ª Divisão Nacional e teria sido brilhante.

      No Sábado, a equipa de Seniores do CAS, no seu jogo de estreia no Campeonato de acesso à 3.ª Divisão Nacional, venceu o Portalegre por 40 – 25. No domingo, a equipa de juvenis deslocou-se a Lisboa para defrontar o Sporting, em jogo a contar para a 4.ª jornada do campeonato nacional da 2.ª Divisão. Perante um adversário tão forte, a equipa não vacilou, venceu por 6 bolas de diferença e concluiu 4 jogos sempre a vencer.

      No próximo fim-de-semana, clássico escaldante, entre o CAS e a equipa do Benavente, dia 15 de Novembro, domingo pelas 15 horas no pavilhão municipal de Salvaterra de Magos, mais um teste à liderança da equipa de juvenis do CAS. 

 

Por: Pedro Oliveira



publicado por Noticias do Ribatejo às 15:50
link do post | comentar | favorito

SANTARÉM - Bombeiros decidem manter preços de serviços prestados à comunidade

 

24 das 28 Corporações de bombeiros da Federação de Bombeiros do Distrito de Santarém estiveram reunidas em assembleia-geral e decidiram manter, em 2010, as tabelas de  preços de serviços prestados à comunidade. O presidente da federação, Adelino Gomes, refere que esta decisão, tomada por unanimidade, visa situações pontuais e serve apenas de referência para esses casos:

 

 

«Esta tabela não trás grandes vantagens ou receitas aos bombeiros. Trata-se de uma tabela para alguns serviços ocasionais. De entre os serviços tabelados, na assistência a actividades de desporto e lazer, a taxa de saída de cada viatura ligeira, até 10 quilómetros de distância, é de 30 euros, e por cada viatura pesada, 120 euros. Para deslocações além de 10 quilómetros paga-se mais 1,80 euros a cada quilómetro em viatura ligeira e 5 euros em viatura pesada. A abertura de portas é outro dos serviços muito requisitados. Neste caso, em 2010, vai continuar a pagar-se a taxa de saída (até 10 Km) de 25 euros. O preço de quilómetro percorrido é de 2,50 euros e o preço de cada bombeiro por hora de actividade é de 12,50 euros. Refira-se que estes são valores de referência cabendo a cada município decidir os valores finais.

http://www.radiohertz.pt/

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 08:51
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 5 de Novembro de 2009
Candidaturas abertas para Mestrado em Auditoria e Análise Financeira

Candidaturas abertas para Mestrado em Auditoria e Análise Financeira

Foto de arquivo

 
Encontram-se abertas as candidaturas para o Mestrado em Auditoria e Análise Financeira, ministrado no Instituto Politécnico de Tomar.
O Mestrado em Auditoria e Análise Financeira está orientado para as novas necessidades do mercado de trabalho, oferecendo aos participantes uma sólida formação nas áreas da auditoria e da análise financeira, tendo como principal objectivo formar especialistas que possam desenvolver as suas competências no âmbito de uma empresa ou como profissionais liberais.

Esta Formação está desenhada para responder às exigências do mercado de trabalho através da valorização profissional para quem necessite de uma preparação adequada de base científica para seguir uma carreira de especialização, ou para desenvolver as capacidades dos responsáveis pelas diversas organizações, através da melhoria dos seus conhecimentos técnicos.

Os conteúdos programáticos garantem ao participante a aquisição de conhecimentos completos e profundos nas áreas da auditoria e da análise financeira.

Graças à experiência adquirida a nível de docência, bem como no campo profissional, estamos em condições de proporcionar aos participantes um mestrado com um marcado cariz profissionalizante.
Através deste plano de estudos pretende-se promover uma formação sólida e rigorosa, que permita aos futuros mestres em Auditoria e Análise Financeira desempenhar actividades de natureza profissional de elevada competência técnica, potenciando assim a respectiva empregabilidade.

De uma forma geral, os mestres em Auditoria e Análise Financeira poderão desempenhar funções em instituições financeiras e seguradoras, grandes empresas integradas ou não em grupos empresariais, empresas de Auditoria (SROC’s), bem como em pequenas e médias empresas existentes no país, ajudando a fomentar o desenvolvimento do tecido empresarial nacional e instituições públicas a nível local ou central.

Mais informações em www.ipt.pt

fonte: http://www.radio.cidadetomar.pt/



publicado por Noticias do Ribatejo às 10:15
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 3 de Novembro de 2009
Espanhóis querem comprar fábrica Cintra

 

cintra 03

 

Os espanhóis da Font Salem estão em negociações com os administradores de insolvência da cervejeira Drink In, de Santarém, num processo que ainda não está fechado, disse à Lusa fonte da comissão de trabalhadores.

Jorge Armindo, que adquiriu a Drink In a Sousa Cintra em 2006, disse à Lusa que foram pedidos mais 15 dias (até 16 de Novembro) ao tribunal de Santarém para apresentação de um plano de viabilização da empresa, recusando confirmar o interesse dos espanhóis da Font Salem.

Fonte da comissão de trabalhadores disse, no entanto, à Lusa que responsáveis da Font Salem já visitaram a empresa e que terão posto como uma das condições o despedimento, até ao fim do ano, de 46 dos actuais 96 trabalhadores.

fonte: http://www.oribatejo.pt/



publicado por Noticias do Ribatejo às 15:13
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 28 de Outubro de 2009
Fogo devora armazém chinês

 

 

Um armazém de artigos chineses situado em Murteira, no concelho de Benavente, foi ontem devorado por um incêndio de grandes proporções, que obrigou à intervenção de 16 corporações de bombeiros e 90 homens, mas do qual não resultaram feridos, apurou o JN. As origens do fogo vão agora ser investigadas pela Polícia Judiciária.

Segundo Miguel Cardia, comandante dos Bombeiros Voluntários de Samora Correia, o incêndio deflagrou pouco antes das 16 horas num dos vários edifícios que compõem a zona industrial, tomando rapidamente "proporções muito elevadas". Ao JN, o responsável explicou que, perante a "envergadura" das chamas, os bombeiros foram obrigados a avançar para uma estratégia de defesa, efectuando o combate pelo exterior do edifício.

"A cobertura colapsou e as paredes também. Não oferecia segurança para os bombeiros, não só pelo risco de queda de materiais, como pela carga térmica. Daí a escolha de uma estratégia de defesa", sublinhou Miguel Cardia.

De acordo com o comandante, nenhum outro armazém próximo esteve em risco. "Tudo à volta esteve sempre salvaguardado. É uma zona industrial perfeitamente ordenada", garantiu, acrescentando que não houve quaisquer problemas no acesso à agua por parte dos bombeiros.

Miguel Cardia revelou que a "propagação violenta" se deveu, sobretudo, ao material combustível que havia no interior e ao vento que se fazia sentir, acrescentando que as operações de rescaldo seriam muito demoradas.

O JN apurou que o edifício atingido pelo fogo era constituído por cinco compartimentos, três dos quais, com artigos chineses, ficaram totalmente destruídos. À hora a que foi dado o alerta de incêndio no armazém chinês, encontravam-se algumas pessoas no interior, mas saíram para a rua, avançou o comandante da corporação de Samora Correia. O incêndio lavrou até depois das 19 horas e grande parte dos meios permaneceu no local durante a madrugada para evitar reacendimentos.

fonte: http://jn.sapo.pt/



publicado por Noticias do Ribatejo às 08:50
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 27 de Outubro de 2009
Distrito de Santarém vai perder população

Distrito de Santarém vai perder população 

Um estudo revela que em 2030 o distrito poderá ter menos cerca de 19 mil habitantes do que actualmente

   

O Governo Civil de Santarém publicou um estudo que revela uma tendência preocupante de quebra de população no distrito nas próximas décadas.
O problema é mais preocupante em concelhos como Tomar e Abrantes onde a perda de habitantes se vai acentuar até 2030.
Essa tendência já se verifica e vai agravar-se noutros municípios como Mação, Sardoal e Chamusca.

O jornal “Público” de hoje inclui uma notícia sobre o tema:


Santarém deve perder população já a partir de 2010 Coruche pode crescer
 

fonte: Jornal O Templário



publicado por Noticias do Ribatejo às 13:00
link do post | comentar | favorito

pesquisar
 
Agosto 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

15
17

21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


posts recentes

CORUCHE: ETAR do Biscainh...

SANTAREM - Actividade Ope...

CORUCHE - Inundações

ALMEIRIM- Passeio BTT no ...

Deputados do PCP no Parla...

BENAVENTE - “Anunciadas o...

BENAVENTE - “Lembrar os m...

ÁGUAS DO RIBATEJO APOIA P...

Águas do Ribatejo quer um...

Águas do Ribatejo” mesmo ...

ÁGUAS DO RIBATEJO REALIZA...

ALMEIRIM- Candidatura de ...

ALMEIRIM- ÁGUAS DO RIBATE...

ALMEIRIM-Primeiras ALlim...

SANTAREM-GUARDA NACIONAL ...

ÁGUAS DO RIBATEJO PATROCI...

SEGURANÇA, UM CASO A PENS...

Caudais no Tejo estabiliz...

ALMEIRIM-Centro de saúde ...

TORRES NOVAS-Vento provoc...

Plano de Cheias em Alerta...

Defensores do Tejo reunir...

Estado paga metade dos pr...

A Águas do Ribatejo inves...

Filhos de presidentes de ...

Águas do Ribatejo investe...

Mensagem de Natal do Bisp...

ALPIARÇA é provavelmente ...

INFORMAÇÃO AOS CONSUMIDOR...

Nota de Imprensa

arquivos

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

tags

todas as tags

subscrever feeds