NOTICIAS DO RIBATEJO EM SUMARIO E ACTUALIZADAS PERIODICAMENTE - "A Imparcialidade Na Noticia" - UMA REFERÊNCIA NA INFORMAÇÃO REGIONAL -

Quarta-feira, 5 de Agosto de 2009
Agenda do Secretário-Geral do PCP


 
Sexta-feira, dia 7

11h00 – Constância 
 
 

Centro Ciência Viva – Parque de Astronomia 
 

Jerónimo de Sousa, no âmbito de uma visita ao distrito de Santarém, será recebido na próxima sexta-feira, dia 7, às 11h00, na Câmara Municipal de Constância seguindo-se uma visita ao Centro Ciência Viva de Constância – Parque de Astronomia. 
 
 
 
 
 
 

04.8.2009

O Gabinete de Imprensa



publicado por Noticias do Ribatejo às 23:03
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 21 de Julho de 2009
ARS diz que falta de médicos na região vai continuar até 2013

As situações mais graves de falta de médicos de família no Médio Tejo vivem-se nos concelhos de Abrantes, Constância, Entroncamento, Torres Novas e Ourém, este último considerado como o caso mais preocupante como resultado da aposentação de muitos médicos que nunca foram substituídos. Na Lezíria do Tejo a situação não é diferente, com os casos mais problemáticos a registarem-se nos concelhos de Alpiarça, Chamusca e Rio Maior.

Contactada por o MIRANTE, a Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARSLVT) refere que a carência de médicos é sentida a nível nacional. “Não se trata de uma questão de organização, gestão, decisão, ou qualquer outra, mas sim uma questão de inexistência de médicos suficientes para preencher os quadros de pessoal dos Centros de Saúde” que se vai manter até 2013, diz Pedro Coelho dos Santos, da assessoria de comunicação da ARSLVT.

No Pego, Abrantes, a localidade está sem médico de família desde há um mês. A situação deve-se ao facto de duas médicas que ali prestam serviço se encontrarem ausentes ao mesmo tempo. Segundo o nosso jornal apurou, uma das clínicas esteve de férias durante quase todo o mês de Junho e, uma semana depois de ter regressado ao trabalho, meteu baixa, por motivos de saúde. Apenas trabalhou na última semana de Junho.

A outra médica que ali tinha ficheiro de utentes abandonou funções no início de Junho porque, alegadamente, se terá envolvido num conflito com um utente por se ter negado a passar uma receita médica. “Houve uma tentativa de agressão e a doutora achou que não havia condições para regressar e trabalhar aqui”, disse fonte da unidade a O MIRANTE.

De acordo com Leonel Neves, habitante local, a população do Pego tem agora que se deslocar ao Centro de Saúde de Abrantes e esperar horas para obter uma simples receita”. Em Montalvo, Constância, o médico foi acometido de uma doença grave mas mesmo assim tenta dar assistência aos utentes uma vez por semana. Já em Tomar, a carência de falta de médicos de família não está ser sentida pela população uma vez que a cidade conta com duas Unidades de Saúde Familiar, fruto do encerramento de algumas extensões médicas nas freguesias.

Segundo Manuel José Soares, a Comissão de Utentes de Saúde do Médio Tejo ( CUSMT) enviou uma proposta à ministra da Saúde onde apresenta uma solução para minimizar o problema, que receiam que se venha a agudizar ainda mais durante as férias dos clínicos. “Defendemos que seja criado um quadro legal, durante seis meses, no sentido de que os médicos que estejam aposentados possam vir a dar consultas, acumulando essa situação com a de reforma”, explica.

Esperar que medidas

tomadas façam efeito

De acordo com a ARSLVT a estratégia para combater este problema passa por aguardar que as medidas tomadas nos últimos anos surtam efeito e que “o número de médicos com a especialidade de medicina geral e familiar passe em cada ano a ser superior ao número de médicos que se reformam, permitindo assim ultrapassar o deficit que se tem verificado nos últimos anos e que vai manter-se até 2013”.

Segundo a ARSLVT, até lá devem ser tomadas “medidas de urgência”, que passam por se estudar formas que permitam que os médicos que se reformam possam, se o quiserem, continuar a prestar serviço nos Centros de Saúde (medida que está já em estudo pelo Ministério da Saúde) ou pelo recurso a empresas que prestam serviço de assistência médica.

A adopção destas medidas de urgência e a criação de Unidades de Saúde Familiar tem, segundo a ARSLVT, permitido que a nível da região de Lisboa e Vale do Tejo, se verifique um aumento do número de utentes com médico de família. O responsável acrescenta que desde que existam médicos dispostos a trabalhar em qualquer Centro de Saúde ou Extensão de Saúde, “a Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo tratará de estudar e assegurar a sua contratação”.

Desde que existam médicos dispostos a trabalhar em qualquer Centro de Saúde ou Extensão de Saúde, “a Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo tratará de estudar e assegurar a sua contratação”

«O Mirante»



publicado por Noticias do Ribatejo às 09:04
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 20 de Julho de 2009
Incendiário detido mais de cinco vezes fica em prisão preventiva

 

  O funcionário público de 52 anos, apresentado ao tribunal no mês passado, voltou a ser detido pela Polícia Judiciária e encontra-se agora em prisão preventiva.
A detenção ocorreu através do Departamento de Investigação Criminal de Leiria, que deteve o homem pela suspeita da prática de, "pelo menos, oito crimes de incêndio", que lavraram em "extensas áreas de floresta na região de Ourém, durante o mês de Julho", pode ler-se no comunicado da Polícia Judiciária.
Fonte da Judiciária explicou ao Diário de Leiria que o homem já tinha sido detido no dia 24 de Junho, também por suspeita de ser o autor de três crimes de incêndio florestal ocorridos em Maio passado.
A referência do homem como incendiário data de vários anos, tendo sido detido "cinco ou seis vezes" pelas autoridades, adiantou a referida fonte, citando uma das detenções das autoridades, ocorrida há cerca de quatro ou cinco anos, altura em que esteve preso preventivamente "pelo mesmo tipo de acções criminosas".
Presente ao Tribunal de Ourém na sexta-feira, o homem voltou a receber a medida de coacção de prisão preventiva.  

«DL»

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 09:28
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 1 de Julho de 2009
Presidente da Câmara de Mação critica PS por chumbar passagem para o Médio Tejo
Presidente da Câmara de Mação critica PS por chumbar passagem para o Médio Tejo

O presidente da Câmara de Mação contestou ontem a decisão do Grupo Parlamentar do PS no Parlamento de chumbar a passagem do município para a sub-região do Médio Tejo, como havia sido localmente pedido por unanimidade pelos partidos com assento na autarquia.

 

"Foi com profunda tristeza e estupefacção que acolhemos a notícia, que é contra-natura e contrária aos interesses do concelho de Mação, da sua população e dos eleitos locais, e é típica de um Governo autoritário que vai, também, contra a opinião unânime dos deputados”, afirmou Saldanha Rocha.

 

Em Abril, a Comissão de Poder Local aceitara discutir a proposta de reintegração do concelho de Mação na sub-região do Médio Tejo em detrimento da NUT (Nomenclatura de Unidade Territorial) do Pinhal Interior Sul, uma mudança que ocorreu no início do ano e que produziu ”consequências nefastas para o município, nomeadamente na área da saúde", recordou o autarca (PSD).

 

A moção aprovada nos órgãos locais "propunha era que fosse desencadeado um processo que conduzisse à integração do município de Mação na NUT do Médio Tejo, em virtude de ser aquela que melhor enquadra este município, para onde nos deslocamos, onde temos relações de maior proximidade e onde trabalhamos em projectos conjuntos”, explicou o autarca.

 

“É um dia difícil de digerir”, acrescentou Saldanha Rocha, que disse ser “necessário manter a persistência uma vez que a razão assiste o povo de Mação e a pretensão é justa e é óbvia”.

 

Por seu turno, o deputado social-democrata Miguel Relvas considerou que a decisão do PS “demonstra uma arrogância e um centralismo inaceitável e mostra bem como o Governo trata os municípios e o poder local”.

 

“São assim como o feijão frade, com duas caras. Em público votam a favor, porque sabem que é justo. No outro dia, escondidos, votam contra o agendamento que resultaria na aprovação no Parlamento”, afirmou.

 

Miguel Relvas acrescentou que “a atitude do PS é vergonhosa eticamente, mostra um partido que não é fiável e em que não se pode confiar, sendo que este tipo de comportamento tem de ser energicamente denunciado pelo PSD”.

 

Em declarações à agência Lusa, o deputado socialista Nuno Antão, eleito pelo círculo eleitoral de Santarém, disse que “a questão apresenta problemas formais que não foram ultrapassados” mas que, na prática, o município de Mação “não é afectado com a questão”.

 

“Por um lado, não há exemplo nenhum no país de mudanças de municípios no âmbito das NUT II" e "existem condicionalismos impostos pela própria União Europeia relativamente ao reordenamento do território, sendo que a questão mexe ainda também com dados estatísticos e fundos comunitários”, afirmou.

 

Nuno Antão acrescentou que “em termos práticos Mação vai continuar a aceder aos fundos comunitários através do trabalho conjunto das duas NUT e a população vai continuar a utilizar as mesmas unidades de saúde, como até aqui”.

 

“A mudança de Mação para o Médio Tejo é uma falsa questão e, neste momento, não faz sentido”, concluiu.

 

»O Mirante»

 

Leia outras noticias do Ribatejo em

http://jornalribatejano.blogspot.com/



publicado por Noticias do Ribatejo às 10:03
link do post | comentar | favorito

pesquisar
 
Setembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


posts recentes

Fátima:Aparições contadas...

SANTARÉM - Deputados soci...

FÁTIMA -49 escolas com co...

NERSANT promove seminário...

SANTAREM-Roady organiza s...

Nove municipios do Médio ...

TOMAR - Convento de Crist...

Mensagem de Natal do Bisp...

SANTARÉM - W Shopping lan...

Almeirim recebe prova de ...

Os intocáveis

SANTARÉM - Bombeiros deci...

Jovem de Fátima é Miss Mi...

Candidaturas abertas para...

Espanhóis querem comprar ...

Camião despista-se e larg...

ALCANENA-Rita Calvário qu...

O novo Governo de José Só...

NOITES DE GALILEU

SANTAREM- Lobo Antunes co...

Agenda do Secretário-Gera...

ARS diz que falta de médi...

Incendiário detido ma...

Presidente da Câmara de M...

arquivos

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

tags

todas as tags

subscrever feeds