NOTICIAS DO RIBATEJO EM SUMARIO E ACTUALIZADAS PERIODICAMENTE - "A Imparcialidade Na Noticia" - UMA REFERÊNCIA NA INFORMAÇÃO REGIONAL -

Quinta-feira, 5 de Novembro de 2009
Candidaturas abertas para Mestrado em Auditoria e Análise Financeira

Candidaturas abertas para Mestrado em Auditoria e Análise Financeira

Foto de arquivo

 
Encontram-se abertas as candidaturas para o Mestrado em Auditoria e Análise Financeira, ministrado no Instituto Politécnico de Tomar.
O Mestrado em Auditoria e Análise Financeira está orientado para as novas necessidades do mercado de trabalho, oferecendo aos participantes uma sólida formação nas áreas da auditoria e da análise financeira, tendo como principal objectivo formar especialistas que possam desenvolver as suas competências no âmbito de uma empresa ou como profissionais liberais.

Esta Formação está desenhada para responder às exigências do mercado de trabalho através da valorização profissional para quem necessite de uma preparação adequada de base científica para seguir uma carreira de especialização, ou para desenvolver as capacidades dos responsáveis pelas diversas organizações, através da melhoria dos seus conhecimentos técnicos.

Os conteúdos programáticos garantem ao participante a aquisição de conhecimentos completos e profundos nas áreas da auditoria e da análise financeira.

Graças à experiência adquirida a nível de docência, bem como no campo profissional, estamos em condições de proporcionar aos participantes um mestrado com um marcado cariz profissionalizante.
Através deste plano de estudos pretende-se promover uma formação sólida e rigorosa, que permita aos futuros mestres em Auditoria e Análise Financeira desempenhar actividades de natureza profissional de elevada competência técnica, potenciando assim a respectiva empregabilidade.

De uma forma geral, os mestres em Auditoria e Análise Financeira poderão desempenhar funções em instituições financeiras e seguradoras, grandes empresas integradas ou não em grupos empresariais, empresas de Auditoria (SROC’s), bem como em pequenas e médias empresas existentes no país, ajudando a fomentar o desenvolvimento do tecido empresarial nacional e instituições públicas a nível local ou central.

Mais informações em www.ipt.pt

fonte: http://www.radio.cidadetomar.pt/



publicado por Noticias do Ribatejo às 10:15
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 3 de Novembro de 2009
Espanhóis querem comprar fábrica Cintra

 

cintra 03

 

Os espanhóis da Font Salem estão em negociações com os administradores de insolvência da cervejeira Drink In, de Santarém, num processo que ainda não está fechado, disse à Lusa fonte da comissão de trabalhadores.

Jorge Armindo, que adquiriu a Drink In a Sousa Cintra em 2006, disse à Lusa que foram pedidos mais 15 dias (até 16 de Novembro) ao tribunal de Santarém para apresentação de um plano de viabilização da empresa, recusando confirmar o interesse dos espanhóis da Font Salem.

Fonte da comissão de trabalhadores disse, no entanto, à Lusa que responsáveis da Font Salem já visitaram a empresa e que terão posto como uma das condições o despedimento, até ao fim do ano, de 46 dos actuais 96 trabalhadores.

fonte: http://www.oribatejo.pt/



publicado por Noticias do Ribatejo às 15:13
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 28 de Outubro de 2009
Camião despista-se e larga vinho na A1

 

Um camião que transportava vinho branco despistou-se, ontem, ao início da tarde, na A1, e acabou por derramar "alguma carga". Os bombeiros de Torres Novas e Alcanena contiveram o derrame de vinho e de combustível. O condutor ficou ferido.

A GNR garantiu desconhecer ainda as causas que levaram ao despiste de um camião-cisterna, que transportava 27 mil litros de vinho branco. A viatura acabou por tombar de lado e provocar o derrame de vinho, mas também de combustível.

O acidente ocorreu cerca das 13.45 horas, ao quilómetro 102 da auto-estrada do Norte (A1), no sentido sul-norte, muito próximo da área de descanso de Fátima. Segundo fonte do Destacamento de Trânsito da GNR de Leiria, o acidente registou-se no final da subida da Serra de Aire - entre os nós de Torres Novas e Fátima -, quando a auto-estrada passa a ter apenas duas faixas.

A viatura, composta por um tractor e um semi-reboque, tombou para o lado direito, junto à berma, e provocou o derrame de vinho. "A cisterna estava cheia e acabou por sair algum vinho, mas nada de muito grave", esclareceu fonte dos Bombeiros de Torres Novas, admitindo que a principal preocupação, durante as operações, foi a de "conter o derrame de combustível que se verificava". A mesma fonte revelou que a viatura vinha de Almeirim, mas desconhecia para onde se dirigia.

As vias central e mais à direita da A1 estiveram condicionadas ao trânsito até por volta das 16 horas, ocasião em que foram totalmente cortadas. "Houve necessidade de cortar as vias para que fosse feita a trasfega do vinho e para que os reboques pudessem remover o camião", disse fonte da GNR, garantindo que "não se formaram filas de trânsito" naquela zona.

O condutor do veículo sofreu pequenas escoriações, mas não foi assistido no hospital. "Estava bastante agitado e assustado", disse fonte dos bombeiros.

No local estiveram os Voluntários de Torres Novas e de Alcanena, num total de 16 elementos.

fonte:http://jn.sapo.pt/



publicado por Noticias do Ribatejo às 08:52
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 27 de Outubro de 2009
Distrito de Santarém vai perder população

Distrito de Santarém vai perder população 

Um estudo revela que em 2030 o distrito poderá ter menos cerca de 19 mil habitantes do que actualmente

   

O Governo Civil de Santarém publicou um estudo que revela uma tendência preocupante de quebra de população no distrito nas próximas décadas.
O problema é mais preocupante em concelhos como Tomar e Abrantes onde a perda de habitantes se vai acentuar até 2030.
Essa tendência já se verifica e vai agravar-se noutros municípios como Mação, Sardoal e Chamusca.

O jornal “Público” de hoje inclui uma notícia sobre o tema:


Santarém deve perder população já a partir de 2010 Coruche pode crescer
 

fonte: Jornal O Templário



publicado por Noticias do Ribatejo às 13:00
link do post | comentar | favorito

Sábado, 24 de Outubro de 2009
FALECEU JOÃO BANZA

 

 

João Banza, avançado da AD de Oeiras, foi agredido na passada quarta-feira e encontrava-se em situação de morte cerebral.

Depois de efectuadas duas provas de morte cerebral ao atleta, sem que tenha sido registada qualquer resposta, foi declarado o óbito do hoquista, esta sexta-feira, por volta das 20h00.

Segundo os procedimentos legais, será agora efectuada uma autópsia ao cadáver, uma vez que a morte resultou de uma agressão, sofrida na passada quarta-feira à noite, quando tentava levantar dinheiro nas imediações da igreja de Santos-o-Velho, em Lisboa. Na sequência do ataque, João Banza caiu, tendo batido com a cabeça no chão – pancada que provocou um hematoma cerebral.

 

 

De acordo com o Comando Metropolitano da PSP, o agressor de João Banza ainda não foi identificado.

O hoquista, que antes de se transferir para a AD de Oeiras passou pelo Sporting e pelo Juventude de Viana, estava internado na unidade de neurocirurgia do hospital de São José, em Lisboa.

Depois de várias horas em coma, a morte cerebral do hoquista de 28 anos foi agora confirmada.

O UFE Fans endossa à família enlutada, aos amigos e à Associação Desportiva de Oeiras as mais sentidas condolências.

 


publicado por Noticias do Ribatejo às 19:56
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 23 de Outubro de 2009
Taça Ribatejo ao rubro

 

 

42-16935174

A uma jornada do fim da fase de grupos houve poucas surpresas e várias equipas perderam a esperança de passar para a 1ª eliminatória. Não há, por enquanto, líderes indefectíveis.

Uma dos resultados inesperados aconteceu no grupo 1, em Alcanena, onde a equipa de José Torcato perder a oportunidade de resolver o apuramento. O inesperado empate com o Ouriense adiou a decisão, para qualquer das equipas. A última jornada do Alcanenense em Caxarias promete ser uma final, pois a equipa da casa também almeja passar.

No grupo 2, o Riachense protagonizou uma das goleadas da jornada frente ao Assentis. Torres Novas também venceu, sendo que as duas equipas do mesmo concelho assegurarão provavelmente os dois primeiros lugares. O jogo adiado entre as mesmas (dia 1 Dezembro) será o grande dérbi para atribuir o primeiro lugar.

O Alferrarede foi mais uma equipa do escalão superior que não conseguiu ultrapassar o adversário da Secundária. Como no campeonato, os dragões ainda não conseguiram atiçar a chama e já estão arredados do apuramento. O Tramagal foi quem arrancou um ponto ao Alferrarede e adiou o apuramento para a última jornada com o Pego, que venceu sem dificuldades o Mouriscas.

No grupo 4, só o Pernes ficou já arredado da possibilidade de passar a fase de grupos, após a derrota em casa com o Moçarriense. Ainda assim é o Amiense e o Mindense que estão em melhor vantagem para ficar em primeiro, uma vez que têm um jogo a menos.

O Ouriquense redimiu-se da última derrota em casa contra uma equipa do campeonato abaixo do seu, o Emp. Comércio. Desta vez o Estrela venceu o Rio Maior e recolocou-se na corrida pelo segundo lugar. Os Caixeiros é que estão na mó de cima, venceram o Pontével e basta o empate na última jornada para garantir o apuramento. O Pontével está arrumado.

Noutro grupo (6), o Fazendense vai aproveitando para fazer o que não consegue no campeonato; já leva duas vitórias. Pela segunda vez conseguiu uma vantagem folgada, se bem que contra equipas da divisão inferior à sua. Coruchense e Barrosense já estão eliminados, uma vez que também o Benavente bateu a equipa de Coruche. Resta saber quem será o líder deste grupo.

Mais uma equipa da Secundária a fazer melhor figura do que alguns adversários da Principal: os Ferroviários assumiram-se como os líderes do grupo 7 ao arrancar um empate em Tomar. Os nabantinos ainda têm a vantagem de um jogo a menos, com o Ferreira do Zêzere. Estes já estão eliminados, uma vez que perderam com a Linhaceira, que se colocou no segundo lugar e vai jogar com o Tomar na próxima jornada.

Tal como o Fazendense, o Mação vai tomando o gosto de ganhar na Taça, tentando passar o ritmo das vitórias para o campeonato. No grupo 8, a turma de Zé Carlos deu uma mão cheia de golos ao Meiaviense, reivindicando o estatuto de primodivisionário. Destaque também para o Atalaiense que venceu pela primeira vez este ano em competições oficiais, afastando definitivamente o Sardoal da Taça.

O Glória segue na liderança do grupo 9, consequência da vitória fácil sobre o U. Chamusca, que já não tem hipótese. Já o invicto Almeirim ganhou, não sem luta, os primeiros três pontos ao Marinhais, mas ainda tem um jogo a menos. Serão os almeirinenses que provavelmente acabarão como líderes do seu grupo, ficando a corrida interessante pelo segundo lugar entre Glória e Marinhais.

Por fim no grupo 10, o Cartaxo ficou com a vida facilitada depois de marcar meia dúzia ao Salvaterrense, eliminando-o. O Samora Correia, que já tinha causado contratempos ao Cartaxo no último jogo, venceu o Porto Alto e é o favorito ao segundo lugar.

A última e decisiva jornada (excepto nos casos em que houve jogos adiados) vai ser no dia 1 de Novembro, após a qual veremos quais os seis melhores segundos lugares.

 TAÇA RIBATEJO – 2º JORNADA:; Grupo 1  Alcanenense-Ouriense, 1-1, Caxarias-Cercal, 3-0

Classificação 1º – Alcanenense 4 pontos, 2º Ouriense, 4 pontos, 3º Caxarias, 3 pontos, 4º Cercal 0 pontos

Grupo 2  Riachense-Assentis 5-0, Goleganense-T. Novas, 1-3

Classificação: 1º Riachense, 3 pontos *, 2º Torres Novas, 3 pontos *, 3º Goleganense, 3 pontos, 4º Assentis, 0 pontos

Grupo 3  Alferrarede – Tramagal 1-1, Mouriscas – Pego 0-3

Classificação 1º Pego, 6 pontos , 2º Tramagal, 4 pontos, 3º Alferrrarede, 1 ponto, 4º Mouriscas, 0 pontos

Grupo 4  Amiense-Mindense, 3-0, Pernes-Moçarriense, 0-5

Classificação, 1º Amiense, 3 pontos *, 2º Moçarriense, 3 pontos *, 3º Mindense, 3 pontos, 4º Pernes, 0 pontos

Grupo 5  Ouriquense-U.D. Rio Maior, 2-1, Pontével-Emp. Comércio, 1-2

Classificação 1º Emp. Comércio, 6 pontos, 2º Rio Maior, 3 pontos, 3º Ouriquense, 3 pontos, 4º Pontével, 0 pontos

Grupo 6 Fazendense – Barrosense 4-1, Benavente – Coruchense 2-0

Classificação, 1º Fazendense, 6 pontos, 2º Benavente, 6 pontos, 3º Coruchense, 0 pontos, 4º Barrosense, 0 pontos

Grupo 7 , U. Tomar-Ferroviários, 1-1, Linhaceira-F.Zêzere, 2-1

Classificação, 1º Ferroviários, 4 pontos, 2º Linhaceira, 3 pontos, 3º U. Tomar, 1 ponto *, 4º F. Zêzere, 0 pontos *

Grupo 8  Mação-Meiaviense, 5-0, Atalaiense-Sardoal, 3-1

Classificação 1º Mação, 6 pontos, 2 º Meiaviense, 3 pontos, 3º Atalaiense, 3 pontos, 4º Sardoal, 0 pontos

Grupo 9  U. Almeirim-Marinhais, 1-0, Glória-U.Chamusca, 4-1

Classificação, 1º Glória, 4 ponto, 2º U. Almeirim, 3 pontos *, 3º Marinhais, 1 ponto, 4º U. Chamusca, 0 pontos *

Grupo 10  Porto Alto-Samora Correia, 1-2, Cartaxo-Salvaterrense, 6-0

Classificação, 1º Cartaxo, 6 pontos, 2º Porto Alto, 3 pontos , 3º Samora Correia, 3 pontos, 4º Salvaterrense, 0 pontos

*Tem menos um jogo

fonte:http://www.oribatejo.pt/



publicado por Noticias do Ribatejo às 18:48
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 22 de Outubro de 2009
O novo Governo de José Sócrates

 

Já é conhecida a nova equipa de José Sócrates no Governo.
Conheça a lista completa de todos os ministros do novo Executivo:

Ministro da Presidência: Pedro da Silva Pereira
Ver perfil
Ministro dos Assuntos Parlamentares (muda de pasta): Jorge Lacão Ver perfil
Ministro dos Negócios Estrangeiros: Luís Amado Ver perfil
Ministro do Estado e das Finanças: Teixeira dos Santos Ver perfil
Ministro da Defesa Nacional (muda de pasta): Augusto Santos Silva Ver perfil
Ministro da Administração Interna: Rui Pereira Ver perfil
Ministro da Justiça (novo): Alberto Martins Ver perfil
Ministro da Economia, Inovação e Desenvolvimento (muda de pasta): José Vieira da Silva Ver perfil
Ministro da Agricultura, do Desenvolvimento Rural e Pescas (novo): António Manuel Serrano
Ministro das Obras Públicas, Transportes e Comunicações (novo): António Augusto Mendonça
Veja o perfil
Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior: Mariano Gago Ver perfil
Ministro do Ambiente e Ordenamento do Território (novo): Dulce Fidalgo Pássaro Ver perfil
Ministro do Trabalho e Solidariedade Social (novo): Maria Helena Santos André Ver perfil
Ministro da Educação (novo): Isabel Alçada Ver o perfil
Ministro da Saúde: Ana Jorge Ver o perfil
Ministro da Cultura (novo): Maria Ferreira Canavilhas Ver o perfil


publicado por Noticias do Ribatejo às 18:59
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 21 de Outubro de 2009
Três homens encapuzados assaltam bomba em Alpiarça



 
   

Três homens encapuzados assaltaram esta terça-feira, 20, um posto de combustível em Alpiarça, avançou fonte da GNR sem, no entanto, se saber se foi roubado algum dinheiro. A GNR suspeita que esta "equipa" seja a mesma que assaltou durante o dia de terça-feira uma bomba em Alcanhões, concelho de Santarém, e outra em Valada, concelho do Cartaxo.

Os três indivíduos continuam a monte.

"Pelas 15h45 foi assaltada uma bomba de gasolina em Alcanhões tendo sido roubados 100 euros em dinheiro e um cheque no valor de 600 euros", informou o Comando-Geral da GNR, explicando que o assalto foi cometido por três indivíduos encapuzados que se colocaram em fuga num Peugeot de matrícula falsa.

Uma hora mais tarde foi assaltado um posto de combustível em Valada do qual foram roubados 180 euros em dinheiro. "O assalto foi perpetrado por três encapuzados armados que fugiram também num Peugeot de matrícula falsa", revelou a GNR, que não exclui a possibilidade de os autores dos dois assaltos serem os mesmos.

O Comando-Geral da GNR informou ainda que, pela 01h30 de terça-feira, três indivíduos fizeram parar um veículo em Almeirim, apontaram uma arma ao condutor e único ocupante da viatura "e roubaram-lhe um computador portátil e um telemóvel".

 

fonte: http://www.omirante.pt/



publicado por Noticias do Ribatejo às 19:54
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 12 de Outubro de 2009
PS vence no distrito em noite de grandes mudanças

 Com 37,59% dos votos, o PS foi o vencedor das eleições autárquicas no distrito, seguido pelo PSD, com 29,4%, e pela CDU, que se ficou pelos 12,23%.

Na votação final, é interessante reparar que os grupos de cidadãos e movimentos independentes (com 6,15%) conseguiram ficar à frente do Bloco de Esquerda (4,77%), e do PP (com apenas 2,47%).

Mas a noite foi de surpresas e mudanças, onde quatro Câmaras mudaram de cor política.

Destaque para Rio Maior, onde Isaura Morais, cabeça de lista da coligação “Juntos pelo Futuro” (PSD / PP) conseguiu roubar a autarquia ao histórico Silvino Sequeira.

No próximo executivo, o PSD terá quatro vereadores, contra três eleitos do PS.

Em Alpiarça, a CDU reconquistou com maioria absoluta uma autarquia que tinha perdido em 1998, para o socialista Rosa do Céu.

O candidato Mário Pereira conseguiu 49,67% dos votos, contra os apenas 42,03% da ex-deputada Sónia Sanfona, que já anunciou que nem sequer vai desempenhar o cargo de vereadora para que foi eleita.

Em Alcanena, o PS de Fernanda Asseiceira conseguiu um excelente resultado ao destronar o movimento independente que governava a autarquia, com quase mais 20% dos votos.

Em Ourém, o PSD perdeu um dos bastiões no distrito.

O ex-governador civil Paulo Fonseca apostou forte na sua candidatura autárquica e venceu para o PS com 47,35% dos votos, contra os 43,32% de Vítor Frazão, que encabeçava a lista do PSD.

Apesar do mau resultado a norte, o PSD, muito por culpa de Francisco Moita Flores obteve uma estrondosa vitória na capital de distrito.

O movimento “Viva Santarém” elege sete dos nove vereadores, deixando os outros dois para o PS, que obteve o seu pior resultado de sempre no concelho.

Duas notas importantes em Santarém: o PSD e os movimentos de cidadãos que apoiou conquistaram 20 das 28 freguesias do concelho, onde se explica boa parte desta vitória nunca vista.

A CDU fica sem representantes na Câmara Municipal e conseguiu apenas uma Junta de Freguesia.

Nos restantes concelhos, não se registaram grandes mudanças.

Sousa Gomes, em Almeirim, voltou a eleger cinco vereadores para o PS, com a CDU a manter o seu eleito, mas com o PSD a perder o vereador para o MICA, que elegeu Francisco Maurício.

Apesar do período político conturbado que se viveu no Cartaxo, Paulo Caldas manteve a maioria com quatro eleitos, mantendo-se os mesmos dois para o PSD e um para a CDU.

Benavente, Chamusca e Constância mantiveram-se na CDU, com António Ganhão a chegar aos 55% e o astrónomo Máximo Ferreira, novo presidente da Câmara de Constância, a conseguir 48, 09%.

Mas na Chamusca, Sérgio Carrinho perdeu a maioria absoluta, tendo eleito apenas dois vereadores, que vão formar o executivo municipal com outros dois do PS e um do PSD.

Pela sua vez, o PSD conseguiu manter com relativa facilidade Ferreira do Zêzere, Sardoal, Entroncamento, Mação e Tomar, onde o aparecimento de duas candidaturas independentes chegou a criar alguma expectativa.

Quanto às autarquias já geridas por maiorias socialistas, os resultados foram os esperados em Abrantes, Coruche, onde Dionísio Mendes conseguiu chegar aos 57%, Torres Novas, onde António Rodrigues também conseguiu nova maioria absoluta, e Vila Nova da Barquinha, onde Miguel Pombeiro foi reeleito com quase 60%.

Destaque só para a Golegã, onde o PS do actual presidente Veiga Maltez conseguiu eleger os cinco membros que compõem a Câmara Municipal.

Feitas as contas, o PS mantém as nove autarquias que já tinha em 2005 (perde Alpiarça e Rio Maior, mas ganha Alcanena e Ourém), o PSD também mantém sete (ganhou em Rio Maior mas ficou sem Ourém), a CDU aumenta para quatro, juntando Alpiarça às três que já tinha, e Salvaterra de Magos continua a ser a única autarquia do Bloco de Esquerda, a nível do país.

Quanto à abstenção no distrito, cifrou-se nos 40,07%, quando nas autárquicas de 2005 tinha ficado pelos 38,44%.

Dos resultados eleitorais, há outro aspecto a reter: o PS fica com maioria relativa em ambas as comunidades intermunicipais do distrito, com cinco autarquias no Médio Tejo (contra quatro do PSD e uma da CDU), e com cinco na Lezíria (uma vez que é preciso acrescentar a Azambuja), contra três da CDU, duas do PSD e uma do BE.

Fonte: O Ribatejo



publicado por Noticias do Ribatejo às 08:39
link do post | comentar | favorito

Domingo, 11 de Outubro de 2009
SE mesmo assim a EDP ganha milhões fará se....

Se a “EDP” apresenta milhões de euros com a gestão quem tem, que lucro não teria se soubesse poupar com a gestão dos seus bens patrimoniais

Quantos postes de electricidade não se podem ver pelas bermas das estradas, completamente abandonados e esquecidos?

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 16:24
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 29 de Setembro de 2009
Câmara Alpiarça poderá ter deixado prescrever coimas por inércia

A CÂMARA PODERÁ TER DEIXADO PRESCREVER COIMAS POR INÉRCIA OU OUTRAS CAUSAS NÃO APURADAS

A Câmara Municipal de Alpiarça poderá ter deixado prescrever um número bastante significativo de coimas que remontam a 2005/2007, por inércia ou outras causas ainda não apuradas.


“I.O prazo de prescrição do procedimento contra-ordenacional há-de ser contado de acordo com as regras contidas nos artºs 27º-A e 28º, nºs 1 e 2 do Regime Geral das Contra Ordenações e Coimas (RGCOC). II.Só haverá recurso ao normativo do nº3 do artº 28º se, por força de algum facto interruptivo, desde o dies a quo (e ressalvado o tempo de suspensão) tiver já decorrido o prazo de prescrição acrescido de metade e este ainda não se tenha, efectivamente, completado. III.Nesse caso, mesmo que o prazo de prescrição não esteja efectivamente completado, ex vi do aludido nº3 do artº 28º, verifica-se a prescrição do procedimento contra-ordenacional. IV.Deste modo, a norma contida no nº3 do artº 28º do RGCOC não consagra um novo prazo de prescrição mas, somente um limite máximo do prazo de prescrição que, assim, nunca o poderá exceder.”

Quais os prazos de prescrição do procedimento contra-ordenacional?


O procedimento extingue-se por efeito da prescrição logo que sobre a prática da contra-ordenação hajam decorrido os seguintes prazos:


• 5 anos, quando se trate de uma contra-ordenação a que seja aplicável uma coima de montante máximo igual ou superior a €49.879,79;• 3 anos, quando se trate de uma contra-ordenação a que seja aplicável uma coima de montante igual ou superior a €2.493,99 e a inferior a €49.879,79;• 1 ano nos restantes casos.


No entanto, há actos processuais previstos na lei que justificam a suspensão ou interrupção da prescrição, não podendo, neste último caso, ultrapassar os prazos mencionados acrescidos de metade.


Nota: - De acordo com os vários documentos consultados, há indícios de omissão do dever legal de procedimento sancionatório que compete à Câmara Municipal de Alpiarça, como autoridade administrativa.


- Verificam-se ainda situações em que, havendo referência à prática de ilegalidades não se encontra no processo de obra o respectivo auto de notícia nem foi instaurado processo.


- Em casos de construções ilegais, observados pela fiscalização municipal e devidamente participados, não foram desencadeados os mecanismos processuais de penalização das infracções detectadas.


- Por estranho que pareça, também não foi encontrada informação da decisão de arquivamento de quaisquer processos por prescrição, pelo executivo municipal.


quid juris

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 16:22
link do post | comentar | favorito

CDU DE SANTAREM QUEIXA-SE Á COMISSÃO NACIONAL DE ELEIÇÕES

 

CDU- Coligação Democrática Unitária (PCP-PEV)

 

 

Santarém, 29 de Setembro de 2009

 

 

Exmo. Sr.

Presidente da Comissão Nacional de Eleições

Juiz Conselheiro João Carlos de Barros Caldeira

 

Vem por este meio a CDU- Coligação Democrática Unitária (PCP-PEV), denunciar a retirada de propaganda desta força política pela Câmara Municipal de Santarém, no dia de hoje, terça-feira, 29 de Setembro de 2009, pelas 10h40, no Largo Cândido dos Reis, nomeadamente de estruturas de suporte a cartazes de dimensão MUPI, nos quais existia propaganda afixada, e que estavam identificados como sendo do PCP, sigla do Partido Comunista Português, que integra esta coligação.

Ocorrência verificada in loco, efectuada por trabalhadores e viatura identificada como sendo da Câmara Municipal de Santarém, ao mesmo tempo que decorriam os preparativos para uma acção de campanha da candidatura do PPD/PSD.

Questionados sobre os motivos da retirada de propaganda política, os mesmos trabalhadores responderam que executavam ordens do Sr. Luís Arrais que, identificado e advertido no local da ocorrência de que decorre período oficial de campanha eleitoral, e de que deveria por isso ordenar a recolocação dos painéis, declarou assumir a responsabilidade pela ordem de retirada, tendo feito questão em ser fotografado para posterior identificação.

O mesmo Sr. Luís Arrais justificou a retirada das estruturas alegando que a propaganda nelas afixada estava “fora de prazo”, uma vez que respeitaria à campanha eleitoral da Eleição da Assembleia da República, decorrida no passado dia 27 de Setembro, ainda que pelo menos duas das cinco estruturas instaladas no Largo Cândido dos Reis tivessem afixada propaganda com fotografias de candidatos da CDU à Câmara Municipal de Santarém, e que nem por isso foram poupadas à retirada.

Mais ainda se verificou que neste mesmo Largo Cândido dos Reis estavam instalados painéis de outras forças políticas com propaganda explicitamente relacionada com candidatos e candidaturas à Assembleia da República, e que nem por isso foram retiradas.

Posteriormente, ainda no decorrer do dia de hoje, tomámos conhecimento da retirada de outros painéis de dimensão semelhante respeitantes a propaganda da CDU, que estavam instalados junto ao Jardim da República, em Santarém.

Pela gravidade dos factos que denunciamos, apresentamos assim o presente protesto.

Como elementos de prova, anexamos fotos dos painéis colocados na viatura, fotos da mesma, fotos dos preparativos da acção de campanha do PPD/PSD que se realizavam no local, e foto do Sr. Luís Arrais.

 

Sem outro assunto de momento, subscrevemo-nos com as mais cordiais saudações

 

Pela CDU- Coligação Democrática Unitária (PCP-PEV)

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 16:17
link do post | comentar | favorito

O VEREADOR GARROTES DA C.M. ALPIARÇA NÃO DEVE GOSTAR DE XADREZ

O VEREADOR GARROTES NÃO DEVE GOSTAR DE XADREZ OU A EXPANSÃO DESTA MODALIDADE NÃO DEVE SER DE SEU AGRADO

 
A Casa do Xadrez/Alpiarça, na sequência de outras iniciativas, disputou no passado sábado um encontro a 8 tabuleiros com a equipa do Grupo de Xadrez Alekhine, de Lisboa, na modalidade de Semi-Rápidas (15 minutos por jogador). Tratou-se de um Match particular entre amigos, mas era um género de "desforra". A Casa do Xadrez há anos que joga em Alpiarça e milita ininterruptamente na 2ª Divisão, que é em termos gerais a 1ª Divisão do xadrez amador. No ano passado, reforçamos a equipa com o actual presidente da Associação de Xadrez de Santarém, Paulo Costa e tínhamos como objectivo a subida à 1ª Divisão. Infelizmente, perdemos pela margem mínima com estes amigos do Alekhine, (num match que poderíamos ter ganho) e assim subiram eles à 1ª Divisão.Entretanto, o nosso principal e mais forte jogador, Paulo Costa foi apurado para no próximo ano disputar entre a elite do xadrez Português, o título de Campeão Nacional Individual. Fazendo uma retrospectiva, o nosso associado António Russo, que reside há umas dezenas de anos em Alpiarça, conseguiu há uns anos, com a colaboração do antigo Presidente da Junta (honra lhe seja feita) Sr. António Moreira a cedência inicial do espaço da Assembleia da Junta para a disputa dos jogos do Campeonato Nacional.Mais tarde, cedeu uma pequena sala na antiga escola Visconde de Barroso, onde o clube actualmente joga e se reúne todas as 6ªs feiras à noite.No ano passado, a equipa, constituiu uma equipa B, que foi campeã Distrital, indo por direito disputar na época que se avizinha a 3ª Divisão, mantendo-se a equipa A na 2ª Divisão, com o objectivo de tentar a subida à 1ª Divisão.É de notar, que este campeonato foi disputado em Alpiarça, assim como o Distrital individual.Entretanto, avançou-se a ideia, e considerando que o Presidente da Associação de Xadrez de Santarém jogava na nossa equipa, com a transferência do referido organismo de Torres Novas para Alpiarça.Foi apresentada a ideia ao actual Presidente da Junta, Sr. Pais, que enveredou todos os esforços no sentido de disponibilizar um espaço para o efeito.Chegou mesmo a idealizar-se um protocolo de colaboração entre a Associação de Xadrez e os orgãos de administração locais, no sentido de levar o xadrez às escolas, assim como a cedência de um eventual espaço para desenvolvimento de actividades.É de referir, que sempre a Casa do Xadrez/Alpiarça viu na pessoa do Sr. Pais interesse em que a Associação de Xadrez de Santarém se instalasse em Alpiarça.No entanto, e como as possíveis instalações são propriedade da Câmara, a partir de determinada altura, o assunto passou para o pelouro gerido pelo Sr. Engº Luís Garrotes, que certamente não viu nenhum interesse em que a AXS se instalasse em Alpiarça, uma vez que nunca efectuou qualquer contacto para o efeito. O que "uns não querem, estão outros desertos", a AXS continua em Torres Novas, e entretanto já teve candidaturas para se deslocar para Abrantes e Tomar. Para concluir, devemos frisar que desde o tempo em que o Sr. Moreira nos cedeu a pequena sala, sempre a Casa do Xadrez/Alpiarça pagou pontualmente a mensalidade acordada, e também é bom que se saiba, nunca recebeu um cêntimo de qualquer entidade. Sem pretendermos tomar qualquer posição politico-partidária, esperamos que os próximos eleitos procurem ajudar um pouco mais o Xadrez, que nos seus meandros colocou Alpiarça no mapa.


publicado por Noticias do Ribatejo às 15:44
link do post | comentar | favorito

SANTAREM-Autárquicas: Campanha eleitoral regressa aos 308 municípios

 

A campanha para as eleições autárquicas de 11 de Outubro arranca hoje nos 308 municípios portugueses, quatro anos depois de o PSD ter ganho a última corrida eleitoral para as câmaras, elegendo 158 presidentes de executivos municipais.

Em Outubro de 2005, os sociais-democratas, então liderados por Marques Mendes, conquistaram quase metade das presidências, vinte das quais em coligação com o CDS-PP, o PPM e o MPT, e mantiveram a liderança da Associação Nacional de Municípios Portugueses, lugar destinado à força política com mais câmaras no país.

Num ano em que se registou uma abstenção de 39,08 por cento, o PS de José Sócrates obteve a governação de 109 municípios, a coligação PCP/PEV de 32 e o CDS-PP e o BE, cada um, de um único executivo (Ponte de Lima e Salvaterra de Magos, respectivamente).

Diário Digital / Lusa



publicado por Noticias do Ribatejo às 10:49
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 28 de Setembro de 2009
SANTAREM-Candidaturas aos financiamentos do ProDeR abrem em Outubro

Candidaturas aos financiamentos do ProDeR abrem em Outubro
 
A TAGUS – Associação para o Desenvolvimento Integrado do Ribatejo Interior está a receber Fichas de Intenção de Candidatura de projectos aos financiamentos da Abordagem LEADER 2007-13, do Programa de Desenvolvimento Rural (ProDeR).

Em Outubro prevê iniciar o primeiro processo formal de candidaturas que irá terminar em Dezembro. Este pequeno formulário (Ficha de Intenção de Candidatura) está disponível no site da TAGUS (em www.tagus-ri.pt/Proder/Candidaturas) e trata-se de um simples procedimento em que apenas são pedidos: uma breve descrição do projecto, apontamento das principais despesas, montante global do investimento e previsão do início do projecto.

Assim, a TAGUS espera estimular o aparecimento de projectos inovadores para os territórios de Abrantes, Constância e Sardoal, apoiando-os financeiramente através da Abordagem LEADER. Os apoios podem ir desde dos 40% aos 75% das despesas elegíveis.

Os projectos devem-se inserir nas medidas da Abordagem LEADER que são a 3.1. Diversificação da Actividade Económica e Criação de Emprego que engloba: Diversificação de actividades na exploração agrícola, que contempla projectos como agro-turismo, parques de campismo, serviços de recreação e lazer, actividades pedagógicas, pontos de venda directa dos bens produzidos na exploração, entre outros; Criação e desenvolvimento de microempresas, que considera todas as empresas com menos de 10 funcionários, desde que estejam associadas a actividades económicas necessárias ao território; Desenvolvimento de actividades turísticas e de lazer, como a criação ou desenvolvimento de produtos turísticos, alojamento turístico de pequena escala, etc.

E a medida 3.2. Promoção da Qualidade de Vida das Populações que é mais dedicada a instituições, associações e autarquias e visa desenvolver projectos de Conservação e Valorização do Património Rural como os de preservação do património construído e de preservação do património cultural e identitário; e projectos de Serviços Básicos para a População Rural, como são os serviços de apoio às crianças, idosos e pessoas portadoras de deficiência.

Através da Abordagem LEADER 2007-13 do ProDeR, a TAGUS prentede implementar a sua Estratégia Local de Desenvolvimento e fixar a população no Ribatejo Interior, para isso espera contar com o aparecimento de projectos inovadores, tendo cerca de 9 milhões de euros para os apoiar.

FONTE:

http://www.radio.cidadetomar.pt



publicado por Noticias do Ribatejo às 18:49
link do post | comentar | favorito

SANTAREM- Lobo Antunes com Céu e Silva

Lobo Antunes com Céu e Silva

 
Uma Longa Viagem com António Lobo Antunes será, a partir de agora, o retrato mais completo do escritor quesempre se proibiu de contar toda asua verdade.
A Porto Editora lançou no passado dia 24 de Setembro, o novo volume da série de entrevistas com notáveis portugueses que o jornalista João Céu e Silva transporta para livro. Uma Longa Viagem com António Lobo Antunes reúne os diálogos que o entrevistador e o autor mantiveram durante três anos de encontros.
No armazém onde escreve, António Lobo Antunes alimenta-se da difusa claridade do criador premiado e com sucesso em todo o mundo mas, ao mesmo tempo, gasta-se na escuridão do homem marcado pelas vaidades que protagonizou no passado, de um dia de violência que não esquece em Angola e da ausência de uma paixão que o cegue para a eternidade.
Ao longo desta viagem, António Lobo Antunes sorriu e chorou, contou segredos e anedotas, blasfemou e perdoou, foi cruel com quem não se espera e nada simpático com os autores de best-sellers, deixou ver como concebe um livro do princípio ao fim, confessou o medo de um dia ser incapaz de iniciar um romance, desabafou sobre o amor falhado com a mulher da sua vida, radiografou as relações com a família, revelou o pânico de voltar a sofrer com o cancro, explicou porque é que já não espera quase nada dos anos que lhe falta viver e assumiu que as tendências suicidas ainda não o abandonaram.
Uma entrevista que é uma longa-metragem dos muitos medos e das poucas alegrias que fazem de António Lobo Antunes um escritor que parece viver no limiar do apocalipse pessoal e que afirma ter no ofício da escrita a sua razão de viver.

O Autor
João Céu e Silva nasceu em Alpiarça, em 1959, licenciou-se em História durante os anos em que viveu no Rio de Janeiro e é, desde 1989, jornalista do Diário de Notícias. Publicou um livro de viagens (Caravela Tropical) e um romance (28 Dias em Agosto). Uma Longa Viagem com António Lobo Antunes é o quarto volume de uma série que pretende fazer o retrato biográfico de alguns portugueses ilustres, através de uma longa entrevista e dos testemunhos de quem os conheceu, sucedendo a Uma Longa Viagem com José Saramago, editado em Abril deste ano.


Título: Uma Longa Viagem com António Lobo Antunes
Autor: João Céu e Silva
Fonte:
http://planetamarcia.blogs.sapo.pt/


publicado por Noticias do Ribatejo às 14:19
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 21 de Setembro de 2009
Cerca de 60 toneladas de boletins de voto distribuídos pelo país

Mais de 11 milhões de boletins de voto foram impressos para as eleições legislativas, que se realizam a 27 de Setembro, o que corresponde a 60 toneladas de papel reciclado que custou cerca de 280 mil euros.

 
De acordo com dados divulgados à Lusa pela Direcção-Geral de Administração Interna (DGAI) foram impressos 11.821.500 milhões de boletins de voto em papel reciclado pela Imprensa Nacional - Casa da Moeda, um trabalho que custou aproximadamente 280 mil euros.
 
Para as eleições autárquicas serão impressos três vezes mais boletins para se elegerem os presidentes de 308 câmaras, 308 assembleias e 4260 juntas de freguesia, o que custará o triplo do valor. Desde 1994 que o papel dos boletins de voto é reciclado, branco, liso e não transparente, explicou à Agência Lusa a directora-geral da Administração Interna, Rita Faden. "
 
Terminado o prazo de recurso contencioso ou decididos os recursos, os tribunais - para onde são remetidos os boletins com votos válidos - promovem a sua destruição, cabendo ao juiz decidir do modo dessa destruição", referiu.
 
A responsável divulga ainda que os boletins de voto só podem começar a ser impressos depois de conhecido o resultado do sorteio das listas candidatas à eleição, efectuado em cada um dos tribunais dos diferentes círculos eleitorais. O referido sorteio deverá efectuar-se no 40º dia anterior à data prevista para a eleição.
 
Processo de distribuição de boletins pelo paísA distribuição dos boletins de voto pelo território nacional terá uma vigilância reforçada pelas autoridades. "O processo inicia-se pelo transporte, colaboração das Forças Armadas, desde a Imprensa Nacional - Casa da Moeda até às instalações dos Governos Civis e dos Representantes da República nas Regiões Autónomas dos Açores e Madeira", explicou Rita Faden, acrescentando que o círculo de Lisboa decorreu entre 7 e 14 de Setembro.
 
As entidades procedem, em seguida, à entrega dos boletins de voto de cada concelho às respectivas Câmaras Municipais, sendo o transporte acompanhado pelas autoridades policiais. As Câmaras Municipais enviam aos presidentes das mesas de cada uma das secções de voto os documentos respectivos, "cabendo a cada uma das entidades intervenientes a responsabilidade de guardar os boletins de voto em local seguro".
 
Os boletins de voto são entregues aos presidentes das mesas das secções de voto pelos presidentes das Câmaras Municipais até três dias antes do dia designado para as eleições. No dia da eleição, esses boletins de voto irão estar nas secções de voto que, em muitos casos funcionam em instalações escolares e outros equipamentos públicos.
Lusa


publicado por Noticias do Ribatejo às 16:29
link do post | comentar | favorito

Domingo, 20 de Setembro de 2009
Campeonato Distrital Futebol – 3ª Jornada

 

Divisão Principal

Ouriquense – Torres Novas – 1-2
Alcanenense – Mação – 2-1
U. Almeirim – Fazendense – 3-1
Amiense – Pego – 0-0
Riachense – U. Tomar – 1-0
Alferrarede – Cartaxo – 0-2

1º U. Almeirim, 9; 2º Amiense e Riachense, 7; 4º Cartaxo, Alcanenense, U. Tomar e Torres Novas, 6; 8º Ouriquense, 3; 9º Pego, 2; 10º Alferrarede, Fazendense e Mação, 0

 

Fonte:  Jornal o Templário



publicado por Noticias do Ribatejo às 22:31
link do post | comentar | favorito

Desemprego no Distrito de Santarém melhor que no país!

 

madelino
 
 
Por Francisco Madelino *
 

 

De que forma tem evoluído o Mercado de Trabalho no Distrito de Santarém relativamente à evolução recente observada no País? Melhor? Pior? Porquê? De igual forma pelos diversos Concelhos ribatejanos? Analisando.

Entre 2002 e 2005, a economia portuguesa verificou um impacte extremamente forte das novas realidades internacionais. Nessa altura, não por um ambiente de crise internacional, mas perante a alteração do contexto internacional onde funcionava. A globalização, por via da entrada de novos países-continente no comércio mundial, como os casos da China e Índia, apanhou em cheio os nossos sectores exportadores tradicionais, como os têxteis e o calçado. Face a este impacte, o desemprego subiu, neste período, aferido pelo desemprego registado do IEFP, de 326 mil desempregados, quando começou 2002, para terminar em 479 mil em Dezembro de 2005, ou seja, mais 47% de desempregados (concretamente mais 153 mil pessoas à procura de emprego, um valor inferior à subida actual).

A partir do ano de 2005, a economia portuguesa iniciou um processo profundo de reestruturação. Até à crise de 2008, inclusive até segundo trimestre deste ano, os sinais foram evidentes. As exportações tornavam-se a principal componente dinamizadora do aumento do produto nacional. Só em 2007, o PIB cresceu mais que entre 2002 e 2005, isto é, num ano ano mais do que nos três anos anteriores somados. O desemprego registado desceu cerca de 90 mil desempregados desde o primeiro trimestre de 2005 face ao segundo trimestre de 2008. O emprego acresceu-se liquidamente 133 mil empregos, mais de 213 mil postos de trabalho, se se tiver em conta apenas os trabalhadores assalariados por conta de outrem, de acordo com os dados do Instituto Nacional de Estatística.

E como reagiu o Distrito de Santarém nestes tempos?

Entre 2005 e 2008 a economia regional foi das mais dinâmicas do País. Entrou em mercados internacionais onde não entrava (Angola e países de Leste por exemplo). Alargou-se a novos sectores como a logística e o sector automóvel. O desemprego no Distrito estava em Julho de 2005 em 16.585 desempregados, três anos depois em 13.637 pessoas, menos quase 3 mil desempregados (uma redução de 18%).

As sub-regiões de Ourém e Fátima, a par da de Torres Novas-Abrantes e de Benavente lideravam o crescimento no Distrito, com a instalação de novas empresas e novos sectores. Rio Maior e o Cartaxo, por sua vez, juntavam-se a este dinamismo, embora com dinâmicas menos acentuadas.

Com a crise de 2008, o Distrito ribatejano não deixou de ser afectado pelos acontecimentos internacionais, cuja marca mais simbólica foi a falência da Lehman Brothers, nos EUA. Aquilo que há um ano era um cenário positivo, redução do desemprego, passado apenas um ano inverteu-se, como em todo o Mundo. Mas como se portou o Distrito? Melhor ou pior que o País?

Com dados de Julho deste ano, existiam no Distrito de Santarém 17.369 mil desempregados inscritos nos Centros de Emprego. Uma subida de 27,4%, contra uma variação nacional de 30,1%, esta superior portanto. Se a esta análise juntarmos a taxa de desemprego, ela situar-se-á no Distrito num valor próximo de 7%, contra uma média nacional de 9,1%. O Distrito, assim, está melhor.

Há no entanto diferenças regionais na evolução do desemprego:

No triângulo Tomar, Abrantes, Torres Novas, a Nordeste, Torres Novas (+19,6%) e Abrantes (+23,8%) têm tido subidas do desemprego inferiores a Tomar (+33,8% neste), muito por consequência da captação de empresas com maior valor acrescentados nos dois primeiros distritos;

A Noroeste, em Ourém e Fátima, o impacte da crise tem sido acentuado, com o desemprego a subir quase o dobro da média do distrito (+61,9%), pelo tipo de indústrias que aí se localizavam, nomeadamente madeiras e construção civil;

Na zona Sul, Benavente, também tem sofrido um grande impacte, com o desemprego a aumentar na vizinhança de 37% no último ano, com o abandono de indústrias metalúrgicas e ligadas ao sector automóvel trabalho intensivo;

A sub-região do Cartaxo e Rio Maior a apresentarem bons indicadores, e Rio Maior (-15,8%) a ser o único Concelho ribatejano em que o desemprego desceu;

A taxa de desemprego é exageradamente elevada do Concelho de Salvaterra de Magos, a mais elevada da Região, rondando os 12%, uma taxa que quase duplica a média do Distrito, que supera em três pontos a média nacional, e que não encontra na vizinhança de dois pontos percentuais nenhuma taxa de desemprego próxima tão alta, sendo, portanto, uma zona economicamente deprimida. Em Almeirim a taxa é de 7,95%.

Feita a descrição possível, e sabendo que o nosso mercado de trabalho é menos sofrido que o todo nacional, importa, neste Distrito, continuar a articulação entre os seus agentes económicos e sociais, racionalizar o ordenamento do território, estimular a qualidade do capital humano e criar infra-estruturas atractivas para que continue a verificar melhor perfomances e a disseminar melhor os efeitos positivos do crescimento em toda a região.

(*)  Economista e Presidente do IEFP

Fonte: O Ribatejo



publicado por Noticias do Ribatejo às 08:48
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 10 de Setembro de 2009
CDOS transferido de Tomar para Almeirim

CDOS transferido de Tomar para Almeirim
“Não se entende que o Ministério despenda avultadas verbas em equipamentos para um novo serviço quando o mesmo estava a funcionar de forma eficaz, em Tomar”, lamentou o presidente da Câmara Municipal de Tomar em reunião do executivo.
O convite à Câmara Municipal de Tomar para participar na cerimónia de abertura do Centro Distrital Operacional de Socorros de Santarém, na passada quarta-feira, em Almeirim, provocou um conjunto de protestos por parte dos vereadores da Câmara, nomeadamente do vereador independente, Ivo Santos, assim como de Pedro Marque e Rosa Dias, dos Independentes por Tomar, tendo o presidente da câmara, Corvêlo de Sousa, reconhecido que “se trata de abrir um simples escritório em Almeirim, situação mais incompreensível quando, em momento de grave crise económica, de falta de dinheiro da administração central para resolver carências essenciais, o Ministério da Administração Interna decida investir em novos equipamentos para instalar no CDOS em Almeirim quando estes serviços têm funcionado em Tomar de forma eficaz, sem qualquer tipo de queixa.

 

Cidade de Tomar»



publicado por Noticias do Ribatejo às 15:15
link do post | comentar | favorito

pesquisar
 
Outubro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
12

18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


posts recentes

TEMAS DE SAÚDE: “Sr. Dr....

TEMAS DE SAÚDE: Desde a ...

TEMAS DE SAÚDE:Violência ...

SAÚDE: Doenças infecciosa...

ALPIARÇA: 3,7 ME de inves...

ALEMIRIM - Rodoviária do ...

CHAMUSCA -LIMPEZA E HIGIE...

SANTAREM - Ponte D. Luís ...

FACTURA DA ÁGUAS DO RIBAT...

PSD critica quebra de 28%...

Inscrições para a Associa...

ALMEIRIM-Fundo de Emergên...

ÁGUAS DO RIBATEJO APOIA P...

Águas do Ribatejo quer um...

Águas do Ribatejo” mesmo ...

Ricardo Sardinheiro - Um ...

SANTAREM -MANUEL ALEGRE V...

ALMEIRIM-Visita aos Bombe...

ALMEIRIM- Candidatura de ...

SANTAREM-Velha guarda do ...

SANTAREM-Correio do Ribat...

SANTAREM-GUARDA NACIONAL ...

Actividade operacional d...

SANTAREM-Secretário de Es...

Santarém: chuvas da manhã...

ALMEIRIM-As Previsões de ...

Defensores do Tejo reunir...

Sexagenário encontrado na...

SANTARÉM - Desactivado pl...

A Águas do Ribatejo inves...

arquivos

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

tags

todas as tags

subscrever feeds