NOTICIAS DO RIBATEJO EM SUMARIO E ACTUALIZADAS PERIODICAMENTE - "A Imparcialidade Na Noticia" - UMA REFERÊNCIA NA INFORMAÇÃO REGIONAL -

Sexta-feira, 28 de Setembro de 2012
SANTARÉM: DEPUTADOS DO PS REGRESSAM ÀS ZONAS MAIS AFETADAS PELOS INCÊNDIOS NO NORTE DO DISTRITO

A Federação do PS de Santarém promove mais uma jornada de trabalho com os deputados eleitos pelo distrito. O grupo vai revisitar as regiões mais afetadas pelos incêndios, designadamente o concelho de Ourém, onde os prejuízos estimados ascendem a mais de 13 milhões de euros.
A acompanhar a visita, além dos deputados e do Secretariado Distrital, estará o grupo de trabalho liderado por Pedro Ribeiro e que tem como missão acompanhar a ação da Proteção Civil no combate aos fogos florestais.
PROGRAMA DA VISITA
Dia 29 de Setembro
10:30 H – Encontro junto à Câmara Municipal de Ourém e início da visita
12:00 H – Conferência de Imprensa na sede da concelhia do PS



publicado por Noticias do Ribatejo às 10:13
link do post | comentar | favorito

Sábado, 24 de Dezembro de 2011
OURÉM - Assinado protocolo para construção do muro junto à Capela das Louças

 O Município de Ourém, assinou com a Fábrica da Igreja da Paróquia de Nossa Senhora da Piedade, um contrato programa com o objectivo de apoiar financeiramente a construção de um muro de suporte das terras junto à Capela das Louças.

As terras que se situam entre o arruamento e o largo da capela, encontram-se sem qualquer suporte, sendo urgente executar um muro que garanta adequada segurança a quem transita no referido local. A assinatura deste Contrato-Programa contempla um apoio financeiro, até ao montante de 24.318,61€.

Por:

Paulo Fonseca



publicado por Noticias do Ribatejo às 08:43
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 18 de Outubro de 2011
SANTAREM - Redes de Cooperação apresentadas em Ourém

A NERSANT apresentou no passado dia 11 de Outubro o projecto Redes de Cooperação, que tem como objectivo a partilha de recursos entre as empresas para aumentar a competitividade na região de Santarém. A iniciativa realizou-se no Centro de Negócios de Ourém.  “Cooperar é uma questão de sobrevivência e algo que pode ser a capa de salvação para algumas empresas, tendo em conta o cenário de crise que se vive actualmente”, explicou Susana Seabra, consultora da Sociedade Portuguesa de Inovação (SPI), durante a apresentação do projecto. “Se as empresas se unirem e se aceitarem sinergias com outras empresas podem fazer face aos desafios de competitividade que têm em mãos”, explicou a técnica da SPI, realçando a redução de custos de produção e aprovisionamento, a abordagem a novos mercados, a partilha de informação estratégica e a oferta integrada de valor acrescentado, como as principais vantagens da adesão a este projecto. A iniciativa, que está a ser dinamizada pela NERSANT, é composta por duas redes: Rede de Cooperação de Construção e Metalomecânica e Rede de Cooperação para a Exportação No sector da construção e metalomecânica, a cooperação será efectivada através de sinergias entre empresas complementares, a fim de inibir situações de concorrência directa e permitir a constituição de uma oferta integrada que permita a exploração de novas oportunidades de negócio, como por exemplo a possibilidade de responder a concursos públicos nacionais e internacionais de maior complexidade. Por outro lado, a Rede de Cooperação para a Exportação destina-se a empresas de qualquer sector de actividade que queiram abordar novos mercados, e que não conseguem, de forma isolada, reunir as condições financeiras e humanas para tal. Qualquer uma destas redes terá um funcionamento empresarial como uma estrutura técnica específica e desenvolverá uma actividade complementar e não concorrencial às empresas que delas façam parte, permitindo a poupança de recursos e a entrada em novos mercados. As empresas do Distrito de Santarém que desejarem integrar este projecto poderão contactar a NERSANT através  do número 249 839 500 ou do e-mail datdr@nersant.pt.



publicado por Noticias do Ribatejo às 10:56
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 8 de Setembro de 2011
OURÉM - Plano de seminários Nersant teve início em Fátima

 

A NERSANT iniciou no dia 6 de Setembro em Fátima, as sessões de trabalho descentralizadas, com uma sessão de divulgação dos projectos que a associação empresarial tem disponíveis para as empresas e entidades de economia social da região. Esta sessão que contou com a presença de diversas empresas e IPSS’s deu a conhecer os projectos relacionados com formação, empreendedorismo, certificação do sistema de gestão da qualidade e implementação de tecnologias de informação e comunicação.  Após as apresentações do MovePME – Formação Acção, CertificaSant, TicSant, , Auditec, Certificação das IPSS’s, os presentes na sessão esclareceram as suas dúvidas podendo os mesmos vir a aderir aos projectos, de modo a melhorarem as suas áreas organizacionais, com os Projectos que esta associação disponibiliza . Estas sessões que continuarão a decorrer em diversas localidades da região de Santarém, até ao final do presente ano de 2011, têm como objectivo apresentar as actividades em curso, bem como os projectos existentes de apoio ao tecido empresarial, para além de estudos que a Nersant está a realizar e que poderão ser de grande relevância para a tomada de decisão nas empresas, dos sectores estudados



publicado por Noticias do Ribatejo às 13:52
link do post | comentar | favorito

Sábado, 23 de Julho de 2011
OURÉM - Aluna de Ourém representa Portugal nas Olimpíadas da Biologia

Beatriz Madureira, aluna do 12º ano do Colégio de S. Miguel, arrecadou o primeiro lugar nas Olimpíadas Nacionais de Biologia e vai viajar até à Costa Rica para representar Portugal na competição iberoamericana que decorre de4 a9 de Setembro, e que reunirá os 60 melhores alunos de Biologia de 15 países.

A primeira classificada nas Olimpíadas Nacionais de Biologia, que decorreram esta quarta-feira no Pavilhão do Conhecimento Ciência-Viva, afirma estar “muito feliz” e pronta para lutar por um bom resultado. “Vou preparar-me e depois lá dou o meu melhor para representar correctamente o nosso país”, prometeu a aluna, que destacou ainda a viagem à Costa Rica como uma oportunidade de conhecer novas culturas e fazer novas amizades.

Com Beatriz Madureira vão viajar outros três alunos portugueses que obtiveram melhor classificação nas Olimpíadas Nacionais.

A competição envolve 15 países, colocando em disputa os 60 melhores alunos em Biologia – aqueles que obtiveram melhores resultados nas provas nacionais e que participaram nas Olimpíadas, realizadas este ano pela primeira vez.

De salientar que as Olimpíadas Nacionais da Biologia contaram com a participação de mais de quatro mil alunos de 170 escolas do país, incluindo dos Açores e da Madeira.



publicado por Noticias do Ribatejo às 17:04
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 17 de Junho de 2011
OURÉM - Compostagem doméstica no concelho de Ourém - continua o processo de implementação

Teve ontem lugar mais uma acção de formação sobre compostagem doméstica, desta feita na Junta de Freguesia de Fátima.

 

Nesta sessão, para além da reciclagem de conhecimentos sobre este processo serão entregues, gratuitamente, novos compostores.

Podem participar na iniciativa, os habitantes da freguesia de Fátima, mas também de todas as freguesias do concelho de Ourém.

 

O Projecto de Compostagem da Valorlis, contempla a distribuição de compostores  gratuitamente às famílias  que possuam um pequeno espaço exterior na sua habitação (jardim, quintal ou horta), residentes nos concelhos da Batalha, Leiria, Marinha Grande, Pombal, Porto de Mós e Ourém.

Esta iniciativa conta com a parceria das Juntas de Freguesia, disponibilizando aos participantes, um compostor doméstico, um manual de utilização e uma acção de formação gratuita sobre as boas práticas de Compostagem.

No concelho de Ourém já foram distribuídos 921 compostores domésticos (dados do inicio de 2011), distribuídos por todas as freguesias.

 

O que é a compostagem doméstica?

É um processo através do qual materiais exclusivamente orgânicos (restos alimentares, desperdícios de jardim, etc.) são transformados num composto fertilizante orgânico através da acção de diversos microorganismos, micróbios, fungos, pequenos animais e até algumas plantas. A compostagem é um processo simples, requerendo apenas um recipiente (contentor) e a acção do tempo. Desde que todos os cuidados – que serão transmitidos durante a formação - sejam seguidos, é um processo que não tem riscos para a saúde e necessitará de atenção mínima.

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 07:07
link do post | comentar | favorito

Sábado, 4 de Junho de 2011
Ourém continua na criação de Comissões Sociais de Freguesia
Por: Paulo Fonseca
 

Seguindo a linha de orientação de Excelência Social, definida pelo actual executivo, estão a decorrer nas freguesias do Município de Ourém, sessões de esclarecimento com vista à criação das Comissões Sociais de Freguesia, no âmbito da Rede Social.

 

O objectivo é aprofundar um novo tipo de parceria que assenta na concertação de acções de maior proximidade com os cidadãos, pretendendo-se combater a pobreza e a exclusão social, promover o desenvolvimento social e definir propostas de actuação.

O Vereador com o pelouro dos Assuntos Sociais, José Manuel Alho, juntamente com a Chefe de divisão Ana Alves, têm-se deslocado a cada freguesia para realizar estas sessões de esclarecimento juntos dos diversos parceiros apresentando o dossier, esclarecendo dúvidas e abrindo caminho para a implementação destas estruturas. Já se realizaram reuniões em Caxarias, Espite, Fátima, Matas, Nª Srª da Piedade, Olival, Urqueira e Atouguia.

Recorde-se que a constituição das Comissões Sociais de Freguesia (CSF) está prevista no DL nº 115/2006, de 14.06|.

São competências das CSF:

a) Aprovar o seu regulamento interno;

b) Sinalizar as situações mais graves de pobreza e exclusão social existentes na freguesia e definir propostas de actuação a partir dos seus recursos, mediante a participação de entidades representadas ou não na comissão;

c) Encaminhar para o respectivo CLAS os problemas que excedam a capacidade dos recursos da freguesia, propondo as soluções que tiverem por adequadas;

d) Promover mecanismos de rentabilização dos recursos existentes na freguesia;

e) Promover a articulação progressiva da intervenção social dos agentes da freguesia;

f) Promover acções de informação e outras iniciativas que visem uma melhor consciência colectiva dos problemas sociais;

g) Recolher a informação relativa aos problemas identificados no local e promover a participação da população e agentes da freguesia para que se procurem, conjuntamente, soluções para os problemas

h) Dinamizar a adesão de novos membros.

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 16:42
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 4 de Maio de 2011
OUREM -OURÉM: Sessão Pública do 1º Congresso Distrital PSD de Santarém

Realiza-se na próxima sexta-feira, dia 6 de Maio, pelas 21h, no Hotel Santa Maria , na cidade de Fátima, município de Ourém, ( http://www.hotelstmaria.com/seccion/3/pt/localizaçao ) mais uma Sessão Pública do 1º Congresso Distrital do PSD de Santarém que agora é dedicada ao tema “Crise Económica: Que oportunidades para os sectores de actividade que nos diferenciam?”.
 
Nesta sessão participam como oradores convidados:
 
·     João Duque (Professor Catedrático, Presidente do ISEG – Instituto Superior de Economia e Gestão, colaborador regular de vários jornais nacionais e da SIC-Notícias);
·     Manuel Faria (Economista, Vice-presidente da Entidade Regional de Turismo de Lisboa e Vale do Tejo);
 
Recordando os próximos eventos, remeto - em anexo - o conjunto das actividades ainda programadas para esta fase do 1º Congresso Distrital do PSD de Santarém a desenvolver em importantes áreas por todo o distrito de Santarém



publicado por Noticias do Ribatejo às 12:41
link do post | comentar | favorito

Sábado, 30 de Abril de 2011
OUREM - Câmara organiza Seminário sobre os 25 anos de integração Europeia
Dia 6 de Maio, às 14h00, tem início no auditório do edifício dos Paços do Concelho, um seminário subordinado ao tema "Portugal - 25 anos de adesão à União Europeia".

 

Uma organização conjunta do Município de Ourém e do Centro Europe Direct de Santarém.

 

 

Os interessados em participar deverão efectuar a sua inscrição através do número de telemóvel: 911 750 298.

 

 

Programa

 

 14h00 – 14h15: Recepção e credenciação dos participantes

14h15 – 14h30: Abertura

Paulo Fonseca - Presidente da Câmara Municipal de Ourém

Jorge Faria - Director da Escola Superior de Gestão de Santarém

14h30 – 15h45: Painel I

Um balanço de 25 anos de adesão de Portugal à União Europeia

Moderador: Luís Rainha – Docente na Escola Superior de Gestão de Santarém

Intervenientes:

Maria da Luz Rosinha - Presidente da Câmara Municipal de Vila Franca de Xira

Alfredo Marques – Presidente da CCDR Centro

Sérgio Ribeiro – Ex-Eurodeputado

Há 25 anos Portugal decidiu associar-se ao processo de construção Europeia, consolidando a sua democracia e instaurando uma nova economia de mercado. Essa opção permitiu traçar um caminho sem precedentes, de crescimento, estabilidade e prosperidade. Por outro lado, a nossa adesão permitiu à União Europeia, estender as suas relações ao Brasil, África e à comunidade lusófona.

Neste painel serão discutidas questões como:

- Que alterações ocorreram em Portugal após 25 anos de presença na UE?

- Foi o País capaz de responder aos desafios que se lhe foram colocando?

- Quais foram as principais vantagens da adesão à UE?

- Quais os principais contributos de Portugal para a construção Europeia?

Debate

15h45 – 16h00: Pausa para café

16h00 – 17h00: Painel II

Portugal na UE - Uma perspectiva sobre os próximos 25 anos

Moderador: Francisco Vieira - Director da Insignare

Intervenientes:

Margarida Marques – Chefe da Representação da Comissão Europeia em Portugal

Carlos Coelho – Eurodeputado

Portugal, à semelhança dos outros países da União Europeia, vê-se hoje confrontado com um desafio que marcará indubitavelmente os próximos 25 anos da sua história: a crise económica. A actual situação, representa um desafio, mas também constitui uma oportunidade para mudar e consolidar as reformas indispensáveis na adequação da União Europeia ao século XXI.

Neste painel haverá a oportunidade para debater temas como:

- Conseguirá Portugal nos próximos anos convergir com os restantes Estados-membros?

- Caminharemos para uma Europa mais económica ou uma Europa mais social e cultural?

- Até onde se alargará a União Europeia?

- Como se posicionará a União Europeia na cena mundial?

Debate

17h00 – 17h30: Sessão de Encerramento

Paulo Fonseca – Presidente da Câmara Municipal de Ourém

Jorge Faria – Director da Escola Superior de Gestão de Santarém



publicado por Noticias do Ribatejo às 20:35
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 13 de Abril de 2011
OUREM Agravamento da situação financeira leva oposição (PSD) a votar contra contas do executivo (PS)

Os vereadores do PSD votaram contra o relatório de gestão e a prestação de contas de 2010 da Câmara Municipal de Ourém, de maioria socialista, justificando o sentido de voto com o agravamento da situação financeira do município.

Na declaração de voto, apresentada na terça-feira, os autarcas sociais-democratas sustentam que as contas revelam um “grande agravamento” face a 2009, num período que “deveria ter sido de forte contenção”, que era o propósito deste executivo que anunciou como objetivo a “redução em 30 por cento nas despesas de funcionamento”.

Segundo o PSD, “o total de custos correntes subiu 24,37%” em 2010, o que significa um acréscimo na ordem dos cinco milhões de euros, considerando que algumas rubricas dos custos apresentam “valores inaceitáveis”.

Os vereadores exemplificam com o aumento das despesas em publicidade (662,93%), os custos com pessoal (39,23%) ou com deslocações e estadas (79,84%).

O PSD aponta, também, o aumento da despesa na rubrica de honorários (462,57%), e os custos com estudos e pareceres (mais 56%).

“As dívidas a terceiros a curto prazo sofreram um acréscimo de 31%, situando-se agora em valores próximos dos 10,6 milhões de euros, o que representa um acréscimo de 3,3 milhões de euros”, refere a declaração de voto, anotando que o valor da dívida municipal se situa em 37,7 milhões de euros, mais 5,6 por cento que em 2009.

Já na nota introdutória que acompanha os documentos relativos às contas de 2010, o presidente da câmara, Paulo Fonseca, sublinha uma “redução de custos reais”, sustentando que “o aumento dos valores da despesa centra-se na exploração das estações de tratamento de águas residuais, dos serviços de limpeza e resíduos sólidos, dos transportes escolares e do consumo da iluminação pública”.

“Ainda que se registe um aumento de custos com recursos humanos, estes resultam da transferência dos funcionários das escolas do Ministério da Educação para o município”, assinala o documento, lembrando que em 2009 “registou-se o apoio extraordinário do Estado” para a recuperação da dívida a fornecedores, o que em 2010 não ocorreu.

Reconhecendo “um passivo global com um ligeiro aumento”, resultado do pagamento da construção dos quatro centros escolares cujo financiamento comunitário ainda não chegou, o presidente do município destaca, por outro lado, a redução do passivo bancário no valor de 2,2 milhões de euros.

Paulo Fonseca refere ainda que as dívidas a terceiros incluem a aquisição de um terreno ou as indemnizações relativas a expropriações, ambas na sede do concelho, realçando, também, a regularização em 2010 de faturas não orçamentadas, no valor de meio milhão de euros, realçando “a herança económica que pesa na atual gestão camarária” do anterior executivo social-democrata.

Lusa



publicado por Noticias do Ribatejo às 13:58
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 7 de Março de 2011
Ourém recebe Nacional de Enduro

A terceira jornada do Campeonato Nacional de Enduro vai decorrer, no próximo fim-de-semana, em Ourém

 

Ourém recebe a caravana do Campeonato Nacional de Enduro (CNE) já no próximo fim-de-semana,12 e 13 de Março, terceira ronda da competição, que conta com a organização da Associação Natureza Acção.

A terceira ronda do CNE terá o seu inicio no dia 11 Março, sexta-feira, com as verificações administrativas e técnicas no Centro de Negócios de Ourém, em pleno coração da cidade, onde estará sediado o parque fechado, paddock. A partida no primeiro dia será às 12:00, enquanto no segundo será às 10:00.

A prova conta com um percurso de aproximadamente 50 quilómetros, típico de Enduro, com três especiais por volta: especial extreme em Ourém com cerca de 1 quilómetro com vários obstáculos difíceis de transpor, especial motocross no Carregal com 4,5 quilómetros a fazer jus ao seu nome, especial Enduro em Alburitel com 4 quilómetros com um serpenteado de curvas alternando zonas rápidas e lentas.

A noite de sábado irá trazer mais uma vez a espectacular super especial, localizada em Ourém mesmo junto ao Centro de Negócios, uma especial que promete grandes lutas entre pilotos, numa pista com vários obstáculos, pedras e troncos. Ourém promete assim um fim-de-semana de grande espectáculo, com muita animação e algumas novidades.

http://www.lusomotores.com/content/view/9422/49/



publicado por Noticias do Ribatejo às 14:20
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 1 de Março de 2011
OUREM - Carnaval: Mais de mil participantes inscritos


É já no próximo domingo que o Desfile de Carnaval regressa às ruas da cidade. Ourém vai encher-se de cor e alegria.

Para já, estão inscritos mais de mil figurantes que, a partir das 15h00 do dia 6 de Março, vão abrilhantar a tarde com máscaras, música, diversão e muita animação.

Este ano, e mantendo a tradição carnavalesca do Município de Ourém, foram convidadas a participarem neste evento associações, escolas, juntas de freguesia e instituições particulares de solidariedade social. No total, serão 15 grupos a desfilar pelas principais ruas da Ourém, acompanhados por 16 carros alegóricos.

A concentração destes foliões far-se-á junto ao Mercado Municipal, às 14h00, seguindo-se o cortejo, que a exemplo do que tem acontecido, é motivo de festa, e atrai muito público para a rua. Os oureenses estão, assim, convidados a festejarem mais um carnaval com alegria, cor, serpentinas, música e muita diversão.

 

Participantes inscritos e respectivos temas

Junta de Freguesia de Gondemaria: “Quem será o pai da Criança”

Jardim-de-infância de Ourém: “Por mares nunca antes navegados”

Associação de Pais de Vale do Porto: “A História da Branca de Neve”

Associação Cultural e Recreativa de Urqueira: “Tasca Típica”

Centro Recreativo e Convívio das Louças: “Os Palhaços”

Associação Cultural e Recreativa de Vale do Peso: “Alibábá e os 50 do Vale do Peso”

Centro Cultural e Recreativo de Pêras Ruivas: “Aldeias dos Estrunfes”

Sociedade Filarmónica Oureense: “Dança do Dragão”

Jardim Infantil de Ourém: “Nós e o Universo”

Casa do Povo de Fátima: “O exame do povo”

Centro Social das Matas: “Artista Plástico”

APAJE Fátima: “História do Capuchinho Vermelho”

Jardim Infantil da Freixianda: “Asterix e Obelix – Missão Cleópatra”

Associação Social e Cultural de Fontainhas: “O Mundo do Aladino”

http://www.noticiasdefatima.pt/portal/index.php?id=4845



publicado por Noticias do Ribatejo às 17:54
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 11 de Fevereiro de 2011
Câmara reduz subsídios às colectividades

A Câmara Municipal de Ourém reduziu os subsídios referentes ao ano de 2010 às associações do concelho. Esta redução, de 20%, resulta da actual conjuntura, referiu o presidente da autarquia, na última reunião. Paulo Fonseca começou por explicar que “os subsídios às colectividades têm sido liquidados e decididos, desde há muitos anos, com um ano de atraso”. Foi por isso, explicou, “que a lista de apoios decididos em Maio passado eram referentes a 2009”. Na altura, “foi anunciado que era propósito do actual executivo, e na medida das possibilidades de tesouraria, recuperar esse ano de tradicional atraso e retomar um pagamento regular, liquidado e decidido no próprio ano civil a que se referem”, lembrou. E acrescentou: “É por isso que se propõe a atribuição de subsídios referentes a 2010, objectivando uma recuperação de tempo de pagamento, mas ainda disforme do propósito da regularização”.

 Por outro lado, referiu que a situação financeira do Município, bem como a crise que vivemos por toda a Europa “levaram à aprovação de uma contenção de despesa em sede de orçamento Municipal, propondo uma redução de investimento desta natureza, para o ano de 2010 nos instrumentos previsionais aprovados pelos órgãos competentes”. E lembrou que “estes documentos foram aprovados por larguíssima maioria na Assembleia Municipal”.

 Nesse sentido, explicou ainda, “era suposto que a proposta de apoios globais às colectividades, no qual se incluem os subsídios, para 2010 contivesse uma redução global de 20% conforme previsto naqueles documentos previsionais. Contudo, houve um conjunto de colectividades que, não só não apresentaram em 2010 a documentação necessária como nem levantaram os respectivos montantes atribuídos”. Perante isto, o actual executivo tomou “a decisão de atribuir subsídios às colectividades para o ano de 2010 levando em consideração o rateio dos montantes não liquidados bem como os pagamentos antecipados por conta desta lista global”.

Por outro lado, lembrou que “foi aprovado um novo Regulamento, já discutido publicamente e aprovado pelos órgãos, tal como havia sido prometido, o qual vigorará no tempo referente ao ano de 2011 e cuja filosofia de opções contém, com clareza, uma discriminação positiva em favor das colectividades que apresentam formação e dimensão competitiva”. Explicou ainda que decorre em paralelo o período de candidaturas aos subsídios do Município, para o ano de 2011, “sem qualquer relação” com a lista de apoios aprovada na última reunião do executivo. E deixou claro que durante este ano de 2011 e a ele referente, “haverá nova decisão sobre atribuição de subsídios às colectividades ao abrigo do novo Regulamento”. Mas salvaguardou: “Tal não significa que consigamos liquidar a sua totalidade durante o ano civil”.

Ainda sobre os subsídios de 2010, referimos que serão pagos em duas tranches, sendo a primeira em Abril e a segunda em Junho. Os subsídios, cujo valor é inferior ou igual a 500 euros, serão pagos na sua totalidade em Abril.

«Noticias de Fátima»



publicado por Noticias do Ribatejo às 15:50
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 8 de Fevereiro de 2011
OUREM - DETIDOS POR FURTO

Em 07 de Fevereiro de 2011 cerca da 21H30, nos arredores do Santuário de Fátima, foram detidos por militares do Posto Territorial de Fátima, dois indivíduos, um de nacionalidade portuguesa de 25 anos de idade e outro de nacionalidade angolana de 23 anos de idade por furto em interior de estabelecimento comercial, sito na localidade de Moita Redonda – Fátima.

Das diligências efectuadas foi possível recuperar a totalidade dos artigos furtados (02  garrafas de whisky e 01 plasma).

Foram ainda identificados dois indivíduos de nacionalidade portuguesa, de 19 e 22 anos de idade.

Os detidos foram presentes ao Tribunal Judicial de Ourém.



publicado por Noticias do Ribatejo às 18:16
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 17 de Janeiro de 2011
OUREM - “DETIDOS POR ROUBO ”

Dois homens com 40 e 60 anos de idade foram, ao início da tarde de hoje, detidos na localidade de Galega - Ourém, por militares do Posto Territorial de Ourém, por suspeita de roubo.

Os Indivíduos foram detidos na sequência de um roubo ocorrido cerca das 13H30 horas na localidade de Caxarias – Ourém, onde os mesmos após burlarem uma cidadã idosa acabaram por lhe roubar €600 euros em dinheiro tendo de seguida agredido a mesma.

Foi possível recuperar a totalidade do dinheiro roubado.



publicado por Noticias do Ribatejo às 16:37
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 22 de Dezembro de 2010
Ourém: PSD realizou uma conferência de imprensa para balanço do ano Partilhar1

O PSD de Ourém realizou uma conferência de imprensa para fazer um balanço do ano de 2010. Ao longo do ano que agora termina a Comissão Política do PSD Ourém tem-se pautado por uma postura de responsabilidade política e de sentido cívico. Queremos o melhor para o nosso concelho, para todos os oureenses, e por isso temos vindo a preparar o futuro, com novos projectos, com outras políticas e novas formas de as implementar, envolvendo todos os seus eleitos nos diversos órgãos autárquicos. No entanto, não podemos deixar de manifestar publicamente o nosso desagrado pela maneira incorrecta com que, já por diversas vezes, o Presidente do executivo tem tratado os autarcas do PSD, tendo o episódio mais recente ocorrido em plena sessão camarária, no dia 14 de Dezembro. Nessa reunião, no decorrer dos trabalhos, o senhor Presidente da Câmara Municipal, Paulo Fonseca, dirigiu-se publicamente a um dos Vereadores do PSD em termos insultuosos e inaceitáveis em democracia. Registamos que, com o avançar do tempo, é cada vez mais evidente que o executivo socialista convive muito mal com as criticas e sugestões que lhe são apresentadas legitimamente pelos nossos autarcas, que merecem ser tratados com respeito e educação. Não pode pois a Comissão Política do PSD Ourém deixar de apresentar publicamente a sua total solidariedade para com os Vereadores do PSD frisando, no entanto, que já não se trata de um caso isolado, pois também na Assembleia Municipal, o Sr. Presidente da Câmara dirigiu-se igualmente, em termos muito pouco correctos ao Vereador Vítor Frazão e ao líder da nossa bancada, João Moura, atropelando assim os mais elementares procedimentos de conduta democrática e cívica. Estes actos não dignificam quem os pratica nem contribuem para dignificar o salutar e desejável debate político no concelho. Finalmente, lamentamos que só agora tenha sido apresentado o contraditório efectuado pelos serviços técnicos da Câmara à auditoria (depois de muita insistência dos Vereadores do PSD), onde ficou mais uma vez amplamente demonstrado que o tão propagandeado endividamento não passa afinal os 37 milhões de euros, como já afirmamos no passado. Acabado que está o “estado de graça” do executivo camarário do Partido Socialista, manifestamos que já é altura de começarem, finalmente, a cumprir as inúmeras promessas eleitorais que efectuaram ao povo do concelho de Ourém.

«RCT»



publicado por Noticias do Ribatejo às 12:53
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 29 de Novembro de 2010
OUREM - A Comunicação nos Municípios Portugueses

No passado dia 23 de Novembro realizou-se no Salão Nobre do Centro de Negócios da Cidade de Ourém o Seminário Comunicação Pública e Networking Autárquico.

 

Não é novidade afirmar que a internet revolucionou a forma como comunicamos.

A partilha e pesquisa de informação são cada vez mais exigentes e à velocidade de milésimos de segundo sabemos o que se passa no outro lado do mundo.

Um dos actuais fenómenos foi o facto de assistirmos ao aparecimento de repórteres e comentadores nas redes sociais e se o mundo não estiver atento ao que dizem, os “amigos”, fazem o favor de passar a mensagem e desta forma “alastrar” imagens, opiniões e comentários.

Durante o seminário Comunicação Pública e Networking Autárquico, foram debatidas as oportunidades e desafios dos Municípios, na vertente de comunicação, tendo sido inclusive, no decorrer do mesmo, apresentado o resultado do Estudo “A Comunicação nos Municípios Portugueses” que revelou que na amostra analisada 100% dos Municípios possui página da Internet, que 97% continua a investir em publicidade nos Jornais Locais e que 96% dos municípios já está presente no Facebook.

O Seminário teve uma forte participação com 25 municípios representados e com a presença de oradores de referência na área do Vinho, nomeadamente João Geirinhas, André Ribeirinho e Maria João de Almeida.

O acolhimento foi da responsabilidade do Município de Ourém que no final presenteou os participantes com uma prova de Vinho Medieval de Ourém e algumas iguarias locais.



publicado por Noticias do Ribatejo às 17:57
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 24 de Novembro de 2010
OURÉM - Deputados PSD por Santarém questionam Ministra Educação sobre ensino particular e cooperativo (em Fátima)

 

 

Na sequência da visita e reunião de trabalho que os Deputados eleitos pelo PSD no distrito de Santarém efectuaram, na passada sexta-feira, aos estabelecimentos de ensino particular e cooperativo da cidade de Fátima, no concelho de Ourém, foi hoje apresentado um conjunto de perguntas à Ministra da Educação na Assembleia da República (em anexo).

 

Em causa estão as alterações propostas pelo Governo em Conselho de Ministros visando alterar o Dec - Lei 553/80. Esta nova legislação tem grandes implicações no que respeita às escolas privadas, sendo o caso da cidade de Fátima um dos mais emblemáticos no distrito de Santarém, quanto à falta de alternativas de ensino e pela penalização que os estabelecimentos podem vir a sofrer.

 

 

 

 

 

 

 

Requerimento apresentado

 

 Destinatário: Ministra da Educação

 

Ex.mo Senhor Presidente da Assembleia da República

 

Os 3 estabelecimentos de ensino dito “privado” na freguesia de Fátima, no Município de Ourém, integram a rede de ensino público na modalidade de contrato de associação, atendendo a que desde há dezenas de anos, o Estado nunca exerceu qualquer tipo de acção no sentido de prestar serviço de educação aos cidadãos desta freguesia, tendo-se desenvolvido os referidos contratos de associação de modo a que a educação pudesse ser prestada a todos os seus habitantes.

A título de exemplo, o Colégio de São Miguel celebrou o seu primeiro contrato de associação com o Ministério da Educação, em 1972, então dirigido pelo Eng. Veiga Simão.

Estes estabelecimentos prestam gratuitamente o acolhimento e a promoção do ensino, bem como a integração e o desenvolvimento local, a todo o tipo de alunos, independentemente da sua origem ou estrato social, recebendo inclusivamente inúmeros alunos institucionalizados, com os quais tem sido feito um trabalho notável, de integração, de desenvolvimento e de sucesso escolar.

O grau de eficácia escolar nestes estabelecimentos de ensino é equivalente a dados de países muito bem sucedidos nesta área, como a Finlândia, com - por exemplo - taxas de transição entre os 98% e os 100%, números de competitividade que estão ao nível do que melhor se concretiza nas escolas de Portugal.

Esta oferta educativa é única na freguesia de Fátima. Não há qualquer outro estabelecimento ou oferta “pública”. Aliás, o Estado, através do Ministério da Educação, sempre reconheceu esta solução bem sucedida.

Estes contratos de educação existem há muitos anos. Eles têm suporte legal, nas últimas décadas, ao abrigo do diploma 553/80, que agora o Governo se propõe a extinguir, com um novo modelo de contrato.

De acordo com aquilo que já foi tornado público, este suporte legal vai sofrer alterações de acordo com o despacho da reunião de Conselho de Ministros de 4 de Novembro sobre a matéria. Os pormenores e a concretização não são ainda conhecidas, tendo apenas sido anunciado o corte cego de verbas, na ordem dos 30% por turma de alunos nestas escolas.

Financeiramente a verificar-se esta situação, ela afigura-se insustentável para as escolas de Fátima, estando em causa educação de 2800 alunos, oriundos da freguesia bem como do concelho de Ourém e limítrofes, bem como a sobrevivência de muitos postos de trabalho directa e indirectamente relacionados com esta actividade educativa.

Muito dinheiro se tem gasto em muitas opções questionáveis ao nível da educação pública, por exemplo em obras de complexos escolares de eficácia muito duvidosa, em planos mais ou menos tecnológicos e demais medidas que têm consumido milhares de recursos aos contribuintes, sem que o devido retorno de eficácia e eficiência - neste caso o sucesso escolar - tenha sido comprovado.

Nestas escolas de ensino cooperativo os resultados estão à vista nos rankings distritais e nacionais. Os seus resultados são regularmente muito positivos no contexto nacional.

Isto com um suporte financeiro também muito diferenciado daquilo que é disponibilizado nas escolas ditas “públicas”. Além de melhor, fazem também mais barato, assegurando a todos um ensino gratuito.

Sucede até que os próprios responsáveis destes estabelecimentos de ensino estão disponíveis para demonstrar onde é possível ganhar eficiência e assumir compromissos no combate ao desperdício e á inutilidade. A sua experiência, de décadas, como entidades não lucrativas neste segmento, é certamente um excelente contributo para a racionalização da gestão e das opções que têm sido dominantes.

Na sequência de uma reunião de trabalho muito recente com os signatários e de acordo com os dados que nos foram disponibilizados, é possível fazer um exercício de contas sobre esta realidade.

São contas que o Ministério da Educação parece não querer ou não saber fazer:

Segundo os dados disponibilizados pela OCDE, cada aluno tem um custo nas escolas públicas de € 5200. Refere o Ministério da Educação que a partir de Setembro de 2011 (contas de previsão para o Orçamento de Estado) esse valor passará a ser de € 3750, valor este que não inclui os encargos sociais devidos pela entidade patronal, nem o investimento na construção, ampliação e beneficiação de escolas.

Acontece que cada aluno em contrato de associação custa ao Estado em média € 4200!

Aos valores que são recebidos por estas escolas (a entidade patronal), ainda são entregues 15% à CGA e 10% à Segurança Social, no caso dos professores, e 23,75% relativo aos restantes funcionários. Atendendo a que dos € 4200 recebidos, cerca de 87% são para pagamentos com pessoal, facilmente se percebe que € 875 (4200 x 87% x 23,75%) são de imediato devolvidos ao Estado, pelo que a contrapartida real devida por aluno é de € 3 325.

Assim, mesmo que o Ministério da Educação reduza o custo/aluno para € 3 750, se a este valor forem acrescentados os correspondentes encargos sociais, temos um valor total de € 4525 por aluno!

Ou seja, as escolas com contrato de Associação continuam a poupar dinheiro ao Estado, e em suma aos contribuintes!

Mas façamos também as contas ao valor gasto por turma:

Actualmente a média do valor recebido pelas escolas com contrato de associação é de € 114 000, correspondendo em média a turmas com 27 alunos.

O que o Ministério da Educação propõe é que o valor por turma - no presente ano lectivo (que já decorre!!) - seja de € 86 000!

Com retroactividade a Setembro deste ano, a medida afigura-se-nos tomada de má fé e atentatória á credibilidade, imagem e papel do Estado português.

O corte que agora está a ser proposto representa cerca de 30% àquilo que até aqui o Estado tinha assumido como compromisso de honra, quando para as suas próprias escolas apenas representa uma previsão de 11%! (nem valerá a pena lembrar aquilo que têm sido as previsões do Governo em matéria de previsões de despesa…)

Esta medida cega e injusta apenas conduzirá ao encerramento contabilístico do ano lectivo destes estabelecimentos com muitos milhares de euros de prejuízo, e constitui-se como um atentado á sua sobrevivência em anos futuros!

No caso particular de Fátima, prevê-se um prejuízo na ordem dos € 2 834 000 para o conjunto dos 3 colégios, a manter-se a proposta do Ministério da Educação.

Para além dos 2800 alunos, estão em causa muitos postos de trabalho directos e indirectos do concelho de Ourém, sendo particularmente gravoso para a freguesia atendendo a que não há qualquer oferta pública educativa na freguesia, bem assim qualquer outra que seja viável para o acolhimento destas crianças.

É o Estado a contribuir para empobrecer o país em vez de o estar a desenvolver, porque a co-existência de escola pública com escola privada é possível e é saudável e, além do mais, traduz-se de forma clara numa poupança aos cofres públicos!

Não é sério, nem ético acabar assim com um projecto educativo de muitos anos nesta freguesia, cujos resultados estão à vista como um modelo de gestão financeira rigorosa e racional e de integração e sucesso escolar de todos os que nela fazem os seus estudos.

Julgamos assim que esta medida não passou de um ataque feroz ao modelo privado de organização da escola, em detrimento de uma escola dita pública, mas que todos faz pagar sem a ninguém beneficiar com os níveis de sucesso escolar que seriam desejados.

O Estado assume assim uma atitude monopolista, ao colocar em causa a existência destes estabelecimentos pelos cortes drásticos que inviabilizam a sua existência, bem como a negação às famílias ao direito de escolha no que toca à educação dos seus filhos. A ser assim, estamos perante um complexo ideológico e não uma verdadeira opção de eficácia e racionalidade ou contenção em tempos de crise, porque como demonstrado, assim não acontece.

 

Os Deputados do PSD, eleitos pelo distrito de Santarém, ao abrigo das disposições constitucionais e regimentais aplicáveis, vêm por este meio solicitar esclarecimentos à Senhora Ministro da Educação, por intermédio de Vossa Excelência, nos termos e fundamentos apresentados, o seguinte:

 

1 – O que motiva os cortes cegos de 30% a este tipo de estabelecimentos, como acima dissemos, se eles se têm revelado mais vantajosos aos cofres do Estado? E nesse sentido, porque não acontece o mesmo com as escolas do próprio Ministério, sendo o corte de apenas 11%?

2 – Porque pretende o Ministério retroagir a medida a Setembro de 2010 quando o ano lectivo já se encontra a decorrer, com o planeamento feito para um cenário muito distante daquele que agora esta medida acarreta, mudando completamente as regras a meio do jogo? Justifica-se esta atitude séria, ética e responsável por parte do Estado?

3 – Qual é a política educativa do Governo face à existência de ensino particular integrado na rede pública? De que forma pretende o Estado assumir os compromissos de educação com as famílias destes alunos, caso as 93 instituições no contexto nacional deixem de ter condições económicas para sobreviver?

4 – No caso particular de Fátima, atendendo a que não existe qualquer outra oferta educativa, que se propõe o Ministério da Educação fazer? Que contrato espera o Ministério negociar com estes 3 estabelecimentos de ensino para que possam continuar a leccionar nos mesmos moldes, atendendo ao bom desempenho obtido até ao momento?

5- Finalmente, assume o Ministério o fecho/encerramento destas 3 escolas em Fátima com os prejuízos gravíssimos daí decorrentes para as famílias, as instituições, a cidade e o concelho?

Palácio de São Bento, 22 de Novembro de 2010.

      Os Deputados:



publicado por Noticias do Ribatejo às 07:56
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 23 de Novembro de 2010
OUREM - Menos lixo melhor ambiente

Encontra-se ao dispor dos Munícipes Oureenses, em particular dos grandes produtores de papel, cartão e plásticos (estabelecimentos comerciais, industriais e de restauração), um auto-compactador na Estação de Transferência da Gondemaria situada em Areias, freguesia de Gondemaria, gerida pela Valorlis, e outro no Estaleiro Municipal situado na localidade de Pinheiro freguesia de N.ª Sr.ª da Piedade gerido pela Câmara Municipal de Ourém. O Município de Ourém pretende reduzir a quantidade de material reciclável que é colocado todos os dias, inadvertidamente, no contentor de resíduos sólidos urbanos indiferenciados e foras das ilhas ecológicas e ecopontos. A concretização desta medida permitirá não só reduzir os encargos com a recolha, transporte e tratamento dos resíduos que podem ser reciclados mas também optimizar os diferentes fluxos e melhorar a imagem do concelho no que respeita à limpeza urbana.

Por: Paulo Fonseca



publicado por Noticias do Ribatejo às 10:21
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 17 de Novembro de 2010
ourem - Câmara de Ourém alerta para reconversão dos empreendimentos turísticos

Por: Paulo Fonseca

 

Até 31 de Dezembro de 2010 todos os empreendimentos turísticos deverão estar de acordo com o novo Regime Jurídico dos Empreendimentos Turísticos. 

 

Os empreendimentos detentores de classificação extinta pela actual legislação (estalagens, motéis, pensões, etc.) deverão reconverter-se nalguma tipologia existente (hotel ou alojamento local) devendo também os hotéis já existentes demonstrar ao Turismo de Portugal que cumprem os requisitos da categoria que detêm, mesmo que pretendam manter a sua classificação e categoria. Desta forma, todos os empreendimentos turísticos, detentores de uma tipologia extinta ou não, deverão desenvolver um pedido de reconversão (no caso de tipologias extintas) ou de revisão (no caso da manutenção ou revisão de tipologia). 

 

A reclassificação é obrigatória, estando já previstas um conjunto de contra-ordenações que, podem variar entre os 100 e os 44.891 euros, a aplicar aos não cumpridores. 

 

A nova lei implica que os empreendimentos turísticos tenham de estar integrados numa das seguintes tipologias: Estabelecimentos Hoteleiros; Aldeamentos Turísticos; Apartamentos Turísticos; Conjuntos Turísticos; Empreendimentos de Turismo de Habitação; Empreendimentos de Turismo no Espaço Rural; Parque de Campismo e Caravanismo; Empreendimentos de Turismo Natureza. 



publicado por Noticias do Ribatejo às 22:44
link do post | comentar | favorito

pesquisar
 
Outubro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
12

19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


posts recentes

OURÉM: Exposição de Artes...

NERSANT

ANTÓNIO GAMEIRO RECEBE AP...

OURÉM: Paulo Fonseca cong...

OURÉM: Conservatório de M...

OURÉM: Voto de Congratula...

OURÉM: “DUAS DETENÇÕES PO...

OURÉM: Conservatório de O...

OURÉM: Acordo de Cooperaç...

OURÉM: PS escolhe Ourém p...

OURÉM: Conservatório de M...

OURÉM: Núcleo NERSANT de ...

Ourém nomeada “melhor aut...

OURÉM: Conservatório de M...

OURÉM: Para ver até 28 de...

OURÉM: Museu Municipal

OURÉM: várias equipas do ...

OURÉM: Museu da Assemblei...

OURÉM: Livros

OURÉM: 3ª CORRIDA E CAMIN...

OURÉM: 4ª Exposição de Mo...

OURÉM: Agricultura

OURÉM: Histórias da Terra

OURÉM: Jornadas da Mecâni...

OURÉM: Câmara lança novo...

OURÉM: Quintas com música...

OURÉM: Estrutura Residenc...

“OurémAgenda” na rua a pa...

OURÉM: Decorreu esta manh...

OURÉM: Seminário: Socorro...

arquivos

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

tags

todas as tags

subscrever feeds