NOTICIAS DO RIBATEJO EM SUMARIO E ACTUALIZADAS PERIODICAMENTE - "A Imparcialidade Na Noticia" - UMA REFERÊNCIA NA INFORMAÇÃO REGIONAL -

Quarta-feira, 6 de Janeiro de 2010
Abrantes-Preside ao Conselho da Comunidade de ACES - Agrupamento de Centros de Saúde do Zêzere


 

Abrantes<br>Preside ao Conselho da Comunidade de ACES - Agrupamento de Centros de Saúde do ZêzereA Presidente da Câmara de Abrantes foi indicada para presidir ao Conselho da Comunidade do ACES - Agrupamento de Centros de Saúde do Zêzere. O nome de Maria do Céu Albuquerque foi indicado pelos presidentes das Câmaras que integram este órgão.

O conselho da comunidade é um órgão constituído por 14 personalidades representantes do poder local, administração regional e da sociedade civil. Entre outras competências, cabe a este conselho alertar o director executivo do agrupamento para factos reveladores de deficiências graves na prestação de cuidados de saúde assim como propor acções de educação e promoção da saúde e de combate à doença a realizar em parceria com os municípios e demais instituições.
Para a presidente da Câmara, Maria do Céu Albuquerque, este órgão assume um papel determinante para “podermos trabalhar nas matérias que dizem respeito a todos os munícipes que estão envolvidos, fazendo face às carências que hoje todos sentimos, nomeadamente na questão da falta de médicos de família”. A autarca de Abrantes assumiu já o compromisso com os seus pares para a realização de reuniões periódicas para que, legitimamente, possa “reivindicar” junto da administração o “melhor para as nossas comunidades em matérias de saúde familiar”.
O Agrupamento do Zêzere tem sede em Constância e agrega os Centros de Saúde de Abrantes, Constância, Ferreira do Zêzere, Sardoal, Tomar e Vila Nova da Barquinha.



publicado por Noticias do Ribatejo às 15:55
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 10 de Dezembro de 2009
GRIPE A - Número de aparecimento de casos está em curva descendente

 

À semelhança do que acontece um pouco por todo o mundo, também no Agrupamento de Centros de Saúde do Zêzere já se entrou numa curva descendente no que diz respeito ao aparecimento de novos casos de Gripe A. Desta forma, dentro das unidades de Tomar, Abrantes, Constância, Sardoal, Ferreira do Zêzere e Vila Nova da Barquinha, estão confirmados 553 casos, mais 73 do que em relação à última contabilidade, que é feita semanalmente.

 

 

De referir que, já nesta quarta-feira, o Colégio da Especialidade de Ginecologia e Obstetrícia da Ordem dos Médicos decidiu apoiar as medidas implementadas pela Direcção Geral de Saúde a propósito da vacinação contra a Gripe A. Ou seja, a prática da vacina é aconselhada a todas as grávidas, pois não existem dados científicos que permitam concluir qualquer efeito negativo desse acto. Entretanto, duas das últimas vítimas mortais da Gripe A estavam internadas no Hospital Distrital de Santarém desde, sensivelmente, o início do mês de Novembro. Aliás, foram estes os primeiros registos mortais naquela unidade da capital do distrito. Tratavam-se de duas mulheres, com 52 e 40 anos, e que faleceram devido à associação do vírus H1N1 com outras patologias, nomeadamente diabetes e hepatite B. A senhora de 40 anos era natural de Cabo Verde e, actualmente, residia sozinha em Almeirim, enquanto a mais velha era residente no concelho do Cartaxo.

http://www.radiohertz.pt/?

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 09:51
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 25 de Novembro de 2009
TOMAR - PSP chamada para acalmar os ânimos na Unidade de Saúde de Marmelais

 

A confusão instalou-se, nesta terça-feira, na Unidade de Saúde de Marmelais, quando uma utente, com Gripe A confirmada, pretendia ser atendida pelos médicos de serviço. Segundo informações recolhidas no local, os funcionários do espaço avisaram a paciente de que não podia estar nas instalações daquela unidade, uma vez que eram elevados os riscos de contágio dos outros utentes.

 

 

Aliás, situações do tipo podem considerar-se como crime público, punível com pena de prisão, caso se prove, como é óbvio, que se trata de tentativa de contágio deliberada. Por isso mesmo, a Polícia de Segurança Pública foi chamada ao local para acalmar os ânimos, o que aconteceu desde logo, segundo nos confirmou, há poucos instantes, fonte da PSP.

Tomar regista 42 casos de Gripe A

Entretanto, estão actualizados os dados referentes à Gripe A no que diz respeito ao Agrupamento de Saúde do Zêzere. No concelho de Tomar, estão confirmados 42 casos. Em Abrantes, por sua vez, estão contabilizados 90, seguindo-se Vila Nova da Barquinha com 88. Ferreira do Zêzere regista 35, em Constância são 9 os casos confirmados enquanto, no Sardoal, são apenas 6. De todos estes, 66 por cento correspondem a pessoas com menos de 20 anos, ou seja, crianças e adolescentes em idade escolar.

http://www.radiohertz.pt/?

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 10:17
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 18 de Novembro de 2009
SANTARÉM - W Shopping lança concurso de Natal

 

O W Shopping, centro comercial gerido pela Multi Mall Management, lançou o concurso de Natal: «Mistério no W Shopping». O concurso, no qual os visitantes do W Shopping se podem habilitar a ganhar um prémio no valor de cinco mil euros em compras, já começou no dia 14 de Novembro. Para vencer o prémio, terão de conseguir decifrar até ao próximo dia 5 de Janeiro de 2010, o «Mistério do W Shopping».

 

 

As compras no valor de 15 euros e múltiplos transformam-se em participações. A cada participação é fornecida uma pista. Quantas mais vezes participarem, mais possibilidades os participantes terão de ser o grande vencedor do concurso «Mistério do W Shopping». No decorrer do concurso serão dadas algumas pistas aos participantes que poderão ajudá-los a desvendar o misterioso enigma. As pistas vão estar espalhadas pelo W Shopping, vão estar disponíveis em jornais locais e no Facebook em «W Mistério de Natal». Sozinho ou com a ajuda da família, siga as pistas e divirta-se a desvendar o grande Mistério do W Shopping. O importante é dedicar atenção TOTAL aos mínimos detalhes de cada pista. Quer uma pista? O W vai ser o Centro de toda a acção. Para obter mais informações acerca deste concurso de Natal «Mistério no W Shopping», dirija-se ao Balcão de Informações do W Shopping.

http://www.radiohertz.pt/

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 16:00
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 10 de Novembro de 2009
Os intocáveis

O processo Face Oculta deu-me, finalmente, resposta à pergunta que fiz ao ministro da Presidência Pedro Silva Pereira – se no sector do Estado que lhe estava confiado havia ambiente para trocas de favores por dinheiro. Pedro Silva Pereira respondeu-me na altura que a minha pergunta era insultuosa.

 

Agora, o despacho judicial que descreve a rede de corrupção que abrange o mundo da sucata, executivos da alta finança e agentes do Estado, responde-me ao que Silva Pereira fugiu: Que sim. Havia esse ambiente. E diz mais. Diz que continua a haver. A brilhante investigação do Ministério Público e da Polícia Judiciária de Aveiro revela um universo de roubalheira demasiado gritante para ser encoberto por segredos de justiça.

O país tem de saber de tudo porque por cada sucateiro que dá um Mercedes topo de gama a um agente do Estado há 50 famílias desempregadas. É dinheiro público que paga concursos viciados, subornos e sinecuras. Com a lentidão da Justiça e a panóplia de artifícios dilatórios à disposição dos advogados, os silêncios dão aos criminosos tempo. Tempo para que os delitos caíam no esquecimento e a prática de crimes na habituação. Foi para isso que o primeiro-ministro contribuiu quando, questionado sobre a Face Oculta, respondeu: "O Senhor jornalista devia saber que eu não comento processos judiciais em curso (…)". O "Senhor jornalista" provavelmente já sabia, mas se calhar julgava que Sócrates tinha mudado neste mandato. Armando Vara é seu camarada de partido, seu amigo, foi seu colega de governo e seu companheiro de carteira nessa escola de saber que era a Universidade Independente. Licenciaram-se os dois nas ciências lá disponíveis quase na mesma altura. Mas sobretudo, Vara geria (de facto ainda gere) milhões em dinheiros públicos. Por esses, Sócrates tem de responder. Tal como tem de responder pelos valores do património nacional que lhe foram e ainda estão confiados e que à força de milhões de libras esterlinas podem ter sido lesados no Freeport.

Face ao que (felizmente) já se sabe sobre as redes de corrupção em Portugal, um chefe de Governo não se pode refugiar no "no comment" a que a Justiça supostamente o obriga, porque a Justiça não o obriga a nada disso. Pelo contrário. Exige-lhe que fale. Que diga que estas práticas não podem ser toleradas e que dê conta do que está a fazer para lhes pôr um fim. Declarações idênticas de não-comentário têm sido produzidas pelo presidente Cavaco Silva sobre o Freeport, sobre Lopes da Mota, sobre o BPN, sobre a SLN, sobre Dias Loureiro, sobre Oliveira Costa e tudo o mais que tem lançado dúvidas sobre a lisura da nossa vida pública. Estes silêncios que variam entre o ameaçador, o irónico e o cínico, estão a dar ao país uma mensagem clara: os agentes do Estado protegem-se uns aos outros com silêncios cúmplices sempre que um deles é apanhado com as calças na mão (ou sem elas) violando crianças da Casa Pia, roubando carris para vender na sucata, viabilizando centros comerciais em cima de reservas naturais, comprando habilitações para preencher os vazios humanísticos que a aculturação deixou em aberto ou aceitando acções não cotadas de uma qualquer obscuridade empresarial que rendem 147,5% ao ano.

Lida cá fora a mensagem traduz-se na simplicidade brutal do mais interiorizado conceito em Portugal:

Nos grandes ninguém toca.

In: Jornal de Notícias - 02-11-2009

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 18:52
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 9 de Novembro de 2009
Câmaras mais dependentes do imobiliário na Grande Lisboa
As câmaras da Grande Lisboa dependem mais dos impostos directos e dos ligados ao imobiliário, liderados pelo concelho de Cascais. Esta é uma das conclusões de um estudo sobre a execução orçamental dos 51 municípios da região de Lisboa e Vale do Tejo.

O estudo Câmaras da Região de Lisboa e Vale do Tejo-Análise Financeira da Execução Orçamental 2006/2007, realizado no âmbito da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDR) de Lisboa e Vale do Tejo, foi coordenado por Carlos Santos Sousa e Carla Gonçalves. No documento admite-se que uma avaliação de dois anos é "insuficiente para se projectar uma tendência de evolução", mas sublinha-se que o poder local tem sofrido "importantes mudanças", com um significativo aumento das verbas movimentadas, especialmente fruto das suas novas atribuições e competências.

O estudo divide os 51 municípios da região em cinco zonas principais - Grande Lisboa (oito concelhos do Norte da área metropolitana), Península de Setúbal (nove municípios da AML), Lezíria do Tejo, Médio Tejo e Oeste -, com desigualdades demográfica e económico-social, mas sujeitas a uma polarização metropolitana.

Em 2006, estas 51 câmaras geraram uma receita total de 2303 milhões de euros, valor que subiu cinco por cento no ano seguinte, enquanto as despesas aumentaram dois por cento. O decréscimo proporcional no investimento está relacionado com a diminuição de fundos comunitários.

Os autores do estudo, concluído no passado Verão, avaliaram o peso das receitas ligadas ao imobiliário nos orçamentos municipais. E os resultados não fugiram muito ao esperado, mas salientam que esta é, porventura, a fonte de receita "mais exposta às oscilações conjunturais da economia". Classificando como imobiliário as verbas de IMI e de IMT e as taxas de loteamentos e obras, o documento conclui que os municípios da Grande Lisboa são claramente mais dependentes destes recursos. Quatro deles - Cascais (62 por cento), Loures, Sesimbra e Odivelas - têm mesmo mais de metade das suas receitas de 2007 nesta origem. No plano oposto, o Sardoal não vai além dos seis por cento, seguido por Vila Nova da Barquinha e Chamusca, com oito. A Grande Lisboa dependia no exercício de 2007 em 46 por cento das receitas do imobiliário, seguida pela Península de Setúbal, com 45 por cento, o Oeste com 33 por cento, a Lezíria, com 26 por cento, e o Médio Tejo, com 21 por cento.

Investimento no Oeste

As câmaras do Oeste - 31 por cento das suas receitas totais em 2006 e 30 por cento no ano seguinte - e do Médio Tejo - 36 por cento em 2006 e menos dez por cento no ano seguinte - foram as que mais canalizaram verbas para investimento. Seguem-se as câmaras da Lezíria, com 27 por cento em 2006 e 20 por cento no ano seguinte. A Península de Setúbal desceu, no mesmo período, de 19 por cento para 18 por cento e a Grande Lisboa subiu de 14 por cento para 15 por cento, o que significa que, em média, são estes municípios mais populosos que menor parcela das suas receitas destinam ao investimento.

As câmaras da Grande Lisboa são as que mais dependem dos impostos directos (IMI, IMT, imposto sobre veículos e derrama) - 56 por cento das receitas anuais em 2007 - e mais marcantes em municípios como Cascais, Oeiras (mais de 60 por cento), Lisboa, Sintra e Odivelas (50 por cento a 60 por cento). As autarquias da Lezíria e do Médio Tejo são as mais dependentes das transferências do Orçamento do Estado e de fundos comunitários. Sardoal, Ferreira do Zêzere, Vila Nova da Barquinha, Constância e Chamusca não atingem dez por cento de receitas de impostos directos e dependem muito das transferências (78 por cento no Sardoal e 70 por cento em Ferreira do Zêzere).

«Público»



publicado por Noticias do Ribatejo às 12:15
link do post | comentar | favorito

SANTARÉM - Bombeiros decidem manter preços de serviços prestados à comunidade

 

24 das 28 Corporações de bombeiros da Federação de Bombeiros do Distrito de Santarém estiveram reunidas em assembleia-geral e decidiram manter, em 2010, as tabelas de  preços de serviços prestados à comunidade. O presidente da federação, Adelino Gomes, refere que esta decisão, tomada por unanimidade, visa situações pontuais e serve apenas de referência para esses casos:

 

 

«Esta tabela não trás grandes vantagens ou receitas aos bombeiros. Trata-se de uma tabela para alguns serviços ocasionais. De entre os serviços tabelados, na assistência a actividades de desporto e lazer, a taxa de saída de cada viatura ligeira, até 10 quilómetros de distância, é de 30 euros, e por cada viatura pesada, 120 euros. Para deslocações além de 10 quilómetros paga-se mais 1,80 euros a cada quilómetro em viatura ligeira e 5 euros em viatura pesada. A abertura de portas é outro dos serviços muito requisitados. Neste caso, em 2010, vai continuar a pagar-se a taxa de saída (até 10 Km) de 25 euros. O preço de quilómetro percorrido é de 2,50 euros e o preço de cada bombeiro por hora de actividade é de 12,50 euros. Refira-se que estes são valores de referência cabendo a cada município decidir os valores finais.

http://www.radiohertz.pt/

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 08:51
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 20 de Outubro de 2009
NOITES DE GALILEU

LISBOA, CASCAIS, SANTARÉM, SETÚBAL E PORTALEGRE NAS "NOITES DE GALILEU
Em Setúbal o palco das "Noites de Galileu" fica na Atalaia -Montijo

LISBOA, CASCAIS, SANTARÉM, SETÚBAL E PORTALEGRE NAS Em Setúbal o palco das "Noites de Galileu" fica na Atalaia -Montijo">Em Setúbal, o palco das "Noites de Galileu" fica na Atalaia (Montijo). Nos dias 23 e 24 de Outubro, a partir das 19h30 e pela madrugada fora, os curiosos podem juntar-se a uma equipa de astrónomos amadores e passear pelos recantos do horizonte celeste, a partir de um local privilegiado, afastado da poluição luminosa das grandes cidades. Os interessados em participar nesta aventura espacial deverão consultar o site da organização (www.atalaia.org/local.php), onde encontrarão todas as dicas necessárias para chegarem ao local

Portugal vai unir-se a mais de meia centena de países de todos os cantos do globo naquele que pretende tornar-se, em apenas três dias, num dos maiores eventos de divulgação científica de sempre.
Pretende tornar-se num dos maiores eventos de divulgação científica alguma vez realizados e Portugal não vai ficar de fora. No Ano Internacional da Astronomia, mais de meia centena de países vão juntar-se nos dias 22 e 24 de Outubro às comemorações das "Noites de Galileu". De Portalegre a Bragança, de Lisboa à Guarda, os portugueses são convidados a passearem pelo Sistema Solar e a revistarem os achados que ajudaram Galileu Galilei, há 400 anos e com uma luneta apenas, a mudar a História da Humanidade.
Em visitas guiadas pelo céu nocturno ou controlando, a partir do computador e sem sair de casa, um telecópio de ponta de um qualquer lugar remoto do mundo (ver mais informações em www.galileannights.org/remote_observing.html), todos são desafiados a descobrir, na primeira pessoa, o que um dos mais famosos astrónomos de todos os tempos conseguiu ver em 1609 com uma luneta que ele próprio tinha construído. O Sol, Vénus, Júpiter e os seus anéis, Saturno e as estrelas da Via Láctea são alguns dos objectos que desfilarão à frente de milhões de pessoas de todo o mundo.
As "Noites de Galileu" incluem ainda um concurso mundial de astrofotografia, que termina a 27 de Outubro e que premiará os melhores a fotografarem o céu visto a partir da Terra e os objectos celestes mais longínquos (o regulamento do concurso está disponível online em www.galileannights.org/competition.html).
Originalidade a Norte
A Norte, as "Noites de Galileu" contarão com algumas iniciativas mais originais.
Em Braga, no dia 23 de Outubro às 21 horas, a Biblioteca do Conservatório de Música Calouste Gulbenkian e a ORION convidam o público a "Ler com Estrelas", naquele que será um invulgar passeio pelo Sistema Solar realizado ao som de passagens literárias seleccionadas e de música ao vivo.
Em Bragança, os curiosos (com ou sem conhecimentos de Astronomia) poderão vestir a pele de Galileu e, como o cientista, contemplar o Sol. A sessão de observação astronómica, pensada para todos os públicos, terá lugar no dia 23 de Outubro, das 15 às 17 horas, no Centro Ciência Viva de Bragança.
A Lua e Júpiter serão os grandes protagonistas da "Noite das Estrelas" em Sandim, Vila Nova de Gaia, uma cortesia da junta de freguesia local. No dia 24 de Outubro, a partir das 18 e até às 22 horas, os sandinenses são desafiados a unirem-se às celebrações mundiais do Ano Internacional da Astronomia no parque de estacionamento da igreja, observando com os seus próprios olhos os astros que Galileu Galilei estudou em 1609. Os participantes poderão ainda conhecer as técnicas que os especialistas hoje utilizam para registarem fotograficamente os objectos celestes. Por sua vez, na cidade de Vila Nova de Gaia, terá lugar uma conferência sobre os feitos de Galileu e o Ano Internacional da Astronomia, que decorrerá no dia 24 de Outubro, às 15 horas, na Associação Cultural Amigos de Gaia.
No Porto, os passeios pelo Cosmos terão lugar no Planetário do Porto. No dia 23 de Outubro, das 21 às 23 horas, os portuenses poderão juntar-se a uma observação nocturna com telescópio, promovida pelo CAUP - Centro de Astrofísica da Universidade do Porto. No dia 24, o Planetário do Porto levará ainda pequenos e graúdos em dois passeios pelo céu com as sessões de planetário "O Vítor vai à Lua" (sessão infantil, às 15 horas) e "Visões do Cosmos" (sessão para todos, às 16 horas). No mesmo dia, das 15 às 17h, os curiosos poderão ainda, no mesmo local, observar o Sol com telescópio, uma cortesia do CAUP.
Em São João da Madeira, a anfitriã das "Noites de Galileu" é a Escola Secundária Serafim Leite. Nos dias 22 e 23 de Outubro a partir das 20h30, o Clube de Astronomia da instituição organiza sessões de observação do céu abertas a todos, com uma incursão pelos trabalhos de Galileu.
De Espinho vem a proposta para um jantar "muito espacial". "Alguma vez imaginou como seria beber uma boa chávena de café na Lua? Ou talvez comer um gelado enquanto orbita em torno de Saturno e dos seus anéis? E como seria... jantar em Marte?", pergunta o Centro Multimeios de Espinho, que convida todos os interessados, no dia 24 de Outubro, a jantarem sob as estrelas enquanto navegam pelo espaço interplanetário. Com início às 20 horas, o "Jantar em Marte" permitirá um olhar mais atento às maravilhas do Sistema Solar, "aquelas que, com a sua luneta, Galileu olhou pela primeira vez há 400 anos e que ainda assim lhe permitiram mudar a História da Humanidade", avança a organização.
Em Aveiro, as "Noites de Galileu" são celebradas com passeios colectivos pelo céu nocturno, no Campus de Santiago. A iniciativa decorre no dia 24 de Outubro, das 21h30 às 23 horas, junto ao Departamento de Física da Universidade de Aveiro.
Na Guarda, a Escola Básica dos 2º e 3º Ciclos de São Miguel é o palco das comemorações dedicadas a Galileu Galilei, com a organização de uma sessão de observação astronómica no dia 23 de Outubro a partir das 20h30.
No distrito de Coimbra, as "Noites de Galileu" serão celebradas no dia 24 de Outubro, a partir das 15 horas, no Observatório Astronómico de Mira, com um passeio guiado pelo céu aberto à participação de todos. Em Vila Nova (Miranda do Corvo), a iniciativa dá ainda o mote a um curso de introdução à Astronomia, que terá lugar aos sábados, até 7 de Novembro.
Rumo a Sul, sempre a olhar o céu
Em Fátima as festividades estarão a cargo do Colégio do Sagrado Coração de Maria. A 22 de Outubro, a partir das 21 horas, a escola põe em marcha o projecto de observações astronómicas "Ser Galileu por um dia... é um sin@l de esperança".
Com as escolas em grande numa noite dedicada à Astronomia, nas Caldas da Rainha é possível ser Galileu e percorrer os seus astros na Escola Secundária Raul Proença. A iniciativa "Noite de Galileu" terá lugar no dia 22 de Outubro, das 19 às 20 horas.
No Entroncamento também há "Noites de Galileu". No dia 23 de Outubro, das 19h30 às 23h30, a Escola Dr. Ruy D´Andrade dá asas às "Noites de Galileu na Escola", com um passeio pelo céu nocturno.
Em Santarém, Constância volta a aderir a mais um projecto do Ano Internacional da Astronomia. No dia 24 de Outubro, das 15 às 19 horas, o Centro Ciência Viva de Constância desafia todos os amantes da astronomia e os que nada sabem sobre as estrelas a espreitarem o misterioso céu de Galileu Galilei.
E porque Lisboa também não poderia ficar de fora de um evento de magnitude internacional, o Observatório Astronómico de Lisboa (OAL) promove uma noite dedicada a Júpiter e às suas luas. Nos dias 23 e 24 de Outubro, a partir das 20 horas, o público presente na Tapada da Ajuda poderá, assim, desfrutar de uma visita guiada pelo observatório, olhar com a ajuda de telescópios o gigante gasoso do Sistema Solar e fazer uma incursão pelas estrelas, enxames e nebulosas da Via Láctea, compreendendo assim o impacto do trabalho de Galileu na História da Ciência.
Em Cascais, a aventura celeste terá lugar no Centro de Interpretação Ambiental da Ponta do Sal, em São Pedro do Estoril, uma cortesia do NUCLIO- Núcleo Interactivo de Astronomia. No dia 22 de Outubro, a partir das 21 horas, haverá uma sessão de observação nocturna com telescópios. No dia seguinte, as comemorações começam às 21h30 com a palestra "Um património da humanidade em perigo: a poluição luminosa e os seus problemas", orientada pelo investigador Guilherme de Almeida e à qual se seguirá mais um passeio celeste com telescópios. Já o dia 24 de Outubro começa com um workshop em astronomia para professores (a partir das 10h), seguindo-se, a partir das 15h, três horas de ateliers infantis "Aprender é Divertido", onde os mais pequenos poderão ´cozinhar´ planetas, divertir-se com fantásticos jogos astronómicos e, ao mesmo tempo, descobrir a vida e a obra de Galileu Galilei. Das 16h às 17h30, os mais curiosos poderão então espreitar o Sol através de telescópios, para depois mergulharem com o astrónomo José Afonso no mundo da ciência que estuda os corpos celestes com a palestra "Sob o signo de Galileu: evolução no passado, novos horizontes no presente e a perseverança no futuro da Astronomia" (às 21h30). A partir das 22h30, haverá lugar a novo passeio pelo céu nocturno.
Em Setúbal, o palco das "Noites de Galileu" fica na Atalaia (Montijo). Nos dias 23 e 24 de Outubro, a partir das 19h30 e pela madrugada fora, os curiosos podem juntar-se a uma equipa de astrónomos amadores e passear pelos recantos do horizonte celeste, a partir de um local privilegiado, afastado da poluição luminosa das grandes cidades. Os interessados em participar nesta aventura espacial deverão consultar o site da organização (www.atalaia.org/local.php), onde encontrarão todas as dicas necessárias para chegarem ao local das observações.
Ponte de Sôr (Portalegre) é outro dos concelhos que celebram os 400 anos das observações realizadas por um dos maiores astrónomos de todos os tempos. Em Montargil (Laranjal), a Associação Nova Cultura de Montargil promove, a 23 e 24 de Outubro a partir das 20h30, passeios pelo céu nocturno, abertos a todos os interessados.
O Ano Internacional de Astronomia (www.astronomia2009.org) é organizado em Portugal pela Sociedade Portuguesa de Astronomia, com o apoio da Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT), da Fundação Calouste Gulbenkian, do Museu da Ciência da Universidade de Coimbra, da Agência Ciência Viva e da European Astronomical Society (EAS).

Links
Site das "Noites de Galileu": www.galileannights.org
Concurso de Astrofotografia "Noites de Galileu": www.galileannights.org/competition.html
Site do AIA2009: www.astronomia2009.org
Lista de Observatórios Remotos: www.galileannights.org/remote_observing.html

 

fonte: http:/http://www.rostos.pt/



publicado por Noticias do Ribatejo às 17:00
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 14 de Outubro de 2009
Misericórdias respondem por fraude na obtenção de subsídios da Segurança Social



 

Antigos responsáveis das Misericórdias de Santarém e Constância estão a responder em tribunal por crimes de fraude na obtenção de subsídio. As instituições obtiveram apoios para obras que não foram realizadas, apesar de comunicarem ao Centro Distrital de Segurança Social de Santarém que as mesmas tinham sido realizadas. Os arguidos podem ser punidos com penas de prisão até oito anos.

No caso da Misericórdia de Santarém, segundo a acusação do Ministério Público (MP), esta nunca cumpriu os requisitos legais para poder receber do PIDDAC - Programa de Investimentos e Despesas de Desenvolvimento da Administração Central 170 mil euros para instalar uma unidade de apoio integrado (UAI) que nunca chegou a funcionar. Neste caso é também acusado o ex-director da Segurança Social de Santarém, José Brilhante, que aprovou o financiamento dessa valência sem ter fiscalizado as obras.

Em relação à Misericórdia de Constância, cujo processo está para julgamento no Tribunal de Abrantes, a situação é idêntica. Foi feito um projecto para a ampliação do piso 0 da instituição, para nesse espaço funcionar um lar de idosos. O projecto da obra entrou na câmara municipal, mas apesar de o projecto não estar aprovado e de as obras não estarem concluídas, os arguidos decidiram elaborar e assinar um auto de medições das obras no valor de 125 mil euros, que foi remetido ao Centro Distrital de Segurança Social.

fonte: http://www.omirante.pt/



publicado por Noticias do Ribatejo às 10:58
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 29 de Setembro de 2009
Câmara Alpiarça poderá ter deixado prescrever coimas por inércia

A CÂMARA PODERÁ TER DEIXADO PRESCREVER COIMAS POR INÉRCIA OU OUTRAS CAUSAS NÃO APURADAS

A Câmara Municipal de Alpiarça poderá ter deixado prescrever um número bastante significativo de coimas que remontam a 2005/2007, por inércia ou outras causas ainda não apuradas.


“I.O prazo de prescrição do procedimento contra-ordenacional há-de ser contado de acordo com as regras contidas nos artºs 27º-A e 28º, nºs 1 e 2 do Regime Geral das Contra Ordenações e Coimas (RGCOC). II.Só haverá recurso ao normativo do nº3 do artº 28º se, por força de algum facto interruptivo, desde o dies a quo (e ressalvado o tempo de suspensão) tiver já decorrido o prazo de prescrição acrescido de metade e este ainda não se tenha, efectivamente, completado. III.Nesse caso, mesmo que o prazo de prescrição não esteja efectivamente completado, ex vi do aludido nº3 do artº 28º, verifica-se a prescrição do procedimento contra-ordenacional. IV.Deste modo, a norma contida no nº3 do artº 28º do RGCOC não consagra um novo prazo de prescrição mas, somente um limite máximo do prazo de prescrição que, assim, nunca o poderá exceder.”

Quais os prazos de prescrição do procedimento contra-ordenacional?


O procedimento extingue-se por efeito da prescrição logo que sobre a prática da contra-ordenação hajam decorrido os seguintes prazos:


• 5 anos, quando se trate de uma contra-ordenação a que seja aplicável uma coima de montante máximo igual ou superior a €49.879,79;• 3 anos, quando se trate de uma contra-ordenação a que seja aplicável uma coima de montante igual ou superior a €2.493,99 e a inferior a €49.879,79;• 1 ano nos restantes casos.


No entanto, há actos processuais previstos na lei que justificam a suspensão ou interrupção da prescrição, não podendo, neste último caso, ultrapassar os prazos mencionados acrescidos de metade.


Nota: - De acordo com os vários documentos consultados, há indícios de omissão do dever legal de procedimento sancionatório que compete à Câmara Municipal de Alpiarça, como autoridade administrativa.


- Verificam-se ainda situações em que, havendo referência à prática de ilegalidades não se encontra no processo de obra o respectivo auto de notícia nem foi instaurado processo.


- Em casos de construções ilegais, observados pela fiscalização municipal e devidamente participados, não foram desencadeados os mecanismos processuais de penalização das infracções detectadas.


- Por estranho que pareça, também não foi encontrada informação da decisão de arquivamento de quaisquer processos por prescrição, pelo executivo municipal.


quid juris

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 16:22
link do post | comentar | favorito

Sábado, 26 de Setembro de 2009
SANTAREM-As grandes festas da democracia

 

Eurico Consciencia

Por: Eurico H. Consciência

“Os portugueses, se tivessem sorte, sorte e senso, deveriam estar a atravessar um período de grandes festejos.

Mas não estão.

Claro que as grandes festas da democracia são as eleições – que são o único instrumento democrático que o povo tem para dizer do acerto ou desacerto (ou desconcerto e desconserto) da actuação dos governantes e dos autarcas e dos deputados que, com o seu voto, designara anos antes.

E o ano de 2009 foi e está prenhe de eleições: já houve para os deputados que se repimpam em Bruxelas, com passeios programados a Estrasburgo (onde se come bem), serão agora as eleições dos deputados para consumo caseiro, e no próximo mês lá teremos cerca de 50.000 portugueses a lutarem denodadamente por lugares nas Câmaras e nas Juntas de Freguesia e nas Assembleias Municipais e de Freguesia. O que farão abnegadamente, despojados de vis interesses pecuniários, com sentido patriótico e comunitário, num autêntico apostolado, porque alguém terá que sacrificar-se pela grey.

Certo que alguns terão gordos “ordenados”, o dobro ou o triplo do que o que a maior parte deles tinha nos seus empregos, mas só não se recusam a recebê-los para não porem em cheque dois ou três dos seus correlegionários a quem dão muito jeito aqueles “ordenados”.

Mas o povo não se mostra entusiasmado com a aproximação dos ditos fastos, que tem sobejas razões par temer que possam ser outra vez ne/fastos.

Os partidos transformaram-se em centros (eficazes) de empregos e já não há quem acredite nas declarações dos políticos – por mais sérias que sejam (e, às vezes, até são).

E restauraram a monarquia: os filhos dos políticos vão substituindo os pais: Candal sucede a Candal, Madeira pai promove Madeira filha, Menezes pai empurra Menezes filho e Sequeira pai “emprega” Sequeira filho.

E as razões de sangue já se vão manifestando no poder local: candidata-se este ano a Presidente da Câmara de Constância um jovem de 19 anos, que ninguém conhecerá em Constância, dado que é rapaz novo e reside noutro município: em Alcanena. Mas é filho do presidente da Comissão Distrital do partido que o candidatou, sendo que de pequenino é que se torce o pepino, pelo que, como sucede nas outras profissões, convirá começar cedo a carreira política.

Curiosamente (ou não), a lista desse partido para a Câmara Municipal de Salvaterra de Magos é composta por elementos desse partido residentes em Famalicão e Ponte de Lima, donde são naturais – e que, à distância de centenas de quilómetros da Câmara a que concorrem, nunca terão ido a Salvaterra de Magos, não sendo de excluir que alguns deles até ignorem onde fica Salvaterra.

Mas vão ter os votos de alguns salvaterreanos (ou salvaterrenses) – que nunca os viram nem sabem quem são!

Já não se porá no mesmo plano o caso do partido que concorre à Câmara de Abrantes com dois tomarenses na lista, porque esses tomarenses, embora sejam de Tomar e lá residam, já trabalham há anos num organismo de Abrantes.

Convenhamos, contudo, que poucos abrantinos teriam tido a coragem de pôr tomarenses a concorrerem à Câmara de Abrantes. E não acredito que algum tomarense ousasse propor que concorressem à Câmara de Tomar dois abrantinos, residentes em Abrantes.

Que mais não fosse, para que não se duvidasse de que os tomarenses são gente capaz de gerir os interesses de Tomar.

Depois temos aquele Preto da lista de Lisboa de um dos principais partidos, na lista metido apesar de estar acusado de crimes graves …

E o inesperado (ou talvez não) regresso do brilhante Dr. Santana Lopes…

As festas da democracia já não são o que eram. Estão cada vez mais secas e estéreis. Porque já não são festas do povo. São meros jogos deles – dos partidos…”

fonte: Jornal O Ribatejo



publicado por Noticias do Ribatejo às 13:42
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 17 de Setembro de 2009
Médio Tejo promove «Portal do Empreendedor


Portal EmpreendedorA Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo está a promover o «Portal do Empreendedor», que pretende ser um instrumento de promoção empresarial desta região, que abrange dez municípios: Abrantes, Alcanena, Constância, Entroncamento, Ferreira do Zêzere, Ourém, Sardoal, Tomar, Torres Novas e Vila Nova da Barquinha.

A iniciativa visa colocar «à disposição do público em geral informação relevante sobre a Região do Médio Tejo, em termos de caracterização sócio-económica, dados estatísticos, entidades e competências regionais, com especial destaque para a divulgação das empresas da Região e para a promoção do empreendedorismo», refere a entidade.

Para tal, a Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo está a convidar as empresas, entidades públicas e privadas envolvidas na actividade empresarial da região a participarem neste portal, de forma gratuita, seja para serem incluídos na área «Médio Tejo Inovador» seja para partilhar informação.



publicado por Noticias do Ribatejo às 08:32
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 24 de Agosto de 2009
Dispara às rolas mas mata o filho

 

Na ânsia de acertar em mais uma rola que tinha na mira da caçadeira, António Madeira nem pestanejou. Só que entre o corticeiro de 43 anos e a peça de caça surgiu de repente a cabeça do filho, que se levantara para exibir ao pai a ave que este abatera segundos antes – e o rapaz de 16 anos caiu morto. Este acidente ocorreu pelas 07h00 de ontem, na Reserva Municipal de Caça de Constância, na Margem Norte do Tejo, zona de Montalvo.

 

Marco António Brás Madeira vivia com os pais no Rossio ao Sul do Tejo, Abrantes, e acordou ao nascer do sol para acompanhar o pai, António, numa jornada de caça às rolas. Um tio também os acompanhava e seguiram para Montalvo, a vinte quilómetros de casa. Pai e filho ocuparam a mesma ‘porta’, junto a um campo com girassóis, onde esperaram as primeiras rolas da manhã.

Pouco depois das 07h00, António Madeira viu aproximar--se uma rola e disparou. A ave caiu redonda no chão, poucos metros à sua frente, e o filho, com receio de a perder no meio dos girassóis, foi logo à procura dela. No instante em que o jovem se levantava para mostrar a rola morta ao pai, foi atingido a tiro na cabeça. António Madeira não se apercebeu que o filho saíra da ‘porta’, pois estava de arma apontada a uma segunda rola e disparou. Um tiro único e fatal, que marcou de forma trágica a jornada de caça. "Aconteceu tudo no mesmo instante: o Marco baixou-se à frente do pai para apanhar a rola e levantou-se quando o pai estava a disparar a uma rola que vinha a seguir à outra que acabara de matar", recorda ao CM João Bernardino, tio de Marco Madeira.

João Bernardino estava noutra ‘porta’, a 500 metros dos familiares, e explica que o tiro atingiu o jovem na cabeça. Foi António Madeira quem deu o alerta para os Bombeiros de Constância e acompanhou os seus esforços e da equipa médica do INEM para o trazer de volta à vida, mas já nada havia a fazer.

PAI CHORA PERDA DE FILHO ÚNICO DEITADO NO CHÃO

A notícia do acidente mortal na Reserva Municipal de Caça de Constância deixou o presidente da câmara, António Mendes, "perturbado e incomodado". Acabado de regressar de férias, o autarca certificou-se de que os pais do jovem estavam a receber todo o apoio de que precisavam naquele momento.

António Madeira e a mulher foram assistidos no Hospital de Abrantes, regressando a casa ao início da tarde. Coube aos bombeiros de Constância prestar o primeiro apoio no local, pois estiveram sempre ao seu lado enquanto a equipa do INEM procedia a manobras de reanimação. O corpo só foi levantado três horas após o acidente e durante esse tempo António Madeira esteve deitado no chão, a chorar e a lamentar a sua sorte. Os bombeiros foram conversando com ele, procurando confortá-lo com as suas palavras.

"UMA JÓIA DE RAPAZ E VICIADO PELA CAÇA"

Marco Madeira era filho único e preparava-se para frequentar o 11º ano na Escola Secundária de Abrantes. "Era uma jóia de rapaz", conta o tio, João Bernardino, adiantando que o sobrinho era "viciado na caça. O filho tinha mais vício do que o pai, era ele que preparava sempre tudo e o desafiava assim que abria a época de caça". Segundo João Bernardino, António Madeira gostava da caça, mas se perdesse um dia ou outro não se importava com isso, só que o filho nunca o largava. Assim que completou os 16 anos, Marco disse ao pai que também queria pegar na arma e por isso preparava-se agora para tirar a carta de caçador.

PORMENORES

ATIRADOR EM LIBERDADE

António Madeira foi identificado pela GNR de Constância, que tomou conta da ocorrência, mas ficou em liberdade.

CAÇADORES OUVIDOS

Os caçadores que assistiram ao acidente foram chamados a prestar declarações na GNR, de acordo com as instruções de um procurador do Ministério Público.

AUTÓPSIA SERÁ HOJE

O corpo de Marco Madeira está na morgue do Hospital de Abrantes, onde hoje será a autópsia, seguindo-se o funeral.

Isabel Jordão


publicado por Noticias do Ribatejo às 12:24
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 1 de Julho de 2009
Militar da GNR condenado por corrupção

O Tribunal Judicial de Ourém condenou esta quarta-feira um militar da GNR, de 51 anos, a dois anos de prisão com pena suspensa, pela prática de corrupção passiva para acto ilícito.

 

O arguido, Joaquim da Fonseca Coelho, recebeu cem euros de uma condutora a fim de não proceder à elaboração de um auto de contra-ordenação resultante de uma infracção rodoviária na cidade de Ourém.

A presidente do colectivo de juízes, Cristina Sousa, disse ao arguido, na leitura do acórdão, que “era seu dever elaborar o auto de contra-ordenação” e acrescentou que o Tribunal considera que “a condutora passou mesmo a luz vermelha do semáforo”.

 

A favor do arguido, que exerce a profissão há 34 anos, o Tribunal valorizou o facto de ter confessado a maior parte dos factos, o “arrependimento” e a “vergonha”.

 

Joaquim da Fonseca Coelho foi ainda condenado, como pena acessória, à proibição do exercício das suas funções por dois anos.

«CM»

 

Saiba tudo sobre o Ribatejo.

Basta visitar:

http://jornalribatejano.blogspot.com



publicado por Noticias do Ribatejo às 19:02
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 29 de Junho de 2009
Enguias-bebé rendem €500 o quilo

Um quilo de meixão, enguias-bebé apanhadas no Rio Tejo através de pesca ilegal e exportadas sobretudo para Espanha, pode render 500 euros por quilo, avança o Comando Distrital da Guarda Nacional Republicana de Santarém.

O meixão, que em Espanha é considerado uma iguaria de luxo, é capturado no Tejo por redes com uma malha muito apertada, que retém não só as enguias-bebé mas também crias de outras espécies.

A pesca da espécie é proibida por lei em todos os rios portugueses, com excepção do Minho, e o problema da pesca ilegal do meixão não é apenas do Tejo, verificando-se também com gravidade no Mondego e no Sado.

O major Joaquim Nunes, da GNR de Santarém, afirma à Lusa que o pescado, que não é consumido em Portugal, se destina à exportação, sendo vendido a peso de ouro para Espanha. "Todo o pescado - ao que sabemos - é exportado e há informações de que o mesmo é vendido para Espanha. É também voz corrente que os preços andarão entre os 250 euros e os 500 euros por quilo", afirma o militar.

Isabel Domingos, do Instituto de Oceanografia, admite que o meixão se destine a Espanha mas garante que "o grande promotor (da pesca do meixão) é o mercado asiático", que absorve também grande parte do pescado. "Os pescadores que conhecem muito bem o rio são as pessoas que continuam a fazer este tipo de pesca, (...) as pessoas da borda de água que sempre trabalharam no rio", atesta o major Nunes, da GNR de Santarém.

No entanto, Isabel Domingos, do Instituto de Oceanografia, acredita mesmo que existem "grandes redes muito bem montadas e que são difíceis de desmantelar", afirmando ainda que a fatia maior da pesca ilegal desta espécie não se deve aos pescadores locais.

A enguia está sinalizada pela União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN, sigla em inglês) como uma espécie em perigo, fazendo também parte das espécies ameaçadas registadas no Livro Vermelho de Vertebrados em Portugal.

Leia outras noticias do Ribatejo em

http://jornalribatejano.blogspot.com/

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 17:34
link do post | comentar | favorito


pesquisar
 
Agosto 2022
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


posts recentes

ABRANTES - Nos restaurant...

ABRANTES - Produtos do Ri...

Autarcas rejeitam declara...

PSD critica quebra de 28%...

SALVATERRA DE MAGOS -Avie...

CONSTANCIA- Quase Quatro ...

SANTAREM-GUARDA NACIONAL ...

Nove municipios do Médio ...

SANTAREM-MUSP

Caudais no Tejo estabiliz...

CONSTANCIA-Uma Ponte nece...

TORRES NOVAS-Vento provoc...

Plano de Cheias em Alerta...

Santarém: chuvas da manhã...

A Governadora Civil visit...

Distrito em alerta amarel...

Reunião do Conselho da Co...

MUSP do distrito Santarém

ABRANTES-Serviço de Urgên...

ABRANTES-Sobre o congesti...

Abrantes-Preside ao Conse...

GRIPE A - Número de apare...

TOMAR - PSP chamada para ...

SANTARÉM - W Shopping lan...

Os intocáveis

Câmaras mais dependentes ...

SANTARÉM - Bombeiros deci...

NOITES DE GALILEU

Misericórdias respondem p...

Câmara Alpiarça poderá te...

tags

todas as tags

arquivos

Agosto 2022

Julho 2022

Junho 2022

Maio 2022

Abril 2022

Março 2022

Fevereiro 2022

Janeiro 2022

Dezembro 2021

Novembro 2021

Outubro 2021

Setembro 2021

Agosto 2021

Julho 2021

Junho 2021

Maio 2021

Abril 2021

Março 2021

Fevereiro 2021

Janeiro 2021

Dezembro 2020

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

DIRECTOR/rRESPONSÁVEL: António Centeio
Rua do Jardim, 2090-078 Alpiarça Telemóvel: 933 088 759
subscrever feeds