NOTICIAS DO RIBATEJO EM SUMARIO E ACTUALIZADAS PERIODICAMENTE - "A Imparcialidade Na Noticia" - UMA REFERÊNCIA NA INFORMAÇÃO REGIONAL -
Sexta-feira, 18 de Dezembro de 2015
Aproveite o que Santarém tem para lhe oferecer até ao Fim do Ano

unnamed.jpg

Esta sexta-feira, dia 18 de dezembro, às 21h30, assista ao Concerto “O Esplendor do Natal”, na Igreja de Jesus Cristo com os coros Infantil, Juvenil e Adulto do Círculo Cultural Scalabitano.

Retomando a tradição da apresentação de um concerto de Natal para a comunidade Scalabitana, interpretam as mais belas canções de Natal, dirigidas pelo Maestro António Matias.

(Duração) 90’ (Classificação) M6

 

À mesma hora, a Livraria Aqui Há Gato, organiza uma Noite de Natal. Sujeito a marcação prévia (inscrições limitadas).

Uma noite muito especial dedicada ao Natal! Vem passar uma noite no Aqui Há Gato e descobrir um mundo de fantasia... Traz o saco-cama! Vamos viver a magia do Natal! Será uma noite inesquecível!

(Duração) das 21h30 do dia 18 até às 09h30 do dia 19 de dezembro

(Classificação) M/4 (Preço) 30€ 

 

A partir de hoje e até dia 31, a Livraria Aqui Há Gato partilha arte nas suas Férias de Natal!

Vamos descobrir a Pintura, Escultura, Teatro, Dança e muito, muito mais! (programa disponível emwww.aquihagato.org; Inscrições Abertas!)

Horário: 09h30 às 12h30 e das 14h30 às 17h30, com opção de almoço.

 

Dia 19 de dezembro (sábado)

 

Este sábado, dia 19 de dezembro, às 11h30, há Teatro de Fantoches, na Livraria Aqui Há Gato. Entrada livre.

Mais uma vez, os Fantoches vão alegrar a nossa manhã de sábado! Garantimos diversão e muitos sorrisos! Venham festejar o final do mês com Teatro!

(Duração) aprox. 30’ (Classificação) dos 0 aos 80!

 

Às 12h00, a Livraria Aqui Há Gato ensina a fazer Presentes de Natal, nas Oficinas de Arte.

Em época Natalícia aproveitamos para fazer as nossas próprias prendas para oferecer a quem mais gostamos.

 

À mesma hora há Pintura, na Livraria Aqui Há Gato.

Gostavas de oferecer um presente artístico? Uma pintura tua pode levar magia para casa de alguém de quem tu gostes!

(Duração) 60’ (Classificação) a partir dos 4 anos inclusive (Preço) 6€ 

 

Às 16h30, o Teatro Sá da Bandeira recebe Teatro de Fantoches com a peça “Será verdade, Pai Natal?”, pelo Aqui Há Gato.

Como muitos meninos crescidos, o Frederico não acredita que o Pai Natal exista. Tentar convencer a Maria do mesmo é que não vai ser tarefa fácil - e se o Pai Natal deixar de acreditar no Frederico?

(Duração) 30’ (Classificação) a partir dos 4 anos (Preço) 4€

Org. Aqui há Gato

 

Às 17h00 há Teatro de Bolso, na Livraria Aqui Há Gato.

Nesta nova aventura o nosso menino vai numa fantástica Viagem ao Espaço!

Passando para lá das Nuvens em direção à Lua, o aventureiro encontra muitos desafios... Vamos descobrir com ele esta viagem pelo universo!

(Duração) 30’ (Classificação) dos 0 aos 80! (Preço) 3 (grátis até aos 12 meses)

 

Às 21h00, a Igreja de Santa Clara é palco do Festival de Leituras e Canções de Natal, por ocasião da sua reabertura.

O Coro dos Pequenos Cantores da Schola Cantorum da Catedral de Santarém (SCCS) e o Coro de Câmara do Conservatório de Música de Ourém e Fátima (CCCMOF) apresentam canções de Natal das tradições inglesa, portuguesa, francesa e alemã, compostas ou harmonizadas por compositores como Felix Mendelssohn, Waughan Williams, Mário de Sampayo-Ribeiro e canto gregoriano.

Parte das canções vai ser interpretada com acompanhamento de órgão positivo, outra s é interpretada a capella.

As canções de Natal intercalam uma sequência de nove leituras bíblicas relativas aos tempos do Advento e do Natal. O festival inicia e encerra com peças de órgão a solo.

Duração aproximada: 75'. Classificação: > 4 anos

 

A partir das 23h00, a Casa do Campino acolhe o Santarém Fest, organizado pela Associação Juvenil VIVA Alcanhões, dedicada à juventude das escolas da Cidade.

A música vai estar a cargo dos DJ's Burlamachi, Mike Simon e da dupla Kiss Kiss Bang Bang, numa festa que vai ter muitas outras surpresas ao longo da noite.

“Entre as 23 e a meia noite, a sangria é de borla para quem já estiver no recinto.”

Preço: pré-venda 5€ com direita a bebida branca e no próprio dia 6€ com direito a bebida branca. Os bilhetes podem ser comprados nas Associações de Estudantes ESGS, ESES, ESDRM, ESSS e ESAS.

 

Dia 21 de dezembro (segunda-feira):

 

No dia 21 de dezembro, às 18h00, a Igreja da Misericórdia, em Alcanede, acolhe um Concerto de Natal de Música coral Ibérica para a Natividade com Cappella Ensemble, na Capela da Misericórdia.

 

Dia 26 de dezembro (sábado):

 

No dia 26 de dezembro, às 11h30 e às 16h00, há Hora do Conto, na Livraria Aqui Há Gato. Entrada livre.

Vamos ouvir histórias que nos fazem sonhar, rir, pensar e imaginar. Momentos que nos fazem acreditar que o mundo da fantasia pode estar tão perto...

(Duração) 30’ (Classificação) dos 0 aos 80!

 

Dia 31 de dezembro (quinta-feira):

 

Para dia 31 de dezembro, último dia do ano, a autarquia Scalabitana organiza uma memorável Festa de Passagem de Ano, a partir das 22h00, na Praça Marquês Sá da Bandeira (Largo do Seminário), com a Banda Bico D'Obra que promete dar boa música e fazer a contagem para a entrada em 2016, ao som de grandes êxitos musicais e dum memorável fogo de artifício, às 12 badaladas, que vai ser lançado da antiga Escola Prática de Cavalaria. Todos os que passarem a passagem de ano connosco, podem ver o majestoso fogo de artifício, junto ao Jardim da República, Largo Infante Santo e zonas limítrofes.

O espaço envolvente vai contar com as tradicionais comidas e bebidas das festas ao ar livre.

A música prossegue depois da entrada em 2016 com este grupo, constituído por 12 elementos, distribuídos pela área musical, vocal, coreográfica e equipa técnica, que desde 1994, dedicam a sua vida à música.

A Banda Bico D'Obra trabalha a pensar no público e, por isso mesmo, a música que interpreta, abrange várias faixas etárias e vários estilos musicais, divididos estrategicamente no reportório, tendo em conta as tendências musicais do momento.

O Grupo mantém o seu repertório atualizado, moderno e adaptado, de forma a agradar a todo o público, do início ao fim do espectáculo, e interpreta vários estilos musicais, tais como: kizomba, latina, dance music, rock e popular.

No âmbito do estilo de música kizomba, interpretam temas, tais como: “Controla”, de Badoxa, “Meu Vício”, de Telmo Lee, “Já decidi”, de Dj Ademar & Boy Teddy, “Há mulheres e mulheres”, de Landrick e “Atrevimento”, de Anselmo Ralph e Kataleya.

Os amantes da música latina, podem ouvir e dançar ao som de temas, como: ”Bailando, de Enrique Iglesias, “El person”, de Nicky jam, “Festa bens”, de Dj Mam's, “Hasta Que Salga El Sol”, de Don Omar, ou “Caliente”, de Jay Santos, entre outros temas.

Para os que gostam de dance music, os Bico D’Obra tocam, dançam e cantam, temas como: “The nights”, de AVICCI, “How deep is your love”, de Calvin Harris & Disciples ou “Lean On”, de Major Lazer.

Ao nível do Rock, a Banda Bico D’Obra interpreta temas dos Xutos & Pontapés, tais como “Casinha”, de José Cid, “Nasci para a música” ou dos Sitiados, “Vida de marinheiro”, dos Da Vinci, “Conquistador”, dos Iron Maiden, “Wasted Years” ou dos Metallica, “Intersand Man”.

Na música popular, interpretam temas, como: “Dança da mãozinha”, de Saúl, “Fazer com ela”, dos Nemanus, “Salta-me a tampa” ou “Rosinha - Tenho um andar novo, dos Bombocas.

“Música, luz, som, espectáculo, alegria, dança, diversão, atualidade, originalidade e satisfação, são a garantia e o cartão de visita” com que se apresenta esta Banda.

A Câmara de Santarém oferece as condições para que todos possam divertir-se e entrar com o pé direito no Novo Ano, gratuitamente.

 

Em permanência:

Até dia 19 de dezembro, visite a Exposição de Pintura de apresentação dos trabalhos realizados no âmbito do curso de pintura de Massimo Esposito, no Bar-Galeria do Teatro Sá da Bandeira. Entrada livre. A Exposição pode ser visitada, de quarta a sexta-feira, das 16h00 às 19h00 e aos sábados das 14h30 às 19h00. Nos dias de espetáculo, pode ser visitada fora destes horários ou nos dias de encerramento semanal, em que a bilheteira abre uma hora antes das ações.

Até dia 23 de dezembro, visite a Exposição e Venda de Pintura e Livros do acervo do CCRS - Centro Cultural Regional de Santarém, no Fórum Actor Mário Viegas, de segunda a sexta-feira, das 16h00 às 19h00 e aos sábados, das 10h00 às 13h00.

Este Natal ofereça Arte e Literatura a preços acessíveis: centenas de livros e cerca de 25 obras de arte, entre pintura, serigrafia e fotografias, que foram doadas ao CCRS por pintores da região, com destaque para peças de Américo Marinho, José Santa-Bárbara, António Figueiredo ou Branquinho Pequeno, entre outros. Aproveite esta oportunidade única até dia 23 de dezembro.”

Até dia 31 de dezembro, visite a Exposição Bibliográfica, realizada no âmbito do Dia da Filatelia, que se comemorou no dia 1 de Dezembro. Esta Mostra pode ser visitada na Sala de Leitura Bernardo Santareno, de segunda a sexta-feira, das 09h30 às 18h00 e aos sábados, das 09h30 às 12h30.

“A Filatelia é conhecida pelo mais popular de todos os passatempos. Não sendo apenas uma atividade lúdica ela é identificada como o estudo e o colecionismo de selos postais e materiais relacionados.

Em Portugal a primeira emissão de selos data de 1853, que surgiu representado pelo busto de D. Maria II. Por todo o mundo as inúmeras Associações Filatélicas mantêm-se ativas e organizadas. Os filatelistas de todo o mundo unem-se pelo único ideal: a vontade de conhecer mais sobre um lugar, objeto, pessoa, país, etc”.

 

Visite a Exposição “XXII Destaque da coleção de arte contemporânea Manuela de Azevedo”, até dia 31 de dezembro, na Biblioteca Municipal Anselmo Braamcamp Freire, de segunda a sexta-feira, das 09h30 às 12h30 e das 14h00 às 17h30.

Na Casa-Museu Anselmo Braamcamp Freire encontra-se em exposição parte do espólio artístico de Manuela Ferreira de Azevedo, doado à Câmara Municipal de Santarém no final da década de 80, espólio esse que contempla reconhecidos artistas nacionais e internacionais.

Até ao final de dezembro está em destaque trimestral uma obra da autoria de Cláudia Lima: Projections dans l’espace” tapeçaria, 1986

 

Até dia 6 de janeiro visite a 2ª Exposição de Rua – “Presépios na Vila”, no âmbito do Concurso “Pernes – Presépios na Vila”, promovida pela Santa Casa da Misericórdia de Pernes, em vários locais da Vila de Pernes.

“Os presépios vão estar expostos ao público, em vários locais da vila de Pernes e vão ser avaliados por um júri composto por seis elementos, tendo por base critérios de originalidade, criatividade, iluminação, cores e materiais utilizados na decoração dos mesmos.

Esta iniciativa conta com a participação das escolas, instituições e associações locais e tem como objetivo dinamizar e envolver no espírito natalício toda a comunidade Pernense.

A divulgação dos resultados finais do concurso e a entrega dos prémios ocorre a 6 de janeiro, na celebração da Eucaristia do Dia de Reis, na Igreja da Misericórdia de Pernes, recentemente reaberta ao público, após obras de conservação e restauro.”

 

A Exposição “Modos, Medos e Mitos no tempo de Cabral”, na Casa Pedro Álvares Cabral/Casa do Brasil” está patente até dia 30 de abril de 2016, e pode ser visitada, de terça-feira a sábado, das 09h00 às 12h30 e das 14h00 às 17h30 (encerra ao domingo, segunda-feira e feriados).

No ano em que se comemoram os 600 anos da Tomada de Ceuta, génese do projeto expansionista português, a Casa do Brasil | Casa Pedro Álvares Cabral apresenta a exposição “Modos, Medos e Mitos no tempo de Cabral”, que procura enquadrar o protagonista do último grande episódio da gesta ultramarina lusitana. A mostra, que conta com o alto patrocínio do Montepio Geral – Associação Mutualista e do W Shopping, aborda temas fundamentais da história da Humanidade, contemporâneos de Cabral: invenção da imprensa, evolução científica, chegada à Índia e ao Brasil, globalização e miscigenação, viagem das plantas.

Sabia que consome “alimentos deste outro mundo”? Já pensou que a navegação astronómica permitiu precisões incríveis (bem antes do GPS)? Imagina quantos livros se publicaram nesta época? Venha descobrir numa Casa do Brasil perto de si.

A mostra de caráter multissensorial e experiencial ocupa os átrios do piso térreo, as salas de exposição, bar, biblioteca e varanda interior, bem como o auditório e jardim. Apoiada pelo Montepio Geral – Associação Mutualista e pelo W Shopping, tem como objetivo fazer regressar a Casa do Brasil à sua génese, com a programação de iniciativas ligadas à temática Portugal/Brasil.

A organização está a cargo da Câmara Municipal de Santarém, e conta com objetos da reserva municipal, tais como pinturas, esculturas e livros, da Diocese de Santarém, que também cedeu alguns objetos, do espólio museológico municipal, cedências do Museu Diocesano e dos joalheiros Leitão e Irmão (réplica em prata do Nónio). Foram cedidos direitos de reprodução de imagem do Museu Nacional de Arte Antiga, Museu de S. Roque e Santa Casa da Misericórdia do Porto.

 

Visite o Núcleo Museológico do Tempo - Torre das Cabaças, de quarta-feira a domingo, das 09h00 às 12h30 e das 14h00 às 17h30, sob marcação através do telefone: 912 578 970.

“A Torre das Cabaças, ou Cabaceiro – como o vulgo a denomina - é, na realidade, uma Torre Relógio, género arquitetónico introduzido em Portugal desde os primórdios do século XV. A designação popular fixou-se nos finais do século XVIII, derivada das sete ou oito cabaças de barro colocadas na estrutura de ferro que suporta o enorme sino de bronze datado de 1604.

As cabaças – identificadas pelo povo como sendo as cabeças ocas dos vereadores municipais, numa tradição anedótica reportada ao tempo de D. Manuel I – servem de ressonância no tanger das horas, espalhando o som em várias direções.

Do conjunto de cabaças primitivas apenas subsistem quatro, vidradas a amarelo e verde. As restantes quatro são mais recentes, sendo três delas vidradas a castanho e colocadas em 1933, por altura do restauro da DGEMN. A sua forma e configuração são distintas. As mais antigas têm o colo praticamente fechado e os buracos de ressonância mais abertos; as do restauro de 1933 têm o colo aberto e os buracos de ressonância mais espaçados. A abertura inferior servia para as enfiar na estrutura de ferro forjado superior, sobre espigão.”

 

Aproveite para visitar o Centro de Interpretação - Urbi Scallabis – USCI, no Jardim Portas do Sol, de quarta-feira a domingo, das 09h00 às 12h30 e das 14h00 às 17h30.

“Instalado no Jardim Portas do Sol, o Centro de Interpretação Urbi Scalabis concilia, de forma harmoniosa, a dimensão turística e a vertente científica, fruto de um aprofundado trabalho de estudo e investigação.

A área expositiva oferece uma fácil abordagem no domínio inovador da interatividade que permite, à distância de um toque digital, identificar e localizar o valor do património arquitetónico, a riqueza da tumulária, a abundância da heráldica e a qualidade da azulejaria que a cidade ostenta e que, muitas vezes, os escalabitanos e os turistas desconhecem”. Para mais informações, contacte, através do telefone - 243 357 288.



publicado por Noticias do Ribatejo às 18:42
link do post | comentar | favorito

pesquisar
 
Setembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
14

21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


posts recentes

Traga as suas plantas par...

Município do Entroncament...

ExpoAlcanede dá a conhece...

Casa cheia em Benavente p...

Município da Chamusca ala...

Inscrições para a Univers...

Município do Entroncament...

JORNADAS DE CULTURA ATÉ 2...

Festival de música Cartax...

Tertúlia Festa Brava orga...

“Quando ela… é ele!” teat...

Professores dos 3 Agrupam...

CARTAXO VOLTA A APRESENTA...

Jovens atores da Chamusca...

Tomar dá o corpo ao manif...

Programa de Educação Pare...

“Chamusca das Três Graças...

ERROS GROSSEIROS NA ELABO...

Festival de música Cartax...

Há apoios do Portugal 202...

‘Santarém em Cena’ reúne ...

Teatro Sá da Bandeira ini...

Ceyceyra Medieval a 21 e ...

TEMAS DE SAÚDE: Doente on...

"O medo tem alguma utilid...

Município de Azambuja ass...

Ano letivo 2019-2020 arra...

Tomar – Prisão preventiva...

Arroz é rei em novo event...

PSD visita operação de li...

arquivos

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

tags

todas as tags

subscrever feeds