NOTICIAS DO RIBATEJO EM SUMARIO E ACTUALIZADAS PERIODICAMENTE - "A Imparcialidade Na Noticia" - UMA REFERÊNCIA NA INFORMAÇÃO REGIONAL -
Sexta-feira, 1 de Julho de 2016
Aproveite o que Santarém tem para lhe oferecer este fim de semana

13240462.jpg

 

sexta-feira:

 

 

Esta sexta-feira, dia 1 de julho, a partir das 19h00, há Arraial Popular no Pátio do Centro Cultural Regional de Santarém (entrada pelo Beco do Feleijo), com Música Etnográfica, pelo Rancho Folclórico do Bairro de Santarém e pelo Grupo de Cantares Tradicionais “Os Camponeses de Casével”, numa organização do Centro Cultural Regional de Santarém.

O Centro Cultural Regional de Santarém promove um Arraial por ocasião dos tradicionais festejos dos Santos Populares. No Pátio do Centro vai haver música etnográfica, com o Rancho Folclórico do Bairro de Santarém” e o Grupo de Cantares Tradicionais "Os Camponeses de Casével", animação, alegria e iguarias típicas a não perder.

 

A partir das 20h00, tem início a XXI Feira do Arroz Doce, XII Mostra de Licores Caseiros e VI Mostra do Bolo do Noivo, no Centro de Bem Estar Social de Vale Figueira, com Exposição de Pintura «As cores da Lezíria» de Peter Balikó, XII Concurso do Arroz Doce Inter- IPSS’s do Concelho, que tem como Presidente do Júri, a Chef Justa Nobre e Jantar Solidário.

Às 22h00, há Baile com o conjunto «Opção 4», seguido de Desfile de Trajes de Papel e Danças Flamencas «Aire Flamenco».

 

A partir das 21h30, o Largo do Seminário é palco do espetáculo “All Original Scalabis”, que conta com a participação de Artur Durand, dos Vulture e dos Vira Casaca.

Artur Durand, nestes 5 anos que passou pela capital do Ribatejo, transferiu parte da sua personalidade ao Xantarim através de uma programação cultural que contou com exposições temporárias, Dj’s convidados para noites temáticas e música ao vivo, sem nunca sair da linha que sempre caracterizou aquele espaço: a música alternativa. Em 2010, Artur Durand segue para novo projeto e cria o movimento INDIEemFRENTE. A essência da escolha musical permanece, mas o local é itinerante.

 

A partir das 22h20, os Vulture sobem ao palco, com uma mistura fresca de Grunge, Rock. Os Vulture lançam-se com o seu trabalho "Doomed to Fail", produzido e gravado em Santarém, capital do Ribatejo, o que incentivou o grupo a respeitar as suas origens e a reconhecê-las em cada passo deste trabalho influenciado por detalhes geográficos e humanos exclusivos desta região do mundo.

A partir das 23h15, a música está a cargo dos Vira Casaca. Após algum tempo a confecionar as primeiras músicas, em 2014, decidiram lançar o primeiro Single intitulado, “Betinhas de Santarém”, tema que se tornou um sucesso viral. Seguiram-se arraiais universitários, salas de espetáculos e festivais de Verão, como Bons Sons e Rock in Rio Lisboa, palcos em que tiveram o privilégio de atuar. No mesmo ano sagraram-se banda vencedora do Festival de Música Moderna de Corroios. Em novembro de 2014, lançaram o segundo Single “Sexo é Fundamental”.

 

sábado:

 

Este sábado, dia 2 de julho, prossegue a XXI Feira do Arroz Doce, XII Mostra de Licores Caseiros e VI Mostra do Bolo do Noivo, no Centro de Bem Estar Social de Vale Figueira, a partir das 08h30, com Largada de Pombos, pela Associação Columbófila de Vale de Figueira) e Caminhada Saúde Mais (8 Km fácil) -Concentração Parque de Lazer do Brejo - Centro de Dia.

Às 11h00, há Rastreio TA e Glicémia, pela Farmácia Helena e a partir das 13h00, Abertura do Bar, Mercado Solidário e Sardinhada Solidária.

Às 15h00 há Torneio Livre de Sueca e outras atividades, no Parque Geriátrico/ Mobilidade (Projeto financiado pela Fundação EDP).

Às 16h00, decorre o XXI Concurso do Arroz Doce, que conta com o Chef Rodrigo Castelo e Chef Igor Martinho, como presidentes do Júri.

Às 17h00, atua o Grupo de Cantares da ASAL- Academia Sénior de Alpiarça e às 18h00, o Rancho Folclórico «Os Camponeses» de S. Vicente do Paúl.

A partir das 20h00, têm início os Jantares Solidários e às 22h00, tem início o Baile com conjunto «Opção 4» e atuação da Escola de Música «Sons do Alviela», em parceria com a Fábrica da Igreja de S. Vicente do Paúl e Danças de Salão CAS VICENTENSE. Às 24h00, decorre a entrega dos Prémios.

 

Às 10h30 e às 12h30, tem início o In.Tradição, com o Rancho folclórico de Foros de Salvaterra, numa parceria com o INATEL e procurando dar um sinal de alegria e animação ao Centro Histórico, no âmbito do Projeto “Verão In Str….é um espanto!”

 

Às 11h00, o Jardim Portas do Sol acolhe uma aula de Yoga e atividades para toda a família, numa organização da Federação Portuguesa de Yoga e a AMA – Associação Movimento Aberto, que conta com o apoio da Decathlon.

À mesma hora e também durante todo a manhã, pais e filhos vão poder jogar voleibol, futebol e badminton, numa oferta de animação desportiva da Decathlon.

 

Às 11h30 e às 12h00, há Hora do Conto, na Livraria Aqui Há Gato. Entrada livre.

Vamos ouvir histórias que nos fazem sonhar, rir, pensar e imaginar. Momentos que nos fazem acreditar que o mundo da fantasia pode estar tão perto... Dia 13 de agosto a Livraria Aqui Há Gato está encerrada.

(Duração) 30’ (Classificação) dos 0 aos 80!

 

Às 12h00 e às 13h00, há Oficinas de Arte – Natureza, na Livraria Aqui Há Gato.

A Natureza tem materiais que nem imaginamos, por isso vamos explorar a natureza e descobrir que ela nos pode oferecer muitas ideias para construir arte!

Para nos dar uma mãozinha neste processo de criatividade vamos ter a artista Fernanda Narciso no dia 2 de julho. Dia 13 de agosto a Livraria Aqui Há Gato está encerrada.

(Oficinas de Expressão Plástica, ver programa especifico em www.aquihagato.org)

(Duração) 60’ (Classificação) M/4 (Preço) 6€

 

Às 16h00, tem lugar o lançamento do Livro “1º Reitor do Santuário do Santíssimo Milagre / Manuel Francisco Borges / Na História de Santarém”, no Santuário do Santíssimo Milagre, de Martinho Vicente Rodrigues, com o seguinte programa: Momento Musical; Abertura pelo Juiz da Real Irmandade do Santíssimo Milagre de Santarém, Fernando Gonçalves Ribeiro Trindade; Breves Palavras por Ludgero António de Jesus Mendes; Intervenção do Presidente da União de Freguesias da Cidade de Santarém, Carlos António Marçal;

Apresentação do Livro “1º Reitor do Santuário do Santíssimo Milagre / Manuel Francisco Borges / Na História de Santarém”, por Martinho Vicente Rodrigues; Encerramento da Sessão pelo Presidente da Câmara Municipal de Santarém, Ricardo Gonçalves, seguido de momento musical.

 

Este Livro conta a história da “Obra Prima” de um Padre, que não pode ser, esquecida. Quadros do percurso de Homem de espírito ao longo de sessenta anos; impulsionador de grandes obras, unidades de solidariedade, valor acrescentado à comunidade religiosa. História, significado e actualidade da obra realizada e substanciada nas Igrejas: Igreja Nossa Senhora de Marvila; Igreja da Graça; Igreja de Santa Maria de Alcáçova; Igreja de S. João Evangelista; Capela do Imaculado Coração de Maria – Caneiras e Santuário do Santíssimo Milagre.

Devem referir-se as palavras do autor: “Com efeito, quantas figuras verdadeiramente excepcionais, dedicadas a erguer esta Santarém, ficaram pelo silêncio dos tempos e quantos, sem nada fazer, tiveram a honra de ficar na história. Mais recordamos aqueles, que num halo, se mistura admiração, mistério e referência.

Para tal, contribuíram as circunstâncias das quais recortamos a sua personalidade, a impor a diferença do seu grupo cultural e ainda, a distinguir-se com o seu carácter próprio, graças às experiências vividas.

O simples seminarista novato Manuel Francisco Borges, fica perante a riqueza dos saberes no Seminário de Santarém, em 1943, à luz de um intenso fervor religioso para a vida. Assim o seu amor a Santarém completa-se, ao longo de 40 anos, como Prior de Marvila e Reitor do Santuário do Santíssimo Milagre.

O presente livro demonstra, em simultâneo, que também as interpretações sobre a obra do 1º Reitor do Santuário do Santíssimo Milagre, Pe. Manuel Francisco Borges, não são obrigatoriamente únicas.

Estamos perante uma vida sacerdotal emocionante de um Homem incansável, audacioso, destemido, generoso e até implacável. A quantos sinalizou pontos orientadores para o mar da vida, ao abrir portas das Igrejas”.

Um Livro publicado pelo Santuário do Santíssimo Milagre, que teve o apoio da Câmara Municipal de Santarém, da União da Freguesias de Santarém e do Centro de Investigação Professor Doutor Joaquim Veríssimo Serrão.

 

A partir das 17h00, há FOLCLORE NA CIDADE - Festival organizado pelo Grupo de Danças e Cantares Ribatejanos, integrado no Projeto “Verão In Str….é um espanto!”. Os grupos participantes no Festival concentram-se no Largo do Seminário, para partir em desfile, a caminho do Jardim Portas do Sol. Às 18h00, no Auditório do Jardim, tem início o Festival, em que participam o Rancho folclórico Santiago de Rebordões, do Porto; o Grupo Cultural Verde de Pinheiro da Coja, Tábua, o Rancho Folclórico “Estrelas do Arnóia”, de Óbidos e o rancho anfitrião.

 

Às 21h30, a Performance “Prado de Fundo”, sobe ao palco do Teatro Sá da Bandeira.

 

“Comprei uma moldura. E só depois tirei a fotografia.

É uma questão de confiança. Pode confiar-se numa moldura, já numa fotografia…

Partindo do universo d’O Cerejal, de Anton Tchekov, procuramos explorar a fotografia e o seu poder representativo apaziguador que prova desesperadamente a veracidade dos eventos vividos. Mesmo aqueles que não aconteceram.

Prado de Fundo pretende questionar a infalibilidade da memória e da documentação no ato teatral.

É a revelação dos cantos da fotografia que ficam escondidos pela moldura.

Será algo menos real porque não o vemos?”

Ficha Técnica: Criação e Interpretação: Ana Sampaio e Maia, Cátia Tomé, Ivo Silva, Ricardo Teixeira e Rita Morais | Criação e Vídeo: João Cristóvão Leitão | Luz: Sara Garrinhas | Comunicação: Tiago Mansilha |Produção: SillySeason

Apoio: Artistas Unidos, CCVF, O Espaço do Tempo, Rua das Gaivotas6, Polo Cultural das Gaivotas, Cão Solteiro e Teatro Praga | Projeto financiado por Direção-Geral das Artes e Fundação GDA

(Teatro) (Duração) 80’ (Classificação) M/12 (Preço) 5€

 

Às 21h30, tem lugar a Serenata Monumental de Santarém, nas Escadarias do Seminário (Praça Marquês Sá da Bandeira – Largo do Seminário), organizada pelo Grupo de Guitarra e Canto de Coimbra do Centro Cultural Regional de Santarém, que conta com a participação do Grupo “Campa Rasa”, FADVOCAL, Grupo de Fados "INSÍGNIA" e do Grupo de Guitarra e Canto de Coimbra do CCRS.

 

Nos 31 anos do Grupo de Guitarra e Canto de Coimbra do Centro Cultural Regional de Santarém, o Grupo oferece à cidade de Santarém uma Monumental Serenata nas Escadarias do Seminário.

Org. Grupo de Guitarra e Canto de Coimbra do CCRS | Apoio: CMS

 

À mesma hora, a peça de Teatro “Absolutamente Fabulosos”, sobe ao palco da Sociedade Recreativa Operária do Vale de Santarém, com Catarina Matos, Luís Aleluia e Noémia Costa.

Para reservas e/ou informações, contacte a Sociedade Recreativa Operária do Vale de Santarém, através do telemóvel: 964 251 868.

 

Às 22h00 há Música ao Vivo com os Cork - Happy Hour Trio, na Música Velha, em Pernes – Sociedade Recreativa e Filarmónica Pernense, com abertura da Esplanada.

 

Em permanência:

 

Até dia 16 de julho, visite a Exposição “Retratos e paisagens de uma época”, de Maria da Conceição Coelho expõe “, na Casa Pedro Álvares Cabral/Casa do Brasil, de terça-feira a sábado, das 09h00 às 12h30 e das 14h00 às 17h30.

 

Maria da Conceição Pires Coelho, retratista de pessoas e de paisagens, “capta a alma de um momento no momento em que o faz. Em desenho, no caso das pessoas, em pastel de óleo, no caso das paisagens. Alguns retratos e algumas paisagens transformam-se em pinturas.

 

As suas obras espelham e refletem uma época e o que nela sentiu e viveu, a singular personalidade que as executou. Esta exposição é uma oportunidade para conhecer o trabalho desta artista e nos reencontrarmos com o nosso próprio tempo”.

A artista, que já ultrapassou os 80 anos, e está representada em vários museus do País e em muitas coleções privadas em Portugal e no estrangeiro, é natural da Ilha de São Miguel, nos Açores e tem o Curso Superior de Pintura pela ESBAL – Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa e Doutoramento em História da Arte pela Universidade Católica de Milão, Licenciatura em Direito pela Universidade Clássica de Lisboa.

 

Até dia 31 de agosto, visite o Arquivo Histórico Municipal-Mostra Documental

“Falam documentos de outras eras”, na Biblioteca Municipal Anselmo Braamcamp Freire, de segunda a sexta-feira, das 09h30 às 18h00.

 

Livro para se registarem as propostas das Capitanias das Ordenanças da Capitania Mor desta Villa.

Santarém 23 de Agosto de 1814. Assinado por José Salinas de Benevides, Capitão Mor.

Em vereação de 11 de junho de 1814 foi apresentada proposta dos oficiais para dois postos vagos de capitães das ordenanças pertencentes à capitania mor desta vila.

 

Até dia 31 de agosto, visite a Coleção de arte contemporânea ‘Manuela de Azevedo’ - XXV Destaque da coleção de arte contemporânea Manuela de Azevedo, na Biblioteca Municipal Anselmo Braamcamp Freire, de segunda a sexta-feira, das 09h30 às 12h30 e das 14h00 às 17h30.

 

Na Casa-Museu Anselmo Braamcamp Freire encontra-se em exposição parte do espólio artístico de Manuela Ferreira de Azevedo, doado à Câmara Municipal de Santarém no final da década de 80, espólio esse que contempla reconhecidos artistas nacionais e internacionais.

De 1 de julho até ao final setembro está em destaque trimestral uma obra da autoria de Carlos Botelho: Recantos de Lisboa, serigrafia a cores s/ papel, datada de 1979.

 

Até dia 31 de agosto, também pode visitar a Mostra Bibliográfica - Vamos Ler … William Shakespeare (1564-1616) – 400 anos da Morte, na Biblioteca Municipal Anselmo Braamcamp Freire, de segunda a sexta-feira, das 09h30 às 18h00.

 

No ano em que se comemoram os 400 anos da Morte de Shakespeare, a Biblioteca Municipal de Santarém associa-se à efeméride com uma exposição bibliográfica evocando a obra deste reconhecido autor. Shakespeare, conhecido como um dos grandes e importantes dramaturgos escritores de todos os tempos, de nacionalidade inglesa, veio a falecer no ano de 1616 ficando sepultado no cemitério de Stratford (Inglaterra).

Além de autor também se distinguiu como um bom ator fazendo parte de uma companhia de teatro “O Globo” onde permaneceu durante cerca de 15 anos, acabando por ser o sustentáculo da mesma. Escreveu intensamente, enquanto elemento ativo da Companhia com cerca de duas peças por ano.

Da sua vasta obra destacamos a principal qualidade positiva de Shakespeare que é a vastidão do seu mundo artístico que abrange todos os aspetos da vida.

 

A Sala de Leitura Bernardo Santareno, acolhe, até dia 31 de agosto, a Exposição “Joshua Benoliel- Repórter Parlamentar, 1906-1924”, que pode ser visitada de segunda a sexta-feira das 09h30 às 18h00.

 

A Exposição Itinerante da tutela do Museu da Assembleia da Republica e intitulada “Joshua Benoliel Repórter Parlamentar 1906-1026” que  reúne um conjunto de curiosos  registos fotográficos da autoria deste repórter parlamentar, com destaque para um período marcante da vida política nacional - 1906 a 1924, vai estar patente em Santarém na Sala de Leitura Bernardo Santareno de 15 junho a 31 de agosto.

Dos vários aspetos reportados nas fotos em exposição, destacamos a figura de Anselmo Braamcamp Freire que exerceu funções como Presidente da Assembleia Constituinte, senador e Presidente do Senado. Foi como Presidente da Assembleia Constituinte que Braamcamp Freire a 21 de Agosto de 1911 promulga a 1ª Constituição Republicana

 

Até dia 24 de setembro, o projeto “Mondrian - fazendo arte” pretende, através da leitura de obras de Piet Mondrian (pintor modernista do séc. XX), oferece ao público infantil, Oficinas de Arte com trabalhos manuais diversos. As oficinas decorrem no Centro Histórico de Santarém e contam com: Teoria das cores (linguagem acessível ao público infantil); Atividades artísticas e criativas em diversos suportes (pintura, colagem, montagem | papel, tecido, painéis).

Em setembro, no final do projeto, todos os trabalhos desenvolvidos pelas crianças, com a orientação da Arquiteta e Artista Plástica Sandra Valença Conde, participam numa exposição aberta ao público. Do movimento In.Artes do programa Verão In.Santarém é um espanto "Mondrian - fazendo arte", atua com crianças a partir dos 6 anos de idade. Informações e Inscrições, através do e-mail: arqsandraconde@gmail.com

 

Aproveite para visitar o Centro de Interpretação - Urbi Scallabis – USCI, no Jardim Portas do Sol, de quarta-feira a domingo, das 09h00 às 12h30 e das 14h00 às 17h30. Para mais informações, contacte o telefone: 243 357 288.

Instalado no Jardim Portas do Sol, o Centro de Interpretação Urbi Scalabis concilia, de forma harmoniosa, a dimensão turística e a vertente científica, fruto de um aprofundado trabalho de estudo e investigação.

 

Visite o Núcleo Museológico do Tempo - Torre das Cabaças, com destaque para o Relógio Solar da Torre, de quarta-feira a domingo, das 09h00 às 12h30 e das 14h00 às 17h30, sob marcação através do telefone: 912 578 970.

«A invenção do relógio mecânico, no terceiro quartel do século XIII (c. 1271), exerceu um papel essencial na transformação da consciência do tempo e das mentalidades medievais, sobretudo a partir dos séculos XIV e XV.  O novo invento teve por base o escape e um motor regular, tendo sido posteriormente associado ao toque de sinos. A sua utilização difundiu-se nas urbes da Baixa Idade média, como em Lisboa, com o relógio da Sé, ou Santarém, onde o Cabaceiro fez a sua aparição ainda em Quatrocentos.

No século XVI, em pleno Renascimento, inventa-se o relógio de molas, mais eficaz, a que nobres, bispos e reis vão ter acesso através dos contributos dados por ferreiros, serralheiros, astrónomos e matemáticos. Porém os relógios de base astronómica não desapareceram, como o atesta o quadrante solar da Torre das Cabaças, datado de 1596. A sua existência era fundamental em face da relativa precisão das engrenagens, onde as discrepâncias temporais eram frequentes.

O relógio solar da Torre é um objecto horizontal, semiesférico, de periferia gomeada e sem estilete. O mostrador mostra três círculos concêntricos: os dois primeiros delimitam os traços das meias horas e o último regista os algarismos das horas.

A tipologia deste quadrante encontra paralelos em Portugal, como no caso da ‘pedra de horas’ da Quinta da Torre de S. João de Ver, em Santa Maria da Feira. A sua função era acertar os mecanismos horários mais complexos, de base mecânica, os pioneiros da horologia de engrenagens.»

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 15:17
link do post | favorito

Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

pesquisar
 
Outubro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
12


21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


posts recentes

TEMAS DE SAÚDE:

Intimidade

Município de Santarém co-...

Câmara Municipal de Salva...

REMODELAÇÃO DA SINALIZAÇÃ...

Análise de investimento r...

Santarém – Prisão prevent...

ENSINO SUPERIOR NO DISTRI...

Entroncamento comemora o ...

CARTAXO REFORÇA APOIO À V...

Conversas com Café… Comun...

Branca de Neve e os Sete ...

Dia Mundial da Alimentaçã...

Concursos Nacionais no CN...

A renovada Sinagoga de To...

Temporada da Música 2019

NERSANT está em Macau a p...

Centro Cultural Azambujen...

Tomar recebe Seminário Na...

Grupo Tradicional "Os Cas...

Município de Azambuja com...

Anselmo Borges em Tomar d...

Arranque do ano letivo 20...

CONSTRANGISMENTOS E EVENT...

Lançamento do Guia Percur...

Município do Cartaxo cele...

Município do Cartaxo cele...

Discoteca Lipp’s reabre p...

FESTA DAS VINDIMAS EM VIL...

Exposição e concerto evoc...

arquivos

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

tags

todas as tags

subscrever feeds