NOTICIAS DO RIBATEJO EM SUMARIO E ACTUALIZADAS PERIODICAMENTE - "A Imparcialidade Na Noticia" - UMA REFERÊNCIA NA INFORMAÇÃO REGIONAL -
Sexta-feira, 20 de Abril de 2018
Aproveite o que Santarém tem para lhe oferecer este fim de semana

CARTAZFestival de Letras de STR_v4

 

 

sexta-feira:

 

 

Esta sexta-feira, dia 20 de abril, tem início o Torneio Padel: 35º Aniversário Santarém, nos Campos de Padel do Clube de Ténis de Santarém.

Etapa da competição federada de Padel Tour 2018, da Federação Portuguesa de Padel, com competição nas categorias M2, M3, M4 e F2, F3, F4 da classe 1.250.

 

 

sábado:

 

 

Este sábado, dia 21 de abril, das 09h00 às 19h00, tem lugar a 7ª Etapa Circuito Smashtour (Sub7, Sub9 e Sub10), nos Campos de Ténis do Clube Ténis de Santarém.

Coordenado pelo Programa Nacional de Deteção de Talentos (PNDT), este circuito acompanha as diretrizes ITF (Tennis 10’s) e é composto por provas para os escalões Vermelho (dos 5 aos 7 anos), Laranja (dos 7 aos 9 anos) e Verde/Sub10 (dos 8 aos 10).

 

Às 10h00, tem início o Festival de Letras de Santarém - FLS 2018, na Casa do Campino, com dia dedicado ao Agrupamento de Escolas Dr. Ginestal Machad, organizado pela Câmara Municipal de Santarém. Às 11h00, tem lugar a cerimónia de abertura do FLS, com a apresentação de artes de rua pelos alunos do Curso Profissional de Artes do Espetáculo da Escola Secundária Dr. Ginestal Machado.

Das 13h00 às 20h00, tem lugar a Ludoteca – Vamos Brincar. A Escola Superior de Educação de Santarém desafia as crianças e os seus familiares a brincar, num espaço dedicado, não só à brincadeira, como à aprendizagem. Entrada gratuita.

Das 15h00 às 17h00, tem lugar o Workshop “Criação de Postal Pop-Up” [Marco Taylor] (marcação prévia por parte da comunidade escolar para o e-mail: fls2018@cm-santarem.pt). Entrada gratuita.

Às 15h00 e às 16h30 tem lugar o WORKSHOP - Criação de Postal Pop-Up, para crianças com mais de 6 anos, dinamizado por Marco Taylor, professor de Educação Visual e Educação Tecnológica, e também autor de vários livros e vencedor do concurso “Escrita Solidária 2014”, promovida pela MGEN, com o conto “O homem que carregava pedras”. Em 2016 o seu livro “Abílio” foi nomeado para o prémio “Melhor Ilustração de Livro Infantil”, no Amadora BD 2016.

Não perca a oportunidade de criar um postal, onde a dobradura do papel, ao saltar do seu interior, surpreenderá quem o abrir. Entrada gratuita.

 

Público-alvo: +6 anos

Limite Máximo de Pessoas: 10 (por sessão)

Horário: 15:00-16:30 | 16:30-18:00

Local: Casa do Campino

Entrada Gratuita

Observações: Necessita de inscrição | Contacto: fls2018@cm-santarem.pt

 

Às 18h30 tem lugar a apresentação do Livro Hora do Escritor - “Tomada de Ceuta, Reconquista da Paz” da autoria de Ana Pombo, Helena Nogueira, João Barroso, Miguel Raimundo, Renato Martins, Nuno Vicente e prefácio de Samuel Pimenta.

 

 

À mesma hora tem lugar a Palestra “As Obras Básicas”, organizada pela Federação Espírita Portuguesa, editora presente no Festival de Letras de Santarém. Entrada Gratuita

 

O Festival de Letras de Santarém convida-o a assistir à apresentação de duas coletâneas: “Abril depois de Abril” e “Tomada de Ceuta, Reconquista da Paz”. A primeira, foi escrita por cinco autores, todos filhos da revolução dos cravos, Helena Nogueira, Miguel Raimundo, Pedro Nunes, Samuel Pimenta e Valentina da Silva Ferreira e prefácio de Álvaro Cordeiro. Juntos, comemoram os 40 anos do 25 de Abril em forma de contos. A segunda, surge 600 anos após a conquista de Ceuta pelos Portugueses pela mão de seis autores, Ana Pombo, Helena Nogueira, João Barroso, Miguel Raimundo, Renato Martins, Nuno Vicente e prefácio de Samuel Pimenta. Não perca as histórias, as memórias e os vislumbres de futuro destes autores no seu regresso a Ceuta.

 

A leitura do mundo influencia a leitura da palavra, e vice-versa, e mesmo considerando que a leitura das palavras não é a única forma de leitura possível, não podemos negar que ela está atrelada profundamente ao mundo do conhecimento.

O conhecimento contido nas páginas dos livros passou a relacionar-se, no imaginário coletivo, com a ideia do trabalho intelectual exercido por poucos homens que possuíam a poderosa arte da escrita. Lembramos os românticos Almeida Garrett, Frederico Francisco de la Figanière e Alexandre Herculano que, com a fineza da sua escrita, souberam transmitir nas suas viagens pela urbe histórica de Santarém, todo o seu genius loci (espírito do lugar).

A literatura estimula a criatividade e o pensamento crítico e, desta forma, torna-se um fator importante na nossa formação intelectual. Na era digital da sociedade contemporânea, as experiências de leitura transpõem o livro impresso e abrem-se ambientes virtuais, numa cultura de interação em tempo real.

Por forma a fomentar todo o potencial literário scalabitano, o Município de Santarém vai realizar o Festival de Letras de Santarém (FLS2018), um desafio que pretende fomentar hábitos culturais na difusão do livro e da leitura, na criação de contactos entre público e autores e na promoção de uma grande festa do livro e da leitura, que tem no livro o seu protagonista.

As parcerias estratégicas criadas com o Instituto Politécnico de Santarém (Escola Superior de Educação e Escola Superior de Desporto), os agrupamentos escolares e as escolas profissionais do concelho, revigoram a importância da utilização do potencial educativo e cultural da cidade na construção de uma cidadania ativa e responsável, intensificando práticas de desenvolvimento local que se coadunam com o ideal da aprendizagem ao longo da vida.

O FLS2018, também com uma vertente inclusiva, vai funcionar no claustro da Casa do Campino, num espaço coberto que conta com áreas preparadas para stands de editores e atividades formativas, de lazer e animação

 

A partir das 15h00, tem início a 6ª Edição W Shopping Scalabis Night Race, com início no Jardim da Liberdade.

A corrida tem um percurso de aproximadamente 10 km, com partida e chegada no Jardim da Liberdade e uma caminhada, a Mini Race, com cerca de 5 km. Para os mais jovens, a partir das 15h00, existe um conjunto de provas, que formam a corrida Kids Race. Às 15h00 tem início a Kids Race, às 19h00, a Mini Race, e às 21h00, a W Shopping Scalabis Night Race.

Durante a prova, os atletas são presenteados com grupos musicais a atuar em pontos estratégicos, campinos, fandango, vinho tinto, pampilhos e bifanas.

A terminar a noite, pelas 22h00, junto à meta, no Jardim da Liberdade, tem lugar um Grande Concerto de Tributo aos QUEEN - Live Tribute Show. Logo a seguir ao fogo de artifício. Uma celebração em grande da música dos lendários Queen.

Podem contar com clássicos como "I Want To Break Free", "Radio Ga Ga", "We Will Rock You", "We Are The Champions" e "Love Of My Life" vão transportar o público pelas várias fases da brilhante história dos Queen.

Esta iniciativa é organizada pela Associação Scalabis Night Runners Club, com o apoio do W Shopping e da Câmara Municipal de Santarém.

 

Às 21h30, o Teatro Sá da Bandeira passa o Filme “Soldado Milhões”, de Gonçalo Galvão Teles, Jorge Paixão da Costa, com Miguel Borges, João Arrais, Carminho Coelho, Lúcia Moniz, Graciano Dias. Esta iniciativa é organizada pelo Cineclube de Santarém, e conta com o apoio da Câmara de Santarém.

 

Um herói desconhecido. Um Portugal esquecido. Uma guerra sem preparação. Umas Trincheiras em França. A coragem de um português, alimentada a castanhas. As aventuras de um Sol dado de nome Milhais, mas que vale Milhões. Um filme para homenagear o centenário da entrada de Portugal na 1ª Guerra Mundial.

Título original: Soldado Milhões | | Com: Miguel Borges, João Arrais, Carminho Coelho, Lúcia Moniz, Graciano Dias | Género: Guerra | Outros dados: POR, 2018, Cores.

(Cinema) (Classificação) M/12 (Preço) 5€/2,5€ sócios cineclube

Reservas: cineclubedesantarem@gmail.com | Mais informações: 243 309 460 (TSB)

 

domingo:

 

 

Este domingo, dia 22 de abril, o Festival de Letras de Santarém abre às 10h00, e dedica o Dia ao Instituto Politécnico de Santarém abre às 10h00.

Das 10h30 às 20h00, “Vamos Brincar”A Ludoteca da Escola Superior de Educação de Santarém, desafia as crianças e os seus familiares a brincar, num espaço dedicado, não só à brincadeira, como à aprendizagem.

Às 10h30 há aula de Zumba Fitness, com Délia e Pedro Domingos.

convida todos os praticantes de zumba e desafia aqueles que ainda não experimentaram esta disciplina, que combina coreografias de dança e exercícios cardiovasculares, a vir dançar com Délia e Pedro Domingos numa aula aberta.

Às 11h30, há YOGA. Histórias contadas com o corpo” [Marta Cóias, Sattva Yoga Studio].

O Festival de Letras de Santarém convida todos os praticantes de yoga e desafia aqueles que nunca experimentaram esta prática, a vir contar histórias com o corpo com a Marta Cóias. Praticante de yoga há quase 20 anos, passou por praticamente todos os estilos de Yoga até que, há uns anos atrás, encontrou o seu estilo de eleição - Iyengar Yoga. Nessa altura já lecionava aulas de Hatha Yoga tradicional, mas a partir desse momento, mudaram completamente de estrutura e tom.

 

Às15h00, tem lugar a Comemoração do Dia Mundial da Terra com a palestra “Geossítios do Concelho de Santarém” [Olímpio Martins & Lia Mergulhão, ICNF].

No dia Dia Mundial da Terra, o Festival de Letras de Santarém vai contar com a presença de Olímpio Martins e Lia Mergulhão, do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, numa palestra que nos fará viajar, não só ao interior da Terra, através das grutas do Parque Natural das Serras de Aire e Candeeiros, como ao Jurássico Médio, altura em que os dinossauros por aqui passaram.

 

Às 16h30, tem lugar a Palestra “O que é o Espiritismo”, apresentada pela Federação Espírita Portuguesa, editora presente no Festival de Letras de Santarém vai realizar a palestra “O que é o espiritismo”.

 

Às 18h30, tem lugar a Horas do Escritor, com apresentação do Livro “Entre Monstros e Dragões”, da autora R. C. Vicente.

O Festival de Letras de Santarém convida-o a assistir à apresentação da antologia “Entre Monstros e Dragões”, por muitos, considerada uma das melhores obras da literatura fantástica portuguesa. A coordenadora desta coletânea, a autora R. C. Vicente, vencedora de dois prémios literários, com trabalhos publicados em antologias e coletâneas e duas obras editadas, faz-se acompanhar por outros autores, que se uniram neste projeto, que o farão viajar num mundo fantástico, cheio de monstros e dragões.

 

Às 21h30, tem lugar a atuação da Sal&Tuna - Tuna feminina da Escola Superior de Desporto de Rio Maior. Criada no ano letivo 2005/2006, promete trazer muita animação ao Festival de Letras de Santarém, com canções contagiantes impregnadas do espírito de tuna.

 

Em permanência:

 

Até dia 28 de abril, visite a Exposição “Santarém Cidade em Crescente”, na Casa Pedro Álvares Cabral / Casa do Brasil, de terça-feira a sábado, das 09h00 às 12h30 e das 14h00 às 17h30.

A exposição apresenta-se como uma proposta de leitura do espírito do lugar (genius loci), partindo de uma matriz identitária de base geográfica (mediterrâneo oriental – ‘crescente fértil’) e sublinhando a dimensão mnemónica da sua paisagem cultural.

A mostra combina objetos museológicos com imagens e instalações de arte contemporânea, apostando fortemente na componente sensorial, experiencial e multimédia.

O discurso expositivo aborda temáticas diversificadas, muito ligadas com o fundo cultural da região, destacando a importância da agricultura (vinho, azeite e cereais), do touro e do cavalo, do rio e da lezíria. Paralelamente, explora as vertentes simbólico-religiosas, particularmente as ligadas à fertilidade - ‘paisagem da abundância’. Finalmente, interpreta a importância local e o simbolismo e a religiosidade das águas, presentes no mito de Santa Iria.

 

Até dia 30 de abril tem lugar a Exposição “Bora pintar o cabaceiro”, na Loja do Cidadão. A Exposição pode ser visitada de segunda a sexta-feira, das 09h00 às 18h00.

O Museu Municipal de Santarém convidou a comunidade escolar Scalabitana a participar num concurso criativo (650 participantes) no qual foi desafiada a trabalhar artisticamente o tema “O Tempo” sobre a forma prismática daquele que é um dos elementos arquitetónicos mais conhecido e emblemático de Santarém: a velha Torre das Cabaças. Os mais originais e criativos projetos, transpostos para 14 modelos tridimensionais do Cabaceiro, são dados a conhecer numa exposição. Venha conhecer o olhar das camadas mais jovens sobre aquela que é a nossa herança cultural.

 

Até dia 30 de abril, visite a Mostra Documental “Falam documentos de outras eras”, na Biblioteca Municipal Braamcamp Freire. Esta mostra pode ser visitada de segunda a sexta-feira, das 09h30 às 18h00.

 

Termode Francisco Lorensso/ datojoza de 60@ de trigo/ e 60@ desevada.

Aos Sinco dias domes denovembro/ de mil esetesentos annos neste Sillei/ rodealcanhois perante mim escri/vão Resebeo Francisco Lorensso da tojoza/ dasmaos doRendeiro joseph da Ro/za Ferreira […].

 

No lugar de Alcanhões localizava-se o Celeiro da Vila de Santarém e suas anexas, nos anos de 1699 a 1707. Estava confiado ao Rendeiro, Joseph da Rosa Ferreira e ao escrivão, Francisco Gomes Gonçalves. Os lavradores assinavam o termo de levantamentos das sementes e, as condições de pagamento das mesmas.

 

Até dia 30 de abril, visite a Mostra Bibliográfica “Dia Mundial da Vida Selvagem”, na Biblioteca Municipal Braamcamp Freire. Esta mostra pode ser visitada de segunda a sexta-feira, das 09h30 às 18h00.

Comemoramos a efeméride “Mundial da Vida Selvagem” com o objetivo de celebrar a fauna e a flora do planeta, cada vez mais ameaçados, alertar para os perigos do tráfico de espécies selvagens e relembrar o contributo das plantas e dos animais selvagens para o desenvolvimento sustentável e bem-estar da humanidade.

 

Até dia 30 de abril, visite a Mostra Bibliográfica Vamos ler… Manuel Alegre”, patente na sala de Leitura Bernardo Santareno, que pode ser visitada, de segunda a sexta-feira das 09h30 às 18h00 e sábados das 09h30 às 12h30.

 

Natural de Águeda (1936), Manuel Alegre conhecido pelo poeta da liberdade, desde muito jovem integrou grupos de oposição de estudantes ao Salazarismo. Foi preso pela PIDE em 1963 e, em 1964, exila-se em Paris, tendo regressado a Lisboa em maio de 1974.

Para além da atividade politica, salienta-se no labor literário como poeta e ficcionista. De entre a sua vasta obra, salientam-se as obras “Praça da Canção (1965) e “O Canto e as Armas” (1967) livros apreendidos pela censura, e que, mais tarde, acabaram por terem uma venda de mais de 100 000 exemplares, obras marcadamente emblemáticas da luta pela liberdade.

Manuel Alegre tem sido distinguido por inúmeras condecorações e medalhas e no ano 2017 recebeu o prémio Camões e foi doutorado “honoris causa” pela Universidade de Pádua.

 

Visite a Exposição Coleção de arte contemporânea ‘Manuela de Azevedo’, até dia 30 de abril, na Biblioteca Municipal Anselmo Braamcamp Freire. A Exposição pode ser visitada de segunda a sexta-feira, das 09h30 às 12h30 e das 14h00 às 17h30.

Na Casa-Museu Anselmo Braamcamp Freire encontra-se em exposição parte do espólio artístico da jornalista Manuela Ferreira de Azevedo, doado à Câmara Municipal de Santarém no final da década de 80, espólio esse que contempla reconhecidos artistas nacionais e internacionais.

De 2 de abril até ao final de junho está em destaque trimestral uma obra da autoria de Cruzeiro Seixas: “Sem Título”, Serigrafia a preto e branco s/ papel, datada de 1980.

 

Visite o Núcleo Museológico do Tempo - Torre das Cabaças, com destaque para o Relógio Solar da Torre, de quarta-feira a domingo, das 09h30 às 12h30 e das 14h00 às 17h30 (sob marcação através do telefone: 243 377 290 ou 912 578 970.

“Segmento de fuste de coluna com altos-relevos nas duas faces opostas. Numa encontra-se o brasão oitocentista das armas da Vila de Santarém e na outra em quadrante solar, vertical e retangular sem estilete, com orientação a meridional (quadrante meridiano). O relógio de sol encontra-se datado e a numeração das partes do dia (horas) foram insculpidas em capitais romanos, pelo processo de sulco, na sequência das linhas divisórias.

O brasão de Santarém, documentado na sigilografia desde 1246, encontra-se presente em vários testemunhos da arquitetura civil, como a ponte de Alcorce, o Chafariz de Palhais ou das Figueiras, o padrão de Santa Iria ou a Fonte da Junqueira. Testemunhando o domínio da propriedade municipal, a partilha de despesas entre o município e a coroa, a ostentação ou a comemoração dos seus emblemas (o castelo e o rio e escudetes régios), ele constitui uma fonte essencial para a história concelhia e para a identidade das suas populações no tempo e no espaço”.

 

Visite o Centro de Interpretação Urbi Scallabis – USCI, no Jardim Portas do Sol, de quarta-feira a domingo das 09h15 às 12h30 e das 14h00 às 17h15.

“Instalado no Jardim Portas do Sol, o Centro de Interpretação Urbi Scalabis concilia, de forma harmoniosa, a dimensão turística e a vertente científica, fruto de um aprofundado trabalho de estudo e investigação.

A área expositiva oferece uma fácil abordagem no domínio inovador da interatividade, que permite, à distância de um toque digital, identificar e localizar o valor do património arquitetónico, a riqueza da tumulária, a abundância da heráldica e a qualidade da azulejaria que a cidade ostenta e que, muitas vezes, os escalabitanos e os turistas desconhecem”.



publicado por Noticias do Ribatejo às 18:21
link do post | comentar | favorito

pesquisar
 
Maio 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
12

19

22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


posts recentes

EXPOSIÇÃO “PINTAR SALVAT...

EXPOSIÇÕES CANINAS DECORR...

Câmara de Santarém atribu...

Chamusca – Prisão prevent...

Aldeia cria prémio literá...

NERSANT explica como impl...

Desalento

TEMAS DE SAÚDE: Doenças C...

Aproveite o que Santarém ...

JOVENS TOMAM POSSE NA ASS...

arquivos

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

tags

todas as tags

subscrever feeds