NOTICIAS DO RIBATEJO EM SUMARIO E ACTUALIZADAS PERIODICAMENTE - "A Imparcialidade Na Noticia" - UMA REFERÊNCIA NA INFORMAÇÃO REGIONAL -
Quinta-feira, 29 de Outubro de 2020
      Câmara  Municipal de Abrantes/reunião de 27 de Outubro de 2020

 

abrantes-camara-fachada.jpg

 

 

 

Período Antes Ordem Dia

 

 

01-Barreira na Rua General Humberto Delgado

 

Esta rua é o único acesso à Escola Dr. Manuel Fernandes e tem um velho problema com derrocadas de pedras e outros elementos. É incompreensivel como é que o executivo de maioria PS ainda não conseguiu resolver a situação. Atualmente o passeio do lado direito no sentido Abrantes-escola tem grades de proteção como medida de segurança para impedir a circulação de crianças sob pena de serem atingidos por alguma derrocada mas as grades não impedem que a mesma atinja a faixa de rodagem.

Face ao exposto pergunto, mais uma vez, o que está a impedir a consolidação da respetiva barreira pois está em causa a segurança publica?

Faço a mesma pergunta em relação à barreira, junto ao Tribunal,  na Avenida Dr. Francisco  Sá Carneiro, via onde também circulam crianças pois é um dos acessos à Escola D. Miguel de Almeida.

 

02-Ribeira de Amoreira na Freguesia de Rio de Moinhos

 

 A ribeira de Amoreira sofreu também os efeitos da devastação provocada pela depressão Elsa em Dezembro de 2019. Destruiçãa das margens, de um açude que servia para regar num certo percurso e mudança do curso da ribeira que agora corre por terrenos de duas propriedades fora do seu leito natural.

Além de materiais depositados  muita vegetação cresceu rápidamente tornando impossivel tratar os terrenos. E esta situação ocorre, pelo menos em cerca de 400, 500 metros que foi o troço que percorremos. 

Face ao exposto, pergunto se o executivo de maioria PS tem conhecimento desta situação, se já se deslocou ao local e se deu conhecimento à Agência Portuguesa do Ambiente. É certo que os proprietários, se no passado suportaram a despesa,  desta vez não poderão suportar a regularização do leito e margens e é previsível que com a chegada da época das chuvas os danos aumentem.

 

03-Transporte escolar

 

Mais uma vez se alerta que a lotação de alguns autocarros não permite cumprir minimamente a distância física entre utentes entre os quais a maioria são alunos. Falo no percurso Vale das Mós-Abrantes, Tramagal-Abrantes e também autocarros urbanos.

Também existem relatos de autocarros da Rodoviária do Tejo que não estão a cumprir os percursos na totalidade. Nomeadamente em aldeias onde existem diversas paragens optam pelo caminho mais curto deixando os utentes a centenas de metros das paragens de origem e outros esperam o autocarro mais ele não aparece casos acontecidos em São Facundo e Ramalhais, Vale das Mós. São situações que têm que ser resolvidas até porque a época das chuvas está à porta.

 

04-Feira de S. Matias

 

Faltam só cinco meses para a Feira de S. Matias e ainda que a mesma possa a  não se realizar, urge preparar o espaço para a mesma sob pena de ter que voltar ao Aquapólis Sul, a um espaço que em nosso entender não tem as condições adequadas para assegurar um evento que se quer de continuidade e reforço de número de feirantes e diversidades de atividades.

Não vale a pena ignorar que o espaço dos últimos anos é muito dificil de gerir ao nivel do fornecimento de electricidade, água e a disposição em uma única rua retira identidade à forma como se organiza este evento.

No PUA, salvo erro, existe um espaço contiguo ao Tecnopolo que está destinado à feira, pelo que é nossa opinião que o executivo de maioria PS deve  avançar para um espaço definitivo de forma a que o Municipio de Abrantes possa oferecer um espaço condigno tanto a feirantes, como a visitantes e até aos funcionários da Câmara que têm que zelar pelo regular funcionamento da Feira de S. Matias.

 

05-Edificio do antigo Mercado Diário de Abrantes

 

Estamos a chegar ao Inverno e não se vislumbra qualquer movimentação que possa dar uma nova cara ao exterior do antigo Mercado Diário de Abrantes.

Três meses foi a promessa do Sr. Presidente da Câmara para se fazer uma intervenção. Já passou u, dois anos? Não sei…

Será que passará mais um Inverno sem que essa intervenção se efetue?

Não será tempo do executivo de maioria PS propor a revisão do PUA alterando o texto que estipula a demolição do edificio?

Por: Armindo Silveira, Vereador do BE na Câmara Municipal de Abrantes

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 14:56
link do post | comentar | favorito

pesquisar
 
Novembro 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
14

21

22



posts recentes

Município de Azambuja pro...

NERSANT capacita empreend...

Ela é whisky numa xícara ...

Professora, hoje atrasas...

      Câmara  Municipal d...

APRESENTAÇÃO DA OBRA VENC...

Santarém celebra o Dia In...

Rede de Bibliotecas Munic...

SUSPENSÃO NO ABASTECIMENT...

Ribatejo Trade Market até...

Benavente – Dezenas de ar...

Benavente – Dezenas de ar...

PS reprovou o Plano Espe...

NERSANT realiza duas ediç...

Município de Azambuja par...

Câmara Municipal de Salva...

CARTAXO: INSCRIÇÕES PARA ...

Município de Azambuja org...

A FEIRA DO LIVRO USADO VA...

Santarém reconhece 741 al...

AZAMBUJA: Seminário "O va...

CÂMARA MUNICIPAL DO CARTA...

SUSPENSÃO NO ABASTECIMENT...

Carta aberta a todos os D...

Câmara Municipal de Salva...

Executivo Municipal de Az...

Galeria Municipal acolhe ...

II FÓRUM CULTURAL DE ARRU...

A CÂMARA MUNICIPAL ESTABE...

CARTAXO: UNIDADE MÓVEL DE...

tags

todas as tags

arquivos

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

DIRECTOR/rRESPONSÁVEL: António Centeio
Rua do Jardim, 2090-078 Alpiarça Telemóvel: 933 088 759
subscrever feeds