NOTICIAS DO RIBATEJO EM SUMARIO E ACTUALIZADAS PERIODICAMENTE - "A Imparcialidade Na Noticia" - UMA REFERÊNCIA NA INFORMAÇÃO REGIONAL -
Terça-feira, 3 de Junho de 2014
CARTAXO: BOMBEIROS DE CINCO CORPORAÇÕES REALIZARAM EXERCÍCIOS EM CONTEXTO DE FOGO REAL NO CARTAXO

Simulacro de incêndio em habitação de dois pisos foi o culminar da formação que decorreu no quartel dos Bombeiros do Cartaxo

 

 

No quartel dos Bombeiros Municipais do Cartaxo, realizou-se no dia 1 de junho um exercício de incêndio urbano, em contexto de fogo real.

 

A operação envolveu 15 bombeiros das corporações do Cartaxo, Rio Maior, Alcanede, Alhandra e Municipais de Santarém e decorreu no âmbito da “Operação de Extinção de Incêndios Urbanos e Industriais” – uma formação específica da Escola Nacional de Bombeiros, realizada na Unidade Local de Formação existente nas instalações do quartel dos Bombeiros do Cartaxo.

 

Os bombeiros depararam-se com um incêndio numa habitação de dois pisos, e depois de cerca de uma hora de trabalhos no terreno, conseguiram controlar o fogo, resgatar as quatro vítimas e detetar o perigo da existência de uma botija de gás no interior da habitação, evitando assim um mal maior.

 

A formação de 50 horas teve como responsáveis Paulo Silva, Adjunto de Comando dos Bombeiros Municipais do Cartaxo, e Rui Afonso, Bombeiro de 2.ª dos Bombeiros Municipais de Santarém, e contemplou também a realização de operações de simulação de incêndio nos dias 30 e 31 de maio, tendo culminado com este exercício final, que exigiu da parte dos formandos um maior esforço físico.

 

Paulo Silva frisou que “a falta de rotina neste tipo de situações e a adaptação ao equipamento podem gerar um stress acrescido aos bombeiros, que em situações mais adversas, podem entrar em pânico”. Por isso defende que estes treinos são fundamentais para “testar o comportamento dos bombeiros e a sua capacidade para atuar em condições adversas” e contribuir para que os bombeiros “possam estar física e mentalmente mais preparados”.

 

O Adjunto de Comando acrescentou ainda que estes exercícios contribuem igualmente para que “os bombeiros se apercebam das suas reais capacidades, percebam até que ponto conseguem ir e reconhecer as suas próprias fraquezas”.

 

Rui Afonso explicou que neste tipo de operações, “a recriação de uma situação real é fundamental para que os bombeiros tenham a noção de que esta pode vir a ser uma realidade com que se poderão deparar no terreno”. E numa situação de incêndio urbano ou industrial, “o trabalho em equipa está acima de tudo, e é para testar essa capacidade que servem muito estes treinos”, considerou.

 

Sérgio Matias, voluntário da corporação de Rio Maior, foi um dos bombeiros que frequentou esta formação. Como principais dificuldades enfrentadas neste exercício de fogo real, identificou “o enorme esforço físico, a grande área de intervenção, a falta de visibilidade e o calor”. Na opinião deste voluntário, que há cinco anos dedica grande parte do seu tempo à causa dos bombeiros, “treinarmos cada vez mais é fundamental para nossa segurança e segurança das vítimas”.

 

Filipe Sousa, bombeiro profissional dos Municipais de Santarém, lembrou o lema “treino duro, combate fácil” para expressar a importância de operações que permitam “um maior à vontade com os equipamentos e maior capacidade para intervir em condições difíceis”.

 

Além das ações da Escola Nacional de Bombeiros, as corporações desenvolvem uma formação interna permanente. Considerando que “infelizmente muitas corporações de bombeiros não têm condições para a realização de treinos em contexto real de incêndio urbano ou industrial, o Cartaxo tem colocado as suas instalações à disposição dos bombeiros que aqui queiram vir realizar os seus exercícios”, sublinhou o Adjunto de Comando Paulo Silva.

 

 

NOVA PEÇA DE TEATRO COMUNITÁRIO APRESENTADA NO CCC

“8 Mulheres” subiu ao palco do Centro Cultural do Cartaxo nos dias 30 e 31 de maio

 

O Centro Cultural do Cartaxo (CCC) recebeu uma nova peça de teatro comunitário, levada à cena nos dias 30 e 31 de maio, que mais uma vez se revelou um sucesso de plateia.

 

Encenada por Frederico Corado, a peça “8 Mulheres”, de Robert Thomas, juntou em palco atores do concelho do Cartaxo e arredores que já participaram em anteriores produções e também alguns convidados.

 

As oito mulheres que entraram no mundo do mistério que transportou o público às memórias de Agatha Christie, fazendo lembrar Hercule Poirot ou Miss Marple, foram Margarida Leonor, Sara Xavier, Ana Ribeiro, Vânia Calado, Carolina Viana, Sónia Mendão, Rosário Narciso e Sara Xavier.

 

Uma história que gerou suspense, riso e medo, à volta de uma família que se reúne para celebrar o Natal, quando o chefe da família aparece morto com uma faca nas costas. As oito mulheres passam a ser suspeitas do crime, porque todas escondem segredos e têm motivos para o ter cometido.

 

O encenador Frederico Corado agradeceu publicamente à Câmara Municipal, equipa do CCC e Área de Serviço, cuja colaboração permitiu “erguer este espetáculo apenas num mês”. Reconheceu igualmente o empenho das atrizes, que “desenvolveram um grande esforço para decorar os textos num tempo record”.

 

Frederico Corado contou que encenar esta peça era um sonho que tinha há muito, porque trata-se “de uma história muito interessante e fascinante que sempre me apaixonou”.

 

A peça contou com um elenco muito menor do que as produções anteriores, mas o trabalho não esteve, no entanto, mais facilitado para Frederico Corado. “Foi muito complicado e o trabalho foi praticamente o mesmo, conseguimos dar mais atenção ao pormenor e trabalhar melhor cada uma das personagens, mas ainda assim, preparar tudo isto em apenas um mês fez com que o tempo estivesse muito contado”.

 

O encenador revelou ainda que “gosto muito de trabalhar com atrizes, porque as mulheres têm uma maneira diferente de receber o que lhes é dado” e que esta peça voltou a representar “uma grande recompensa final”, reforçada pelo “entusiasmo com que foi recebida pelo público”.

 

 

BOMBEIROS ENSINAM A REAGIR EM CASO DE EMERGÊNCIA MÉDICA

 

A escola básica 2,3 D. Sancho I, em Pontével, recebeu os Bombeiros Municipais do Cartaxo, para uma ação de formação dirigida aos alunos. Durante cerca de três horas, mais de 60 jovens aprenderam técnicas que podem salvar vidas.

 

David Lobato, Comandante dos Bombeiros Municipais do Cartaxo, explicou que “a proposta surgiu da Associação de Pais e Encarregados de Educação do Agrupamento de Escolas D. Sancho I”, afirmando que “a nossa abertura a este tipo de propostas é total e até as incentivamos, a capacidade de responder em situações de emergência pode ser treinada, quanto mais preparado o cidadão está, menos reage de modo precipitado”.

 

Entre manequins de simulação e os próprios colegas, as alunas e os alunos, praticaram exercícios muito sérios como desobstrução de via aérea ou suporte básico de vida e aprenderam o que é o sistema integrado de emergência médica – saber como pedir ajuda, a quem telefonar, o que relatar ao telefone e como fazer as primeiras manobras de socorro, “saber isto pode ser a diferença entre a vida e a morte”, afirmou o Comandante dos Bombeiros.

 

David Lobato reconheceu que “foi a primeira vez que esta formação foi dada a alunos destas idades, de modo tão aprofundado, mas a experiência correu muito bem, a formação decorreu de modo informal mas com muito rigor. Os jovens têm o entusiasmo e a capacidade de aprender muito rapidamente, que são próprios da sua idade, estiveram muito interessados e focados na aprendizagem”, uma iniciativa “sem dúvida” a repetir.

 

 

VILA DE PONTÉVEL FOI OCUPADA POR 150 VOLUNTÁRIOS

 

A vila de Pontével recebeu, no passado dia 30 de maio, mais de 150 voluntários que chegaram bem cedo e logo pelas 8h00 da manhã já se ocupavam em inúmeras tarefas.

 

Autarcas elogiam iniciativa e reconhecem valor do trabalho voluntário

O presidente da Junta de Freguesia de Pontével, Jorge Pisca, que se envolveu pessoalmente na organização de todo o evento, reconheceu a importância do trabalho que foi desenvolvido ao longo do dia, afirmando que “esta iniciativa foi muito importante para Pontével, estaremos sempre disponíveis para vos receber, o vosso exemplo é uma lição para todos nós”. O autarca agradeceu também o contributo da população e associações locais, pelo modo como receberam os voluntários.

 

Pedro Magalhães Ribeiro, presidente da Câmara Municipal do Cartaxo, acompanhado do vice-presidente, Fernando Amorim,  elogiou o trabalho desenvolvido e “o modo como estas pessoas, muitas sem qualquer ligação a Pontével, nem ao nosso concelho, vindas de longe, trabalharam a troco apenas da satisfação pessoal de contribuírem para o bem estar da comunidade”,  elogiando “a capacidade de todo o executivo da Junta de Freguesia, que soube receber com entusiasmo os voluntários, num gesto que é ele também de abertura e de capacidade de integrar os outros na comunidade.”

 

O representante da MMC agradeceu o acolhimento da população e o empenho da Junta de Freguesia, deixando em aberto a possibilidade de os voluntários regressarem já no próximo mês de setembro, para mais um dia dedicado a Pontével.

 

Paredes, janelas, floreira, bancos de jardim tudo ficou de “cara lavada”

Os mais de 150 voluntários que ocuparam as ruas de Pontével, são trabalhadores da consultora empresarial Marsh & McLennan (MMC) e da Incensya. O Projeto Aldeia Global alia num só evento o team building à responsabilidade social das empresas.

 

Em Pontével, os voluntários pintaram espaços públicos, como a Igreja Matriz, ou algumas áreas do Centro de Dia, recuperaram mobiliário urbano, plantaram flores em jardins e floreiras e apoiaram os utentes do Centro de Dia, onde deixaram ofertas.

 

Mas porque a iniciativa, para além de trabalhos de ajuda à comunidade, também prevê o conhecimento da cultura e tradições locais, o dia acabou com um convívio musical que juntou voluntários e população.

 

 

MUSEU ESCOLAR DO CONCELHO DO CARTAXO ASSINALA 5.º ANIVERSÁRIO

 

 

O dia 30 de maio foi dia de festa em Vale da Pinta. Utentes do Centro Social e Paroquial e Crianças do Jardim de Infância da vila, foram convidados especiais na celebração do 5.º Aniversário do Museu Escolar do Concelho do Cartaxo (MEC).

 

Délio Pereira, presidente da Junta da União de Freguesias do Cartaxo e Vale da Pinta, foi o anfitrião da festa aberta a toda a população, tendo recebido os mais e menos jovens, que se juntaram para cantar os parabéns ao MEC.

 

Para assinalar a data, foi inaugurada a exposição O Museu Escolar Pelo Olhar da População, que poderá ver visitada até ao dia 9 de junho e é constituída por trabalhos das crianças e dos utentes do Centro Social e Paroquial, que responderam ao desafio de criar peças que refletissem o tema da exposição de três modos – Por Palavras, Por Desenhos, Com Carinho.

 

O executivo da Câmara Municipal esteve presente para assinalar o aniversário do Museu, o presidente da Câmara Municipal, Pedro Magalhães Ribeiro, o vice-presidente, Fernando Amorim e a vereadora Sónia Serra, acompanharam a inauguração da exposição.

 

Para o presidente da Câmara “o Museu Escolar do Concelho do Cartaxo é mais um testemunho do muito que temos para oferecer a quem nos visita. Este espaço é original no país, aqui se pode conhecer a história do ensino não só no concelho, mas também em Portugal”, acrescentando que “o Museu tem sabido ser ponto de encontro de gerações e assim deve continuar”, referindo a importância do “trabalho da junta de freguesia na manutenção deste espaço como um lugar de partilha, vivo e dinâmico”.

 

História do ensino e elogio da vida associativa

Museu Escolar do Concelho do Cartaxo abriu as portas em 2009, nas instalações contíguas à sede da então Junta de Freguesia de Vale da Pinta – hoje serviços da União de Freguesias do Cartaxo e Vale da Pinta.

O espaço museológico assume-se como lugar de memória, conhecimento e investigação, sendo constituído por três salas – onde é possível conhecer “ a escola de outrora”, assim como as características da cantina –, um outro espaço expositivo dedicado à história da freguesia de Vale da Pinta, uma biblioteca/centro de recursos e espaço Internet.

Através de painéis, fotografias, documentos, objetos e mobiliário, o visitante tem oportunidade de conhecer a história da instrução primária em Portugal – dos edifícios escolares aos métodos de ensino, passando pelo papel do professor ou a educação cívica.

Os cadernos e manuais escolares, documentos que registaram as matrículas, diplomas e certificados, mapas antigos, a lousa de pedra e a pena metálica, as carteiras, a régua e a palmatória são apenas alguns dos elementos que podem ser encontrados neste museu.

Na Biblioteca/Centro de Recursos, o visitante poderá consultar e requisitar obras literárias de várias épocas, publicações sobre o município ou enciclopédias. Entre essas obras constam fontes originais provenientes das mais antigas escolas do 1.º ciclo do concelho do Cartaxo.

No espaço Internet, de livre acesso, estão instalados computadores onde podem ser consultados documentos de apoio aos temas abordados no percurso expositivo do museu, permitindo ao visitante aprofundar os conhecimentos.

No espaço dedicado à Cantina, enquanto toma um café, o visitante poderá observar antigos utensílios de cozinha usados nas escolas, bem como os registos escritos que pautavam o funcionamento das antigas “cantinas escolares”.

HORÁRIO

De segunda a sexta

Das 9h00 às 12h30 / das 14h00 às 17h00

Sábados, domingos e feriados

Das 10h00 às 17h00, com marcação prévia

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 11:35
link do post | comentar | favorito

pesquisar
 
Fevereiro 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9


23
24
25
26
27
28
29


posts recentes

Iniciativas no âmbito do ...

RUAS DO CARTAXO INVADIDAS...

Desfiles de Carnaval no E...

O Pátio das Cantigas – No...

Aniversário do Crédito Ag...

Município de Azambuja for...

EXECUTIVO MUNICIPAL EM VI...

Central Elétrica de Tomar...

Seminário sobre as novida...

Assinatura do Contrato Pa...

Festividades de Carnaval ...

SECRETARIADO DO PS CARTAX...

I Duatlo do Entroncamento

O MUNICIPIO DE AZAMBUJA C...

OFICINA DE TÉCNICAS RADIC...

24ª Edição do Mês da Engu...

Conversas com Café… “Adel...

Page 1 GAL DA REGIÃO CENT...

Executivo Municipal de Az...

Alunos e Município unidos...

SUSPENSÃO DO ABASTECIMENT...

CARTAXO: DESFILE DE CARNA...

ÓRGÃOS DO PS/CARTAXO TOMA...

Última semana – XIII Conc...

Suspensão no abasteciment...

DESFILE DE CARNAVAL NO CA...

Programa das Comemorações...

Azambuja Terras do Torric...

Festival do Cogumelo da P...

Benavente – Militar resga...

arquivos

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

tags

todas as tags

subscrever feeds