NOTICIAS DO RIBATEJO EM SUMARIO E ACTUALIZADAS PERIODICAMENTE - "A Imparcialidade Na Noticia" - UMA REFERÊNCIA NA INFORMAÇÃO REGIONAL -
Quinta-feira, 1 de Maio de 2014
CARTAXO: Festa do Vinho Inauguração

 

A Festa do Vinho está de regresso à cidade do Cartaxo. O Pavilhão Municipal de Exposições recebe até dia 4 de maio este certame, que conjuga a dinâmica profissional do setor do vinho com uma vertente mais popular, em torno das tasquinhas representativas das diferentes localidades do concelho e da animação musical.

 

A abertura da Festa do Vinho teve lugar no dia 30 de abril e contou com a presença do presidente da Entidade Regional de Turismo do Alentejo e Ribatejo (ERTAR), Ceia da Silva, do presidente da Câmara Municipal do Cartaxo, Pedro Magalhães Ribeiro, do presidente da Assembleia Municipal, Gentil Duarte, de muitos outros autarcas locais, agentes do setor, da Rainha das Vindimas 2013 e das jovens eleitas nas diferentes freguesias, representantes das forças de segurança e dos Bombeiros Municipais e dirigentes de coletividades e associações do concelho.

 

AMPV assinala 7.º aniversário na abertura da Festa do Vinho

 

A Associação de Municípios Portugueses do Vinho (AMPV), que tem como presidente Pedro Magalhães Ribeiro, foi constituída a 30 de abril de 2007, tendo o seu 7.º aniversário sido assinalado aquando da abertura da Festa do Vinho.

 

Além da referência ao historial da associação – que hoje reúne mais de 70 municípios associados – e dos principais objetivos e ações desenvolvidas, foram divulgados os Prémios Prestígio 2013, que desta vez distinguem a Associação de Escanções de Portugal e Virgílio Loureiro, enólogo com trabalho desenvolvido a nível nacional e internacional.

 

A entrega dos prémios irá ter lugar no próximo dia 6 de maio, no Auditório Municipal da Quinta das Pratas, aquando da escritura de constituição da Associação das Rotas do Vinho de Portugal.

 

Festa do Vinho 2014 com um acréscimo de 40% de produtores representados em relação ao ano anterior

 

Pedro Magalhães Ribeiro começou por fazer um agradecimento especial aos elementos que constituíram a comissão da Festa do Vinho, que responderam ao “desafio elevado de procurar o caminho da revitalização do certame, proporcionando uma festa com capacidade para dinamizar o setor”, frisou, acrescentando que “estão de parabéns, porque graças ao seu trabalho e ao esforço feito também pela autarquia, temos nesta edição mais 40% de produtores representados, comparativamente a 2013”.

 

O presidente da Câmara Municipal distinguiu as características desta festa, que envolve uma vertente mais profissional ao lado dos produtores e agentes do setor do vinho, bem como dos artesãos do concelho, associada a uma festa mais popular. Pedro Magalhães Ribeiro afirmou que também esta segunda vertente foi repensada.

 

“Quisemos qualificar esta área, tornando os espaços culturais mais próximos de quem está na festa. Nos anos anteriores havia um afastamento entre quem está no palco e quem está nas tasquinhas. Quisemos mudar isso, aproximando o palco das pessoas e proporcionando momentos de convívio à volta do fado, dos cantares populares ou dos DJ’s - a partir de uma determinada hora – para que os mais jovens queiram permanecer mais tempo na festa”, explicou.

 

Câmara Municipal aposta na sensibilização para o consumo moderado de álcool

 

A segurança foi outra das grandes apostas da autarquia, que numa parceria com a Cruz Vermelha e os serviços de Ação Social da própria Câmara Municipal, organizou,  no espaço do certame, ações de sensibilização e um maior trabalho de vigilância e sinalização.

 

“A saúde e a segurança preocupam-nos muito, por isso teremos no espaço da festa um stand da Cruz Vermelha, para sensibilizar os mais e menos jovens relativamente aos consumos excessivos, e uma tenda da Cruz Vermelha para prestar os primeiros socorros em caso de algum acidente ou caso identificado de excessivo consumo de álcool”, explicou Pedro Magalhães Ribeiro, acrescentando que, “como a nossa grande preocupação é o público mais jovem, as assistentes sociais da Câmara vão também estar atentas na identificação de casos de consumo excessivo, porque os jovens neste estado correm determinados riscos por não estarem na sua plenitude de consciência e capacidades. As famílias também irão sentir-se mais seguras por saberem que vai haver este cuidado por parte quem organiza o certame”, reforçou.

 

A Câmara Municipal também procurou inovar, proporcionando uma área reservada no interior do pavilhão para a realização de provas enogastronómicas, casando o vinho com a gastronomia.

 

Pedro Magalhães Ribeiro defende que o Cartaxo tem potencialidades para desenvolver o turismo e a “economia das experiências”

 

Aproveitando a presença do presidente da ERTAR, Pedro Magalhães Ribeiro deu conta dos objetivos de desenvolvimento turístico do concelho e das suas potencialidades.

 

O presidente da Câmara Municipal fez referência ao estudo da Organização Mundial de Turismo, que pela primeira vez elegeu o vinho como o primeiro fator a ter em conta pelos agentes turísticos quando visitam o país, e defendeu que “o Cartaxo tem de aproveitar esta fileira, porque continua a ser conhecido de norte a sul do país como uma terra de vinho”.

 

Como principais potencialidades do concelho, Pedro Magalhães Ribeiro destacou a posição geográfica – a menos de uma hora da grande área metropolitana de Lisboa, onde se concentram cerca de 3 milhões de consumidores e onde existem duas importantes infraestruturas, o porto e o aeroporto; as acessibilidades – com duas saídas na A1 e três pontos de ligação à principal linha ferroviária do país; e a posição estratégica no importante eixo de turismo religioso para Fátima.

 

“O Cartaxo é uma terra de vinho, normalmente onde há vinho há água, e nós temos o Tejo, com bonitas paisagens naturais com equilíbrio ambiental, que pode ser aproveitado para o turismo náutico. Temos também o touro e o cavalo, uma rica gastronomia e etnografia. Temos de saber casar todas estas dimensões e aproveitar esta fileira do turismo”, afirmou Pedro Magalhães Ribeiro, constando que “o turista procura hoje cada vez mais a experiência, por isso a economia das experiências tem de ser a aposta”.

 

Ceia da Silva presente na abertura da Festa do Vinho 2014

 

O presidente da ERTAR destacou o esforço feito pela Câmara Municipal na organização da Festa do Vinho, sublinhando que “em tempos difíceis, continuar a investir na divulgação e promoção de eventos, não os extinguindo, mas antes trabalhando para conseguir melhorá-los e qualificá-los é uma atitude que deve ser destacada”.

 

Ceia da Silva informou também que este ano a ERTAR vai organizar o 1.º Encontro Nacional de Enoturismo e propôs que em 2015 seja o Cartaxo a receber esta iniciativa. 

 

O presidente da ERTAR caracterizou o Cartaxo como uma terra “com muita identidade, força e carácter”, referindo que “hoje faz seis meses que esta zona do Ribatejo integrou a Entidade e esta é a 4.ª vez que visito este concelho, porque entendo que a verdadeira política de gestão pública faz-se fora dos gabinetes, em contacto e articulação com as entidades locais”.

 

Ceia da Silva referiu-se às dúvidas e incertezas sentidas aquando da integração dos 11 municípios da Lezíria na ERTAR e afirmou que “o que podemos garantir é trabalho e que esta região seja tratada com a dignidade que ela merece”.

 

Entre os projetos já implementados, destacou as dinâmicas de comunicação do território ribatejano, com a criação do site www.visitribatejo.pt, e as ações de divulgação dos produtos turísticos. “O Ribatejo é das regiões mais bonitas, com mais dinâmicas e recursos turísticos, que importa transformar em produtos. Têm de ser vocês a dinamizá-los e a dizerem ao restante país que têm orgulho de aqui viver”, apelou.

 

Ceia da Silva enumerou também os projetos que estão a ser desenvolvidos pela ERTAR, como por exemplo os planos operacionais para o desenvolvimento do turismo náutico e do turismo equestre, a criação das Rotas do Património, a Carta Gastronómica do Ribatejo e a certificação da restauração.

 

O primeiro dia da Festa do Vinho ficou também marcado pela abertura das tasquinhas e pela atuação do grupo Cantares d’Aldeia e do DJ Fernando Valente, que trouxe música dos anos oitenta para fechar a noite, no que chamou de – Na Roça Com os Pratos.

 

Na tarde desta quinta-feira, destaque para a Prova Enogastronómica, às 15h30, e para o espetáculo tauromáquico – Variedades Taurinas, organizado pela Associação Cultural e Recreativa Gentes do Cartaxo, na Praça de Touros.

 

À noite, sobem ao palco Os Alentejanos do Cartaxo e Os Populares do Cacém, às 21h30, uma hora depois a Escola de Fado Gentes do Cartaxo trará a tradição à Festa.

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 20:48
link do post | comentar | favorito

pesquisar
 
Outubro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
12


23
24
25
26

27
28
29
30
31


posts recentes

Recolha de Sangue e Dador...

“A Vida da Locomotiva 135...

Crianças do Cartaxo apren...

BOMBEIROS DA FREIXIANDA A...

CONSTRANGIMENTOS E EVENTU...

O COMÉRCIO LOCAL DÁ AS BO...

TEMAS DE SAÚDE:

Intimidade

Município de Santarém co-...

Câmara Municipal de Salva...

REMODELAÇÃO DA SINALIZAÇÃ...

Análise de investimento r...

Santarém – Prisão prevent...

ENSINO SUPERIOR NO DISTRI...

Entroncamento comemora o ...

CARTAXO REFORÇA APOIO À V...

Conversas com Café… Comun...

Branca de Neve e os Sete ...

Dia Mundial da Alimentaçã...

Concursos Nacionais no CN...

A renovada Sinagoga de To...

Temporada da Música 2019

NERSANT está em Macau a p...

Centro Cultural Azambujen...

Tomar recebe Seminário Na...

Grupo Tradicional "Os Cas...

Município de Azambuja com...

Anselmo Borges em Tomar d...

Arranque do ano letivo 20...

CONSTRANGISMENTOS E EVENT...

arquivos

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

tags

todas as tags

subscrever feeds