NOTICIAS DO RIBATEJO EM SUMARIO E ACTUALIZADAS PERIODICAMENTE - "A Imparcialidade Na Noticia" - UMA REFERÊNCIA NA INFORMAÇÃO REGIONAL -
Sexta-feira, 15 de Janeiro de 2021
CARTAXO: SÍNTESE DE ALTERAÇÕES AO FUNCIONAMENTO DOS EQUIPAMENTOS MUNICIPAIS NO ÂMBITO DAS MEDIDAS DO ESTADO DE EMERGÊNCIA

camara_diario_pt.jpg

 

 

O Decreto n.º 3-A/2021, de 14 de janeiro, https://bit.ly/38H1idK procede à regulamentação do estado de emergência até às 23h59 do dia 30 de janeiro e define a adoção de medidas com o intuito de conter a transmissão do vírus e diminuir a expansão da pandemia da doença COVID -19.

 

Na sequência da sua publicação, o Presidente da Câmara Municipal do Cartaxo convocou uma reunião extraordinária da Comissão Municipal de Proteção Civil. A reunião decorreu no dia 14 de janeiro e aprovou, por unanimidade, as seguintes medidas específicas para o concelho do Cartaxo.

 

➽ Mercado Semanal e Mercado Mensal

Consulte o Despacho 9/PC-PMR/2021 na íntegra

https://bit.ly/3stZo8b

Autoriza a realização das feiras e mercados na área da Município do Cartaxo, apenas para a venda de produtos alimentares, devendo mostrar-se verificadas as condições de segurança e o cumprimento das orientações definidas pela Direção Geral de Saúde (DGS).

 

Equipamentos Municipais

Consulte o Despacho 8/PC-PMR/2021 na íntegra

https://bit.ly/3nST5b3

 

➽ Equipamentos encerrados

Biblioteca Municipal Marcelino Mesquita, que mantém serviço de entrega ao domicilio

Parque de Santa Eulália

Centro Cultural Município do Cartaxo

Museu Rural e do Vinho do Concelho do Cartaxo

Centro de Promoção Vitivinícola

Auditório da Quinta das Pratas

Centro de Convívio do Cartaxo

Complexo Cultural e Desportivo da Quinta das Pratas, com exceção dos courts de ténis e padel e para a realização de atividades desportivas escolares

Piscinas Municipais do Cartaxo

Estádio Municipal do Cartaxo, exceto pista de atletismo

Pavilhão do INATEL

Parques infantis municipais

Pavilhão Municipal de Exposições

 

➽ O Mercado Municipal do Cartaxo enquanto equipamento que disponibiliza bens de primeira necessidade, continuará aberto.

 

➽ Os Serviços municipais e o Espaço Cidadão – mantêm o atendimento presencial por marcação e através dos meios digitais e dos centros de contacto com os cidadãos, as empresas e instituições.

 

Sem prejuízo do atendimento presencial previamente agendado nos serviços, o atendimento prioritário previsto no Decreto-Lei n.º 56/2016, de 29 de agosto, é realizado sem necessidade de marcação prévia.

 

➽ O TUC – Transporte Urbano do Cartaxo, mantém a circulação, a lotação máxima permitida é de 12 passageiros, ou seja, 2/3 da capacidade da viatura.

 

➽ Cemitério Municipal

Consulte o Despacho 10/PC-PMR/2021 na íntegra

https://bit.ly/2MXDFVW

O Cemitério Municipal vai manter-se aberto Segunda-feira a domingo - 8h30 às 17h30.

 

Consulte os planos de contingência e as regras aplicáveis a cada um dos equipamentos municipais, ao TUC e aos mercados em http://bit.ly/3gBXfkg

 

 

PEDRO MAGALHÃES RIBEIRO APELA AO GOVERNO PARA RECONSIDERAR ENCERRAMENTO DE COMÉRCIO LOCAL

  • Autarca quer centros de estudos e de explicações na lista de estabelecimentos abertos e contesta encerramento de pequeno comércio que “está a ser castigado apesar do cumprimento estrito das normas da DGS e apesar de, na nossa comunidade, nunca ter havido qualquer surto conhecido de transmissão a partir do comércio local”.
  • Outras decisões decretadas pelo Governo “suscitam-me algumas dúvidas sobre a sua eficácia e sobre a sua coerência, mas compreendo a complexidade das decisões que estão a ser determinadas. Faço o apelo para que possamos estar todos mobilizados, com sentido de comunidade, para que este enorme esforço que nos é uma vez mais pedido se revele importante para a diminuição de casos de contágio, para que possamos o mais depressa possível regressar à normalidade. A saúde de cada um será sempre a principal preocupação, mas não podemos esquecer que a economia local já sofreu muito no ano passado e é ela que sustenta a maior parte dos postos de trabalho no nosso concelho”.
  • O Presidente da Câmara Municipal saudou as medidas de apoio às empresas, ao emprego e à área da cultura “são muito importantes as medidas anunciadas pelo Governo para a área da cultura, fazendo justiça a todos aqueles que nela trabalham e muito contribuem para o desenvolvimento social e económico do país”. Sublinhou, ainda, na área das empresas “que é muito importante que o reforço de verbas ontem anunciado pelo Ministro de Estado e da Economia cheguem depressa às empresas, quer para atenuar o impacto da pandemia, quer para que as empresas mantenham a sua capacidade produtiva, para que o nosso comércio e os nossos prestadores de serviços resistam a mais este período de portas fechadas”.
  • A Câmara Municipal está a preparar o Programa de Recuperação Económica e Social do Concelho do Cartaxo para apoiar as famílias, as empresas e as instituições (solidariedade social, cultura, desporto e juventude) mais afetadas pela pandemia.  

 

 

Na sequência da publicação, do Decreto n.º 3-A/2021, de 14 de janeiro, procede à regulamentação do estado de emergência em vigor, o Presidente da Câmara Municipal do Cartaxo convocou uma reunião extraordinária da Comissão Municipal de Proteção Civil. A reunião decorreu ontem, dia 14 de janeiro e aprovou, por unanimidade, as medidas específicas para o concelho do Cartaxo, no que se refere aos equipamentos e serviços municipais.

 

No final da reunião, o presidente da Câmara Municipal afirmou a decisão de “apelar ao Governo, de forma muito veemente, para a necessidade de rever o encerramento decretado em Conselho de Ministros de pequenos negócios de apoio à população que, na nossa comunidade, são o sustento de muitas famílias”.

 

Para o autarca, negócios como cabeleireiros, barbeiros ou esteticistas, que “em grandes cidades podem ser estabelecimentos com muito movimento, espaços enormes, que obrigam a muita mobilidade quer de clientes, quer de trabalhadores, na nossa realidade, são espaços muito mais pequenos, que na maioria funcionam por marcação, com um cliente de cada vez no estabelecimento”, o que justifica a proposta partilhada pelo autarca na reunião da Comissão Municipal de Proteção Civil de enviar ao Governo um apelo para que o comércio local seja entendido de modo diferente – “porque é de facto diferente”, afirmou o autarca.

 

A Comissão Municipal aprovou a proposta por unanimidade, destacando o investimento financeiro e de alteração de funcionamento que o pequeno comércio e os serviços locais fizeram “para cumprir todas as normas impostas pela DGS, que seguiram de forma rigorosa. Este cumprimento foi confirmado pela Proteção Civil Municipal”, afirmou o presidente da Câmara Municipal, destacando que “não há, no nosso concelho, qualquer surto, qualquer ligação a casos confirmados, que tenha resultado da frequência destes espaços comerciais e de serviços”.

 

Outro apelo que o presidente da Câmara Municipal vai dirigir ao Governo, “esperando que possa ser considerado ainda antes da revisão destas medidas, é a abertura dos centros de estudos e de explicações”. A proposta do autarca foi também aprovada por unanimidade e defendida com especial convicção pelo Diretor do Agrupamento de Escolas Marcelino Mesquita do Cartaxo, Jorge Tavares.

 

De facto, numa primeira redação do Decreto publicado ontem, dia 14 de janeiro, estes espaços de estudo terão sido considerados na lista de estabelecimentos a manter abertos, mas na redação final, publicada apenas a meio da tarde, já se encontravam excluídos. “Pelo seu papel no apoio às famílias e também pela sua relevância no processo de aprendizagem das crianças e jovens, estes centros devem ser mantidos abertos”, referiu o autarca.

 

“O argumento do Governo para manter os estabelecimentos de ensino abertos, apesar de se saber que implicam mobilidade e contacto entre muitas pessoas – com o qual concordamos – é o mesmo argumento que se aplica aos centros de estudos e explicações”, defendeu Pedro Magalhães Ribeiro.

 

A este argumento, o presidente da Câmara Municipal adianta ainda “a necessidade que as famílias nos fizeram chegar, desde que o diploma final foi publicado, de que necessitam destes espaços pelo papel essencial que têm tido na recuperação das aprendizagens dos seus filhos, em especial depois do ano letivo transato em que, claramente, é sabido que as crianças não tiveram na escola formal, o espaço de aprendizagem habitual”.

 

Pedro Magalhães Ribeiro vai endereçar ao Governo, ainda hoje, as propostas aprovadas em Comissão Municipal de Proteção Civil, destacando que “entendemos e aceitamos que este novo confinamento é feito em nome da saúde de todos, os casos ativos e em vigilância ativa no nosso concelho são preocupantes e, sim, há que reduzir a mobilidade de pessoas, os ajuntamentos, é preciso ficar de novo em casa, mas não se pode decidir sobre o comércio e serviços apenas pela designação da sua atividade, há que olhar para a realidade local”.

 

A Câmara Municipal do Cartaxo está a trabalhar no regulamento do Programa de Recuperação Económica e Social do Concelho do Cartaxo que irá apoiar as famílias, as empresas e as instituições mais afetadas pela pandemia.



publicado por Noticias do Ribatejo às 11:14
link do post | comentar | favorito

pesquisar
 
Fevereiro 2021
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
13

20

27

28


posts recentes

SANTARÉM: Requalificação ...

CARTAXO: CÂMARA MUNICIPAL...

Municipio de Ferreira do ...

Rede viária do Concelho d...

O POVO DO CONCELHO MERECE...

Deputada Fabiola Cardoso,...

EB DE SANTA MARIA VENCE 2...

Abrantes – Casal detido ...

Tomar volta a inovar e en...

Prossegue a obra de requa...

ENTRONCAMENTO SUBCONCESSI...

Inscrições para o Concurs...

PSD submete propostas de ...

Salvaterra de Magos – Det...

Substituição de cobertura...

Tecnologia une Altice Por...

NERSANT apresentou projet...

SUSPENSÃO NO ABASTECIMENT...

Este ano há Mostra da Lam...

Bloco envia Carta Aberta ...

Rio Maior – Encerramento...

Município de Azambuja ref...

TEMAS DE SAÚDE: Envelheci...

Torres Novas – Policiamen...

SANTARÉM: Já teve início ...

TORRES NOVAS . Requalific...

Vila Nova da Barquinha – ...

AZAMBUJA: Já está online ...

Assembleia Municipal de A...

ENTRONCAMENTO: Sessão onl...

tags

todas as tags

arquivos

Fevereiro 2021

Janeiro 2021

Dezembro 2020

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

DIRECTOR/rRESPONSÁVEL: António Centeio
Rua do Jardim, 2090-078 Alpiarça Telemóvel: 933 088 759
subscrever feeds