NOTICIAS DO RIBATEJO EM SUMARIO E ACTUALIZADAS PERIODICAMENTE - "A Imparcialidade Na Noticia" - UMA REFERÊNCIA NA INFORMAÇÃO REGIONAL -
Quinta-feira, 28 de Abril de 2016
Comunicado do PSD Cartaxo

Na última Assembleia Municipal do Cartaxo, o presidente da Câmara Municipal do Cartaxo voltou a faltar à verdade!

Socorrendo-se da forma de discursar de um treinador de futebol conhecido, o Dr. Pedro Ribeiro, afirmou que o PSD Cartaxo não contribuiu com nenhuma proposta para o Orçamento de 2016. “Partido Social Democrata, bola!” – disse ele.

Esta não foi a primeira vez que o presidente da Câmara do Cartaxo menorizou o contributo político do PSD Cartaxo, nomeadamente no que toca a dossiers como sejam Orçamento e o Fundo de Apoio Municipal. Para o PSD Cartaxo, é muito fácil desmentir o Sr. Presidente de Câmara, bastando para tal lembrar as intervenções dos eleitos do PSD Cartaxo, nomeadamente na Câmara Municipal e na Assembleia Municipal.

Para o caso concreto, bastará atentar na ata que foi feita, pelos serviços camarários, após a reunião entre os representantes do PSD e a Câmara Municipal representada pelo Presidente e Vice-Presidente da Câmara. A reunião decorreu no dia 22 de Setembro de 2015, teve como ordem de trabalhos a recolha de contributos para a elaboração do orçamento municipal. A ata que aqui nos permitimos anexar reflete de forma sumária, mas para o efeito esclarecedora, a discussão de propostas que o presidente do PSD Cartaxo, José Augusto de Jesus, levou ao presidente da Câmara do Cartaxo.

E para estas propostas, O PSD Cartaxo teve oportunidade de destacar as dificuldades da Câmara do Cartaxo como condicionante das mesmas. Saudou a iniciativa do orçamento participativo, e apresentou as suas duas principais preocupações para o orçamento de 2016: a recuperação da rede viária, sobretudo na cidade do Cartaxo, bem como a beneficiação dos espaços verdes e de lazer.

Além destas propostas, o PSD apresentou outras que se encontram no documento anexo. Como se diz no documento, o Sr. Presidente da Câmara, “agradeceu as propostas apresentadas”.

Repetir, como tem feito o presidente da Câmara, afirmações que não correspondem à verdade, não as tornarão em factos verdadeiros!

 

O PSD Cartaxo lamenta esta postura do Sr. Presidente da Câmara. Em vez de tentar criar factos políticos falsos, o presidente do nosso município deveria estar preocupado em cumprir as suas promessas!

E desde logo, cumprir o que a ata anexa expressa: “repavimentar alguns troços da rede viária e intervir na Quinta das Correias”, por exemplo.

 

 

A propósito da Prestação de Contas de 2015

 

O PSD Cartaxo aproveita para reforçar o que os seus eleitos expressaram nas últimas sessões da reunião de Câmara e da Assembleia Municipal. A câmara continua a assegurar as suas funções essenciais, os salários e o serviço da dívida são pagos, tudo graças ao PAEL, ao ATU, ao IMI e outros impostos com taxas máximas.

Se não fossem estes empréstimos a Câmara Municipal do Cartaxo já teria fechado portas!

 

É preciso salientar, registando e acompanhando as reservas e ênfases do Revisor Oficial de Contas:

  • a existência de fundos próprios negativos em €. 19.250.310,00, um passivo que aumentou de 2014 para 2015 em €. 1.164.034,01! Trata-se de um grave desequilibro financeiro com condicionalismos para a gestão orçamental presente e, sobretudo, para exercícios futuros.
  • O resultado líquido negativo do exercício de 2015 no montante de €. 89.583,00.
  • Para o Balanço final de 2015, é registada na coluna dos “Outros devedores” do ativo €. 13.210.075,00 e nos “Proveitos diferidos” do passivo €. 17.966.667,00. Para tal contribui a questão da Cartágua, onde é referida a análise do ERSAR que refere que a retribuição a pagar pela Cartágua, no seguimento da revisão do contrato em 2013 passa de 23 milhões para 14 milhões. São menos 9 milhões! A indefinição do quadro contratual entre o Município do Cartaxo e a Cartágua gera dúvidas quanto à justeza dos valores.
  • O incumprimento face à lei dos compromissos.
  • A fraca execução orçamental, sobretudo devida à rúbrica de "outras receitas correntes" em que o orçamentado foi de €. 20.353.329,00 e o realizado foi somente €. 78.532,00 (0,39%).
  • O incumprimento da regra do equilíbrio orçamental.

 

 

A Câmara do Cartaxo precisa de olhar também para a economia, precisa de ter verdadeiras políticas autárquicas de sustentabilidade e desenvolvimento.

Não basta ao “treinador” Pedro Ribeiro passar os “90 minutos” deste mandato a insistir que a culpa dos maus resultados é dos “treinadores anteriores”, sem fazer as “alterações tácticas” que o “jogo” lhe exige!

É preciso, por exemplo, dinamizar as zonas industriais do concelho, nomeadamente o “Casal Branco” e o “Valleypark”; retirar rendimentos do estacionamento do Parque Central; rever a Tabela de Taxas e Licenças do município; entre outras medidas.

 

Só com políticas autárquicas de sustentabilidade e desenvolvimento, o Município poderá ultrapassar a crise que os sucessivos executivos do Partido Socialista lhe impuseram, criando emprego, arrecadando receita para investir na qualidade de vida dos nossos concidadãos.

 

A Comissão Política do PSD Cartaxo



publicado por Noticias do Ribatejo às 15:40
link do post | comentar | favorito

pesquisar
 
Setembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
14

21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


posts recentes

Traga as suas plantas par...

Município do Entroncament...

ExpoAlcanede dá a conhece...

Casa cheia em Benavente p...

Município da Chamusca ala...

Inscrições para a Univers...

Município do Entroncament...

JORNADAS DE CULTURA ATÉ 2...

Festival de música Cartax...

Tertúlia Festa Brava orga...

“Quando ela… é ele!” teat...

Professores dos 3 Agrupam...

CARTAXO VOLTA A APRESENTA...

Jovens atores da Chamusca...

Tomar dá o corpo ao manif...

Programa de Educação Pare...

“Chamusca das Três Graças...

ERROS GROSSEIROS NA ELABO...

Festival de música Cartax...

Há apoios do Portugal 202...

‘Santarém em Cena’ reúne ...

Teatro Sá da Bandeira ini...

Ceyceyra Medieval a 21 e ...

TEMAS DE SAÚDE: Doente on...

"O medo tem alguma utilid...

Município de Azambuja ass...

Ano letivo 2019-2020 arra...

Tomar – Prisão preventiva...

Arroz é rei em novo event...

PSD visita operação de li...

arquivos

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

tags

todas as tags

subscrever feeds