NOTICIAS DO RIBATEJO EM SUMARIO E ACTUALIZADAS PERIODICAMENTE - "A Imparcialidade Na Noticia" - UMA REFERÊNCIA NA INFORMAÇÃO REGIONAL -
Domingo, 23 de Agosto de 2015
CULTURA AVIEIRA: III CRUZEIRO RELIGIOSO e CULTURAL DO TEJO

4ª Etapa - dia 7 de Junho – de Alpiarça a Valada do Ribatejo

Sem Título.png

Por: Lurdes Véstia

De partida, da abandonada e em grande decadência, aldeia Avieira do Patacão (Alpiarça), passamos para a margem direita do rio Tejo e rumamos ao local onde em tempos atrás esteve edificada uma outra aldeia Avieira, Barreira da Bica- Vale de Figueira (Santarém), que foi há décadas abandonada e da qual só existem parcos vestígios. Foi este lugar, na foz do Alviela, que inspirou o José Gaspar a escrever a peça teatral “ Gente do Nosso Pano” pelas vivências que ele ai passou no meio desta comunidade de Avieiros do Tejo. Nas suas palavras o local está irreconhecível pois a vegetação invadiu o espaço. Este assentamento era distinto de muitos outros pelo facto das construções em palafita estarem implantadas nas encostas de solo argiloso. A bica, que batizou o aldeia, foi alvo de benfeitorias e tem agora um murete de alvenaria de onde sai a água que outrora era conduzida por canudos em caniço. É tempo de partir e rumar à Ribeira de Santarém. A viagem é curta e calma mas há necessidade de procurar as zonas de maior profundidade pois o rio tem bastantes ilhas de areia neste trajeto. Pelo caminho temos tempo de apreciar a paisagem ribeirinha e de fazermos os comentários á beleza que se estende aos nossos olhos. A ponte D. Luís já se percebe lá na nossa frente…. É já próximos à Ribeira de Santarém que avistamos as primeiras canoas do Clube de Canoagem Scalabitano (https://www.facebook.com/clubecanoagem.scalabitano) que se envolvem na peregrinação e nos escoltam até ao local onde iremos almoçar. A receção é feita pelo Rancho Folclórico da Ribeira que nos obsequia com uma atuação. O almoço que nos esperava constava de sopa de pedra e febras, vinho e refrigerantes.

Como o ano passado a partida fez-se com a integração de algumas bateiras engalanadas que das Caneiras se vieram juntar à peregrinação. O destino é agora a aldeia Avieira das Caneiras onde nos espera o pároco e alguns populares que em procissão levam a imagem de Nossa Senhora dos Avieiros e do Tejo até à igreja da aldeia e onde se reza uma missa campal.
Esta aldeia piscatória, mesmo aos pés de Santarém e praticamente dentro da cidade, está bem viva e é a que maior número de Avieiros ou seus descendentes alberga e que ainda fazem da pesca o seu meio de subsistência.
Faz-se uma paragem para esperar pelas águas de maré.

Saímos por voltas das 17 horas, a viagem tem decorrido dentro do projetado. Neste fim de tarde sente-se uma canícula severa e já perto do Porto de Muge abate-se sobre nós uma trovoada estrondosa e uma grande chuvada.
Chegados a Porto de Muge a população aguardava a peregrinação, resguardados sob a Ponte D. Amélia, com uma mesa repleta de acepipes. Como já em outros momentos semelhantes após a nossa chegada a chuva desapareceu e logo houve quem tenha afirmado que tinha sido por interceção de Nossa Senhora dos Avieiros e do Tejo.
Mas é tempo de voltar ao rio e de rumar ao Escaroupim, na margem esquerda do Tejo (Azambuja), onde a imagem de Nossa Senhora dos Avieiros e do Tejo é conduzida pelo cais de madeira em direção á aldeia, em procissão com o pároco na frente em oração.
Na nossa frente um porco roda no espeto obséquio do Centro Cultural. É aqui que jantamos e é aqui que famílias se (re)encontram após anos de afastamento.
Depois é tempo de nos prepararmos para integrar a procissão noturna entre o Escaroupim e Valada do Ribatejo na margem direita do Tejo A imagem colocada no seu andor, iluminado por ténues luzes, surge-nos da escuridão seguida por uma multidão que entoa hinos religiosos e atravessa o cais palafitico iluminado por archotes…o quadro é místico. Após acomodarmos a imagem de Nossa Senhora dos Avieiros e do Tejo, na bateira guia, dá-se início à procissão fluvial com várias embarcações iluminadas e engalanadas em direção a Valada do Ribatejo onde os archotes já relampejam na praia. Aqui a população espera para conduzir em procissão a imagem até á Igreja da aldeia onde irá pernoitar e aguardar que se faça tempo da nova etapa a 5ª!!

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 08:00
link do post | comentar | favorito

pesquisar
 
Outubro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
12


21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


posts recentes

TEMAS DE SAÚDE:

Intimidade

Município de Santarém co-...

Câmara Municipal de Salva...

REMODELAÇÃO DA SINALIZAÇÃ...

Análise de investimento r...

Santarém – Prisão prevent...

ENSINO SUPERIOR NO DISTRI...

Entroncamento comemora o ...

CARTAXO REFORÇA APOIO À V...

Conversas com Café… Comun...

Branca de Neve e os Sete ...

Dia Mundial da Alimentaçã...

Concursos Nacionais no CN...

A renovada Sinagoga de To...

Temporada da Música 2019

NERSANT está em Macau a p...

Centro Cultural Azambujen...

Tomar recebe Seminário Na...

Grupo Tradicional "Os Cas...

Município de Azambuja com...

Anselmo Borges em Tomar d...

Arranque do ano letivo 20...

CONSTRANGISMENTOS E EVENT...

Lançamento do Guia Percur...

Município do Cartaxo cele...

Município do Cartaxo cele...

Discoteca Lipp’s reabre p...

FESTA DAS VINDIMAS EM VIL...

Exposição e concerto evoc...

arquivos

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

tags

todas as tags

subscrever feeds