NOTICIAS DO RIBATEJO EM SUMARIO E ACTUALIZADAS PERIODICAMENTE - "A Imparcialidade Na Noticia" - UMA REFERÊNCIA NA INFORMAÇÃO REGIONAL -
Domingo, 29 de Maio de 2016
Deixa-te ficar até que eu tenha sono...

Ana Fonseca da Luz.jpg

Por: Ana Fonseca da Luz

 

Um dia, cheguei a casa mais tarde do que o habitual.

A casa sufocava-me, engolia-me com afazeres que eu detestava. 
Na rua respirava melhor…
Encontrei-te taciturno, sentado na cama com as minhas malas empoeiradas e abertas, desnudando assim o segredo da minha ânsia de partir. Fiquei muda. O coração caiu-me aos pés e nesse momento senti-me a mulher menos corajosa do mundo, uma verdadeira cobarde. Choravas! Se soubesses como me doeram as tuas lágrimas…
Fiquei parada, à porta, à espera das perguntas que nunca fizeste.
E eu continuava ali, imóvel, muda e sem saber que rumo tomar. 
Era tão fácil ir embora agora. Era só voltar a fechar as malas e partir. Afinal, nem casados éramos. Tinha-nos unido um dia, uma grande paixão, que foi morrendo à medida que nos fomos descobrindo e vendo que afinal não éramos feitos um para o outro e que ao contrário do que dizia a velha canção de Rui Veloso, muito mais era o que nos separava do que o aquilo que nos unia. Continuavas a olhar-me em silêncio, ora implorando-me que ficasse, ora suplicando-me que saísse para sempre da tua vida. 
E eu ali, indecisa…
Finalmente disseste-me de cabeça baixa e de olhos turvos – vou me deitar-me, estou cansado…
Passaste por mim, sem me olhares, com os olhos colados nos sapatos, deixando-me inquieta e infeliz. 
E agora, o que quero eu, afinal?
Olho para as malas que me apontam a liberdade por que tanto anseio e oiço-te movimentar no quarto ao lado, lentamente, como se fosses um velho sem forças para continuar a caminhada. Encho-me de um vazio estranho como se só agora me apercebesse que não posso, nem sei mais viver sem ti. 
Desfaço as malas desajeitadamente, porque te quero reencontrar rapidamente, embora continue sem o que te dizer…
Estás sentado na cama de cabeça baixa, triste, apagado, à espera que eu te diga alguma coisa, mas eu estou sem palavras. Restam-me apenas gestos e sentimentos confusos e desalinhados. Finalmente, olhas-me e dizes-me baixinho enquanto te aninhas na nossa cama:
- Não vás ainda…deixa-te ficar até que eu tenha sono.


publicado por Noticias do Ribatejo às 18:17
link do post | favorito

Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

pesquisar
 
Junho 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9

20

25
26
27
28
29

30


posts recentes

Rancho Folclórico Casa do...

FESTAS DA VILA DA FREIXIA...

NERSANT incentiva PME a i...

Vila Nova da Rainha em Fe...

Festa da Amizade – Sardin...

Quer saber tudo sobre can...

TEMAS DE SAÚDE: Não destr...

A saudade tem nome?

FEIRA MEDIEVAL

Azambuja ao ‘rubro’ com M...

Torres Novas – Identifica...

NERSANT e Município inaug...

ASSEMBLEIA MUNICIPAL DESC...

Acordo de Geminação entre...

AQUApaper convida a desco...

Festa da Amizade – Sardin...

ESTÁDIO MUNICIPAL DO CART...

Projetos da Chamusca em d...

Município do Entroncament...

Criarei Apenas o que Não ...

Câmara de Santarém aprova...

Sea, David Fonseca, Tito ...

NERSANT realiza workshop ...

Novo livro condensa “Toma...

Agrocluster Ribatejo most...

Vamos eleger a Rainha das...

Entroncamento recebe o me...

SUSPENSÃO NO ABASTECIMENT...

Torres Novas – 4 detidos ...

PERCURSO PEDESTRE DA MATA...

arquivos

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

tags

todas as tags

subscrever feeds