NOTICIAS DO RIBATEJO EM SUMARIO E ACTUALIZADAS PERIODICAMENTE - "A Imparcialidade Na Noticia" - UMA REFERÊNCIA NA INFORMAÇÃO REGIONAL -
Quarta-feira, 29 de Abril de 2015
ENERGIA FANTASMA PASSOU POR PONTÉVEL

NOTICIASDORIBATEJO.jpg

 A Escola EB 2,3, integrada no Agrupamento de Escolas D. Sancho I de Pontével, recebeu no dia 28 de abril, uma sessão que trouxe aos jovens alunos do 5.º ano, a oportunidade de ficarem a saber mais sobre um grande fantasma que anda por aí perdido e gasta rios de dinheiro – a energia desperdiçada.

 

Os 46 alunos que participaram na sessão, conduzida por Vânia Campizes, formadora da DECO – Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor (DECO), mostraram já saber um pouco sobre poupança de energia, sendo capazes de responder a perguntas que envolvem conceitos que, para muitos adultos, ainda não são usuais, como o off mode ou o stand by.

 

Pedro Magalhães Ribeiro, que acompanhou a sessão, afirmou ser esta uma das razões porque “a área de Educação da Câmara se tem empenhado em trazer às escolas sessões de sensibilização, sobre temas ambientais, ou de segurança, que são dedicadas aos mais novos”, reconhecendo que “as crianças são mais recetivas à mudança de hábitos do que nós, os adultos. Comentam em casa e partilham com a família e amigos o que aprendem nestas sessões, são muito curiosos”.

 

O Diretor do Agrupamento de Escolas D. Sancho I de Pontével, Luís Bruno, que assistiu à sessão, assim como professores das turmas presentes, reconheceu o valor “para os alunos, de vir alguém de fora falar com eles, há sempre algo que aprendem e que fica para a sua prática diária”.

 

Vânia Campizes explicou que Energia Fantasma, é o nome que a DECO deu a uma campanha nacional que quer chamar a atenção para os consumos stand by/off-mode e outros desperdícios de energia. A campanha é financiada pela Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE) e pretende ajudar os consumidores a reduzirem a sua fatura de eletricidade, eliminando os  desperdícios de energia, gerando poupança para as famílias e protegendo o ambiente.

 

“Para além das sessões de sensibilização dedicadas à comunidade escolar, temos também sessões para a comunidade”, afirmou a formadora, reconhecendo que “é difícil mudar hábitos, por isso temos de persistir, indo ao encontro das pessoas”.

 

Luzinhas vermelhas é energia que se gasta mas não se vê

Os alunos trouxeram a sua própria energia à sessão, participando com entusiasmo e mostrando que já percebem um pouco do assunto “as luzinhas vermelhas gastam energia”, afirmou um dos pequenos participantes, mas outros ainda tinham alguma dificuldade em perceber para onde vai a eletricidade quando se desliga um aparelho “fica na tomada?”, pergunta um menino mais curioso.

 

Outros explicaram que se “pode ligar tudo a uma tomada que tem um botão e depois desliga-se o botão, pronto, já não gasta”, proposta que a própria formadora apresentaria como solução para desligar sem esforço muitos aparelhos ao mesmo tempo.

 

Alguns ainda não tinham percebido bem as etiquetas energéticas “se diz A, mas depois diz mais, mais, mais…”, dúvida razoável, que foi esclarecida. Agora é ir para casa e ajudar os adultos a impedir a Energia Fantasma de andar por aí à solta.

 

 

CULTURA ASSINALA DIA DA LIBERDADE

O Programa das Comemorações do 25 de Abril, no Cartaxo, decorreu de 23 a 26 de abril, com um conjunto de atividades culturais e desportivas, para além da sessão solene, que teve lugar na manhã de dia 25 de Abril, foram muitas as iniciativas organizadas por associações e pela Câmara Municipal.

 

O Centro Cultural (CCC) acolheu a 23 de abril, uma iniciativa da C-Part – Juventude no Cartaxo, o documentário de Raquel Freire – Dreamocracy, que abriu o Programa das Comemorações. A 24 e 25 de abril, foi a Área de Serviço – Projeto de Criação Teatral, a levar ao palco CCC a peça que estreara a 17 de abril – Escândalo nas Notícias da Noite, a 26 de abril, a Universidade Sénior do Cartaxo apresentou a peça Memórias do Estado Novo.

 

A tarde de 25 de Abril contou com a participação de cinco bandas filarmónicas do concelho, que levaram largas dezenas de músicos, de todas as gerações, ao palco do CCC – Sociedade Filarmónica Incrível Pontevelense, Sociedade Filarmónica Ereirense, Sociedade Cultural e Recreativa de Vale da Pinta, Associação Filarmónica União Lapense, Sociedade Filarmónica Cartaxense.

 

O Encontro terminou com uma banda composta por todos os músicos que, apesar das fardas muito diferentes, tocaram juntos a Grândola Vila Morena, sob a batuta do Maestro Simões Ribeiro e perante uma sala cheia, que acompanhou de pé a música que foi a senha usada pelos militares para saírem dos quarteis e que se tornaria símbolo da Revolução dos Cravos – como o Maestro afirmou “será imortal no coração dos portugueses”.

 

Pelo final da tarde, foi Ricardo Quaresma Vieira, natural de Pontével, que ocupou as atenções no CCC, com uma exposição que estará patente ao público até 7 de junho – A Morte do Artista –, reflexão ao estado da arte e da cultura em Portugal.

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 10:13
link do post | favorito

Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

pesquisar
 
Junho 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9

18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


posts recentes

TEMAS DE SAÚDE: Serviço N...

56ª Feira Nacional de Agr...

Ser presente é uma escolh...

Ministro da Agricultura m...

Colégio de Fátima vence E...

Semana Aberta da Universi...

Secretário de Estado da E...

POLIEMPREENDE ATRIBUI 4.5...

Projeto AgriEmpreende rec...

FNA 19 continua a debater...

Circulação de Trânsito | ...

24 horas a pedalar em Cor...

Políticos de Palmo e Meio...

Crédito Agrícola distingu...

NOVO ESPAÇO DO CIDADÃO AG...

Atribuído prémio de Melho...

Operação Baco 2019

Sons de Verão animam as ...

Fim de Semana da Ativida...

Chamusca recebe de 11 a 1...

1300 crianças passam “UM ...

Jornalista Fernando Corre...

Conversas de Agricultura ...

Município do Entroncament...

Chamusca afirma-se como “...

Feira Nacional de Agricul...

Três nadadores de Almeiri...

CARTAXO NA FEIRA NACIONAL...

FERSANT celebra 30 anos c...

Município de Coruche Na ...

arquivos

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

tags

todas as tags

subscrever feeds