NOTICIAS DO RIBATEJO EM SUMARIO E ACTUALIZADAS PERIODICAMENTE - "A Imparcialidade Na Noticia" - UMA REFERÊNCIA NA INFORMAÇÃO REGIONAL -
Terça-feira, 17 de Setembro de 2019
Festival de música Cartaxo Sessions no Jardim Portas do Sol fecha In.Santarém

Cartaxo Sessions In STR - Electric Moon.jpg




Na noite de sábado, 21 de setembro, a partir das 20h, o auditório do Jardim Portas do Sol, em Santarém, recebe a primeira edição do festival Cartaxo Sessions In STR: Portas do Sol Sessions, no âmbito do projeto municipal Santarém Cultura - In. Santarém 2019 - Festival de Artes e Cultura. 

O evento conta com quatro bandas em palco. Os alemães Electric Moon são a principal atração do festival, que conta ainda com atuações dos portugueses 10 000 Russos e Talea Jacta, vindos do Porto, e dos conterrâneos Conjunto!Evite, uma presença habitual no planalto escalabitano Conjunto!Evite, de Rio Maior até Santarém.

Os concertos ao ar livre começam pelas 20h, com a atuação do Conjunto!Evite, banda formada em Rio Maior, que inclui entre os músicos dois filhos de Tim, cantor e baixista dos Xutos & Pontapés.

José Deveza, Manuel Belo, Sebastião Santos, Fábio Neves e Vicente Santos são os elementos desta banda que diz ter nascido da “capacidade de sonhar que o prog-rock tinha pernas para andar e podia sair do armário sem cheirar a naftalina”.

Dizem ainda ser “adeptos de cantigas longas e de fazer viajar quem os ouve, mas sem paciência para malabarismos técnicos. É música pela música, uma espécie de fusão entre Pink Floyd e Death From Above, ELP e QOTSA, Yes e Mastodon, Camel e Tool, num caldeirão de influências que se insinua mas nunca transborda e que faz ponto caramelo na palavra cantada de dois irmãos que só sabem harmonizar em Português”.

Paisagens sonoras com os Talea Jacta

A partir das 20h50, será a vez de tocarem os portuenses Talea Jacta, um duo formado pelo guitarrista Pedro Pestana, também dos 10000 Russos e Tren Go! Sound System, e pelo baterista, que também toca cimbalão e gongo, João Pais Filipe, que se reparte entre vários projetos como musicais como HHY & The Macumbas, Sektor 304, Montanha Magnética ou Paisel.

A música da banda combina sons etnográficos, acompanhados por uma guitarra que vai criando paisagens sonoras através de canções de longa duração.

O grupo explica que “o início dessa bela amizade”, aconteceu em fevereiro de 2016, quando se reuniram para um espetáculo improvisado, no Porto, incluído numa série de “duetos improváveis”, promovidos pela Favela Discos. O resultado “foi tão bom” que registaram em julho seguinte a primeira sessão de gravação como projeto conjunto.

10000 Russos invadem Santarém

 Depois das 21h40, o palco pertence aos 10.000 Russos, apresentados como “uma força formidável no psicadelismo moderno”. Praticantes de um tipo de som descrito como “psych/post-punk industrial”, este trio vindo Porto lançou o álbum de estreia 'Distress Distress' em abril de 2017, através da editora Fuzz Club Records.

A promoção deste disco levou a banda a realizar duas grandes digressões – uma com 50 datas, outra com 60 espetáculos - em solo europeu, onde atuaram em 14 países diferentes ao longo de 2017 e 2018. Entre os muitos concertos, a banda destaca a presença em festivais na Polónia, Alemanha, Holanda ou Inglaterra, onde receberam largos elogios pelas suas prestações ao vivo.

Depois da passagem por Santarém, a banda prepara-se para lançar um novo disco ainda este ano, enquanto se espera embarcar numa nova tournée, desta vez até ao outro lado do oceano Atlântico - no México - antes de regressar à Europa, onde vai percorrer novamente as salas do velho continente.

O rock ácido dos alemães Electric Moon

Formados em 2009, os alemães Electric Moon são hoje um dos nomes consagrados entres os seus pares. Surgiram por iniciativa do pintor Komet Lulu no baixo, Sula Bassana na guitarra e Pablo Carneval na bateria.

A banda mistura “uma grande dose de psicadelismo” e “algumas cores ácidas”, o que contribui para que os seus concertos ao vivo se tornem numa “coisa única”, celebrando “o amor da música junto com o público”, sobretudo quando “ocorre uma simbiose” entre a banda e a assistência.

Os Electric Moon têm atuado em alguns dos melhores festivais europeus dedicados ao psych e ao krautrock, estéticas musicais abrangentes e onde os alemães se inserem musicalmente.

 Para além da música, no local vai ainda funcionar um pequeno mercado com bancas de vendas de discos, trabalhos de ilustradores ou artigos das bandas participantes e o merchandising da própria organização. As entradas são gratuitas.

HORÁRIOS:

20H00-20H30 - Conjunto!Evite
www.facebook.com/conjuntoevite.band

20H50-21H20 – Talea Jacta
www.taleajacta.bandcamp.com

21H40-22H20 - 10000 Russos
www.facebook.com/10000Russos

22H40-00H00 - Electric Moon
www.facebook.com/ElectricMoonOfficial

 

Santarém Jazz Fest 2019 regressa ao Convento de S. Francisco

O Convento de São Francisco recebe nos dias 27 e 28 de setembro, pelas 21h30, o Santarém Jazz Fest 2019, este ano é uma coprodução do projeto Municipal Santarém Cultura e Centro Cultural e Regional de Santarém.

O Santarém Jazz Fest conta, este ano, com duas noites dedicadas à música jazz. Na sexta-feira, dia 27, com os concertos dos Círculo, com Luís Figueiredo, Rita Maria e Mário Franco, de espírito livre, os três jogam com a música como crianças que brincam, uma característica que cedo reconheceram ser-lhes comum. Tocam instrumentos, cantam, e usam o corpo e a criatividade para dar forma aos temas originais. Todos contribuem para o jogo, entrando e saindo do círculo, e a música ganha vida e estimula os ouvidos. Depois segue-se o Quarteto Garfo, com Bernardo Tinoco, João Almeida, João Fragoso e João Pereira, o grupo surge a partir do desejo da partilha musical entre os mesmos, mas também, intuindo a procura de novas sonoridades numa formação menos habitual. O repertório apresentado alterna entre composições originais dos intérpretes do quarteto, improvisação livre e ainda algumas composições escritas por músicos de referência para os elementos desta formação. Com uma forte raiz e presença da linguagem jazzística, Garfo pretende estender os horizontes da sua música através de timbres, ritmos e cores inesperadas.

No sábado, dia 28, o Santarém Jazz Fest tem as atuações de Manuel Brito Quarteto, com Manuel Brito, José Pedro Coelho, Gonçalo Moreira e José Marrucho, uma banda formada por consumados artistas do panorama musical nacional, amigos e colegas de longa data que se reencontram no Convento de S. Francisco para, pela primeira vez, apresentar um poderoso reportório de temas originais inéditos que refletem uma profunda exploração das abordagens harmónicas e rítmicas do Jazz contemporâneo. A noite, e o Santarém Jazz Fest, termina com o concerto de Jack Broadbent, um talentoso cantor e compositor que tem deixado públicos fascinados com os seus espetáculos ao vivo e com o seu estilo inigualável de tocar slide guitar, nascido na Inglaterra rural numa família onde a música era uma presença constante, Jack Broadbent aponta as suas influências para John Lee Hooker, Peter Green, Jimi Hendrix, Robert Johnson e Crosby, Stills, Nash & Young. Com raízes firmemente plantadas nos blues mais puros, Jack Broadbent está a gerar uma onda de entusiasmo global como um bluesman moderno e, porventura, o mais entusiasmante do nosso tempo.

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 09:38
link do post | comentar | favorito

pesquisar
 
Outubro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
12


20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


posts recentes

Município de Santarém co-...

Câmara Municipal de Salva...

REMODELAÇÃO DA SINALIZAÇÃ...

Análise de investimento r...

Santarém – Prisão prevent...

ENSINO SUPERIOR NO DISTRI...

Entroncamento comemora o ...

CARTAXO REFORÇA APOIO À V...

Conversas com Café… Comun...

Branca de Neve e os Sete ...

Dia Mundial da Alimentaçã...

Concursos Nacionais no CN...

A renovada Sinagoga de To...

Temporada da Música 2019

NERSANT está em Macau a p...

Centro Cultural Azambujen...

Tomar recebe Seminário Na...

Grupo Tradicional "Os Cas...

Município de Azambuja com...

Anselmo Borges em Tomar d...

Arranque do ano letivo 20...

CONSTRANGISMENTOS E EVENT...

Lançamento do Guia Percur...

Município do Cartaxo cele...

Município do Cartaxo cele...

Discoteca Lipp’s reabre p...

FESTA DAS VINDIMAS EM VIL...

Exposição e concerto evoc...

Mudança

Quarta edição do CTX META...

arquivos

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

tags

todas as tags

subscrever feeds