NOTICIAS DO RIBATEJO EM SUMARIO E ACTUALIZADAS PERIODICAMENTE - "A Imparcialidade Na Noticia" - UMA REFERÊNCIA NA INFORMAÇÃO REGIONAL -
Domingo, 27 de Maio de 2018
Insónia

ANAFONSECA

Por: Ana Fonseca da Luz

 

Insónia

 

Eram quatro da manhã. Os olhos estavam pesados, sonolentos. No entanto, o corpo negava-se a dormir. Era assim quase todas as noites, noites longas e solitárias, em que os pensamentos se estendiam e lhe negavam um sono descansado.

Virou a página do livro e chegou à conclusão de que, apesar de os olhos terem percorrido e juntado todas as letras da página anterior, nada tinha sido lido, nada tinha sido percebido. Era assim que ela via a sua vida. Um livro que se lê e relê, mas do qual não se percebe nada. Valeria a pena continuar a ler? Valeria a pena juntar todas as peças da sua vida, mais uma vez, para lhe dar algum sentido?

Quase sem se aperceber, regressou à infância. Tinha andado muitas folhas para trás e ali estava ela, numa tarde de verão, com um vestido às flores, chapéu de palha na cabeça, a correr atrás de uma libelinha. Eram as asas das libelinhas o que mais a encantavam, a fragilidade daquelas asas de cores maravilhosas, que ela invejava. A tia gritou-lhe, lá de dentro.

– Anda para dentro, Ana, que está muito calor!

Estava realmente muito calor, mas, em casa, sufocava. Algo não a deixava respirar. Preferia a rua. Então, pegava na sua bicicleta azul-turquesa que o tio lhe tinha dado, depois de ter passado, com boas notas, no exame da 4ª classe e aí ia ela para um passeio até ao jardim do coreto. Havia árvores frondosas no jardim, mas nem mesmo assim o calor deixava de ser sufocante. Aí, voava na sua bicicleta, que todos os meninos invejavam, e pedalava, sem as mãos no guiador, como tinha visto fazer no circo onde tinha ido uns dias antes e, de braços abertos e a olhar em frente, parecia-lhe que voava.

Depois, vinha a fome. Voltava para casa, com as faces rosadas e brilhantes do calor.

– Mas, como é que consegues andar na rua com este calor? – perguntava a tia, preocupada, não fosse ela ficar doente.

Nunca estava doente! Talvez fosse de brincar tanto ao ar livre, talvez fosse por fugir daquela casa sempre que podia e onde não era feliz. Em vão a tia a tentou ensinar a bordar, a fazer renda e malha. Nada! A tia comentava:

– Mas como é possível tu não conseguires aprender um ponto que seja? Para que terás tu jeito, menina?

Ela não sabia e, sinceramente, não se ralava absolutamente nada. O que ela gostava era de brincar, de correr atrás das libelinhas e sonhar que um dia havia de ter umas asas como as delas, frágeis e coloridas.

Voltou à realidade, à sua realidade presente. As letras juntavam-se à frente dos seus olhos e as palavras não faziam qualquer sentido. Fechou o livro e adormeceu.

Acordou num sonho. Teve dificuldade em se reconhecer. Qualquer coisa lhe fazia peso nas costas. Olhou para trás e ali estavam elas, duas majestosas asas, frágeis e de um cor-de-laranja transparente. Sorriu, ajustou as asas, balançou-as ao mesmo tempo e, a medo, levantou voo. Já lá em cima, avistou a sua antiga casa e ouviu a voz da tia que lhe dizia:

– Anda para casa, Ana, que se faz tarde e são quase horas de jantar!

Não ligou ao que lhe era dito e voou toda a noite.

Acordou já tarde. Sob ela estava o livro que andava a ler, “Pássaros de Seda”. Lá fora, uma libelinha de asas frágeis e cor-de-laranja voava, anunciando mais um dia de calor.

 

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 08:00
link do post | favorito (1)

Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

pesquisar
 
Junho 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9

18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


posts recentes

Vamos eleger a Rainha das...

Entroncamento recebe o me...

SUSPENSÃO NO ABASTECIMENT...

Torres Novas – 4 detidos ...

PERCURSO PEDESTRE DA MATA...

Concerto de Cordis & Vito...

SUSPENSÃO NO ABASTECIMENT...

TEMAS DE SAÚDE: Serviço N...

56ª Feira Nacional de Agr...

Ser presente é uma escolh...

Ministro da Agricultura m...

Colégio de Fátima vence E...

Semana Aberta da Universi...

Secretário de Estado da E...

POLIEMPREENDE ATRIBUI 4.5...

Projeto AgriEmpreende rec...

FNA 19 continua a debater...

Circulação de Trânsito | ...

24 horas a pedalar em Cor...

Políticos de Palmo e Meio...

Crédito Agrícola distingu...

NOVO ESPAÇO DO CIDADÃO AG...

Atribuído prémio de Melho...

Operação Baco 2019

Sons de Verão animam as ...

Fim de Semana da Ativida...

Chamusca recebe de 11 a 1...

1300 crianças passam “UM ...

Jornalista Fernando Corre...

Conversas de Agricultura ...

arquivos

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

tags

todas as tags

subscrever feeds