NOTICIAS DO RIBATEJO EM SUMARIO E ACTUALIZADAS PERIODICAMENTE - "A Imparcialidade Na Noticia" - UMA REFERÊNCIA NA INFORMAÇÃO REGIONAL -
Segunda-feira, 26 de Dezembro de 2016
MAIS DE 16 MIL UTENTES PODEM FICAR SEM MÉDICO NO CONCELHO DE SALVATERRA DE MAGOS

 

Mais de 16 mil pessoas poderão ficar sem qualquer tipo de assistência médica no concelho de Salvaterra de Magos já a partir de janeiro de 2017. As extensões de saúde de Glória do Ribatejo (que serve as populações de Glória, Granho e Muge e onde estão duas médicas estrangeiras contratadas para um total de 5,5 mil pessoas) e Foros de Salvaterra (onde está um médico reformado a meio tempo para 5 mil utentes) poderão vir a encerrar por falta de médicos. Já o centro de saúde de Salvaterra de Magos poderá vir a funcionar parcialmente com apenas um médico (para cerca de 5,5 mil utentes).

A situação é crítica e já levou o Presidente da Câmara Municipal de Salvaterra de Magos, Hélder Manuel Esménio, a efetuar diligências junto do Agrupamento de Centros de Saúde da Lezíria (ACES) e Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARS-LVT) e a solicitar uma audiência, com caráter de urgência, ao Ministro da Saúde.

A situação não é nova e, neste momento, 66 por cento da população do concelho de Salvaterra de Magos está sem médico de família, sendo o problema minimizado pelos médicos estrangeiros contratados que a Câmara Municipal tem ajudado a fixar no território municipal, oferecendo alojamento e outras condições vantajosas.

A recente saída de um médico que dava consultas no centro de Saúde de Salvaterra de Magos, a entrada de outro que, entretanto, já pediu para sair em regime de mobilidade e o facto de o ano estar a terminar e não haver indicações da tutela que permitam garantir que os médicos estrangeiros, que prestam serviço nas unidades de saúde do concelho, possam continuar, agrava a situação, que já era problemática.  

A Câmara Municipal de Salvaterra de Magos manifesta a sua profunda desilusão pelo facto de, num concelho onde só temos um terço da população com médico de família, os serviços da ARS-LVT terem aceite a mobilidade de médicos de família que foram colocados no concelho, mas pediram a saída para outros locais, num total desrespeito pelo primado do serviço público e pelas populações e ao arrepio das instruções dadas pela tutela que condiciona o acesso de novos médicos aos locais onde estes fazem mais falta.

A juntar-se a este cenário dramático, o concelho de Salvaterra de Magos não tem merecido a devida atenção por parte do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM). A primeira ambulância do INEM colocada no concelho tinha 14 anos de vida e foi substituída por uma que veio já com 9 anos, encontrando-se muitas vezes inoperacional e deixando a nossa população entregue ao socorro de ambulâncias do INEM sediadas em concelhos vizinhos.

A Câmara Municipal de Salvaterra de Magos não compreende as razões do concelho continuar a ter menos do que os outros, quer no que diz respeito aos cuidados primários de saúde, quer no que toca ao socorro às populações e pondera mesmo – se nada for feito para corrigir estes problemas – avançar com uma queixa junto do Ministério Público.



publicado por Noticias do Ribatejo às 10:00
link do post | comentar | favorito

pesquisar
 
Setembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
14

21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


posts recentes

Traga as suas plantas par...

Município do Entroncament...

ExpoAlcanede dá a conhece...

Casa cheia em Benavente p...

Município da Chamusca ala...

Inscrições para a Univers...

Município do Entroncament...

JORNADAS DE CULTURA ATÉ 2...

Festival de música Cartax...

Tertúlia Festa Brava orga...

“Quando ela… é ele!” teat...

Professores dos 3 Agrupam...

CARTAXO VOLTA A APRESENTA...

Jovens atores da Chamusca...

Tomar dá o corpo ao manif...

Programa de Educação Pare...

“Chamusca das Três Graças...

ERROS GROSSEIROS NA ELABO...

Festival de música Cartax...

Há apoios do Portugal 202...

‘Santarém em Cena’ reúne ...

Teatro Sá da Bandeira ini...

Ceyceyra Medieval a 21 e ...

TEMAS DE SAÚDE: Doente on...

"O medo tem alguma utilid...

Município de Azambuja ass...

Ano letivo 2019-2020 arra...

Tomar – Prisão preventiva...

Arroz é rei em novo event...

PSD visita operação de li...

arquivos

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

tags

todas as tags

subscrever feeds