NOTICIAS DO RIBATEJO EM SUMARIO E ACTUALIZADAS PERIODICAMENTE - "A Imparcialidade Na Noticia" - UMA REFERÊNCIA NA INFORMAÇÃO REGIONAL -
Terça-feira, 6 de Novembro de 2018
Pela Conclusão da IC3/A13

TiagoCarrao

 Por: Tiago Carrão

Vice-Presidente do PSD de Tomar

 

No passado dia 24 de outubro, acompanhei a visita do Dr. Rui Rio, Presidente do PSD, ao Eco Parque do Relvão no concelho da Chamusca.

 

Na Europa, este é um dos parques com maior concentração de empresas de gestão e tratamento de resíduos, com tecnologia de ponta e que recebe resíduos provenientes de todo o país.

 

Falamos de resíduos hospitalares, resíduos industriais perigosos e resíduos urbanos, entre outros, que são tratados ou incinerados na Chamusca.

 

Uma consequência prática desta realidade é a afluência diária de centenas de camiões que transportam resíduos através da EN 118 e de estradas secundárias, passando à porta de quem vive em várias localidades dos concelhos de Almeirim, Alpiarça e Chamusca.

 

Da qualidade de vida à segurança, do ruído à qualidade do ar, dos acidentes rodoviários e ambientais à degradação das vias. Tudo isto são danos colaterais da economia dos resíduos.

 

A solução está à vista de todos, há muitos anos planeada, mas por cumprir: a construção do troço da IC3/A13 entre Almeirim e Vila Nova da Barquinha.

 

A conclusão desta estrada é não só determinante para a resolução dos constrangimentos no acesso ao Eco Parque do Relvão como também o é para o desenvolvimento económico e social de toda a região, em setores como a agricultura, a floresta, o turismo e, quem sabe, para servir a possibilidade futura de um aeroporto civil em Tancos, como alternativa ao disparate que é a opção Montijo.

 

É por isso que os Municípios da Lezíria do Tejo lutam há vários anos, sem sucesso, pela construção deste troço da IC3/A13, que inclui uma nova travessia sobre o rio Tejo, uma vez que a atual ponte da Chamusca é um estrangulamento assinalável à mobilidade.

 

Este tema, para além de importante torna-se agora também urgente: a proteção do traçado para a conclusão desta via está em iminente expiração e, a acontecer, é o fim deste projeto.

 

Este assunto, para além de ultrapassar o âmbito regional e ter escala nacional, é também do maior interesse para o Médio Tejo e em especial para Tomar.

 

A atividade económica do nosso concelho e da nossa zona industrial em particular muito beneficiariam de uma via rápida alternativa à A23 e à A1, ligando Tomar à Golegã, à Chamusca, a Alpiarça e a Almeirim.

 

Pergunto-me: não deveria também a Câmara Municipal de Tomar colocar-se na linha da frente e abraçar esta causa?

 

Um movimento que certamente encontraria apoios entre os autarcas, os empresários e os cidadãos.

 

Todos teríamos a ganhar com a conclusão desta estrada.

 

São anos e anos de falta de vontade política para concluir este troço onde está quase tudo feito: projeto, traçado, expropriações. Só falta mesmo a obra!

 

Não se trata de uma vitória deste ou daquele concelho, nem sequer da região, é o interesse nacional que está em causa.

 

Queremos ou não apostar na coesão territorial e na defesa do interior? Não podemos ficar pelas intenções.

 

É este o momento certo para passar das palavras à ação!

 

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 03:45
link do post | comentar | favorito

pesquisar
 
Novembro 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9


18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


posts recentes

Comitiva Internacional re...

Mais de cem pessoas assis...

TAGUS e Municípios de Con...

NERSANT apresenta Viver o...

JÁ ESTÁ AO SERVIÇO DA POP...

Inovação e novos negócios...

Tem horta ou jardim? Faça...

Azambuja promove Férias A...

Ourém sensibiliza para a ...

“CONTABILIDADE DE GESTÃO...

Aproveite o que Santarém ...

Temporada da Música

REUNIÃO DESCENTRALIZADA D...

Centro de Estudos em Foto...

73º Aniversário do Concel...

CÂMARA MUNICIPAL DO CARTA...

Embaixador da Moldávia re...

REQUALIFICAÇÃO DA URGÊNCI...

Rede de Municípios para a...

Chamusca a impulsionar re...

Avisan’18 recebe Exposiçõ...

OPINIÃO: Política para a ...

Convento de Cristo recebe...

Concerto da Orquestra da ...

Município de Azambuja vai...

CAMPANHA DE RECOLHA DE BR...

CORTE NO ABASTECIMENTO DE...

CONCERTO PARA OUVIR DE OL...

MUSEU RURAL E DO VINHO CE...

Município do Entroncament...

arquivos

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

tags

todas as tags

subscrever feeds