NOTICIAS DO RIBATEJO EM SUMARIO E ACTUALIZADAS PERIODICAMENTE - "A Imparcialidade Na Noticia" - UMA REFERÊNCIA NA INFORMAÇÃO REGIONAL -

Terça-feira, 24 de Janeiro de 2012
SANTARÉM - Os quatro concelhos mais apáticos do Ribatejo

Os três concelhos que menos se desenvolveram no Ribatejo foram: Alpiarça, Chamusca,  Golegã e Vila Nova da Barquinha.
Por razões várias e estratégias partidárias ou resultados eleitorais estes concelhos não conseguiram desenvolver-se como os restantes, mais parecendo que “pararam no tempo”.
O desenvolvimento que tiveram, se desenvolvimento se pode chamar, mais não foi de que: uma “casa nova aqui”, uma “vivenda acolá” ou alguma “prestação de serviço mais além”, quanto ao resto em nada cresceram como nunca conseguiram desenvolver-se em termos industriais acrescentando-se ainda de uma pequena perda de habitantes.
Resta-lhes ter algumas condições e estruturas sócio/culturais levando-os a não conseguir segurar a juventude e muito menos lhes garantir emprego que para sobreviverem tem que procurar outros concelhos mais desenvolvidos.
Ainda lhes cabe, em nome da verdade, a tranquilidade que oferecem aos seus residentes.
Quanto ao resto consideramos estes concelhos os mais apáticos da região ao contrário dos outros que conseguiram desenvolver-se de uma forma bastante diferente.



publicado por Noticias do Ribatejo às 12:31
link do post | comentar | favorito

Sábado, 14 de Maio de 2011
CONSTANCIA - Tertúlias

Organizado pela Tagus/Ribatejo Interior vai decorrer hoje e amanhã em Constância, V.N. Barquinha e Abrantes algumas tertúlias.

 

Inseridas no projecto Confluências do Tejo, dos Mercados do Tejo, estas tertúlias pic-nic, com enfoque nas potencialidades do rio Tejo, pretendem sensibilizar a população e as entidades para a realidade da região e reunir contributos relevantes para o desenvolvimento rural.


Programa:
14.MAI. | 12h30 – Constância – Parque Ambiental de Santa Margarida - tema: Turismo Activo
15.MAI. | 12h30 - V.N. Barquinha – Barquinha Parque - tema: Êxodo Rural
21.MAI. | 12h30 - Abrantes – margem norte Aquapolis - tema: Empreendedorismo



publicado por Noticias do Ribatejo às 14:50
link do post | comentar | favorito

Sábado, 11 de Dezembro de 2010
CONSTÂNCIA- O resultado da união das pessoas

O Partido Comunista Português como o deputado António Filipe, eleito pelo circulo eleitoral de Santarém -colaborador deste jornal - e as enormes manifestações levadas a efeito pela população local para além das autarquias envolvidas na reivindicação do arranjo da “Ponte da Constância”  e outros organismos contribuíram em conjunto  para que o ministro das Obras Públicas assinasse o protocolo de requalificação da respectiva ponte cujo investimento orça em cerca de dois milhões de euros. Falta agora abrir o concurso público que foi considerado de “urgente”.



publicado por Noticias do Ribatejo às 13:41
link do post | comentar | favorito

Domingo, 3 de Outubro de 2010
Governadora Civil no 5º Aniversário da Brigada de Reacção Rápida

A Governadora Civil foi convidada para as comemorações do 5º aniversário da criação/ Dia da BrigRR - Brigada de Reacção Rápida, aquartelada em Tancos, Vila Nova da Barquinha.
Entre as diversas cerimónias, foi realizada a recepção oficial ao Batalhão de Pára-quedistas que terminou a missão no Kosovo.
Presidiu o Chefe de Estado-Maior do Exército, General José Luís Pinto Ramalho, na presença do Cmdt da BrigRR, o Major - General Raul Luís de Morais Cunha, da Governadora Civil de Santarém, Sónia Sanfona, e do Presidente da Câmara Municipal de Vila Nova da Barquinha, Luís Miguel Pombeiro.
Foi realizada uma demonstração de capacidades, com saltos em pára-quedas, e uma visita à exposição estática de materiais em uso nas unidades da brigada.
«GI/GCS»



publicado por Noticias do Ribatejo às 10:45
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 22 de Março de 2010
SANTAREM-GUARDA NACIONAL REPUBLICANA
coruche,ComandoTerritorial deSantarém Actividade Operacional No Distrito de Santarém, zona de acção do Comando Territorial de Santarém, este Comando registou, entre outros, os seguintes dados na actividade operacional, desenvolvida durante o período de 15 a 21 de Março de 2010. Detenções: 31 Indivíduos detidos pelos seguintes motivos: Dez detidos por condução de veículo automóvel sob o efeito do álcool; Sete detidos em cumprimento de mandados judiciais; Sete detidos por condução ilegal de veículo automóvel; Três detidos por condução de veículo automóvel sem habilitação legal; Um detido por crime de desobediência; Um detido por ofensas à integridade física de agente da autoridade; Um detido por crime de contrafacção; Um detido por crime de posse de arma proibida. Tendo sido solicitado a este Comando por vários órgãos de comunicação social regionais, passa a ser difundido por concelho a informação julgada útil. Abrantes: Um detido em cumprimento de mandado Judicial. Mação: Um detido por crime de ofensas à integridade física a agente da autoridade. Constância: Um detido por condução ilegal de veículo automóvel. Coruche: Cinco detidos por condução ilegal de veículo automóvel; Um detido por condução de veículo automóvel sob o efeito do álcool; Um detido por crime de contrafacção; Um detido por crime de posse de arma proibida. Benavente: Dois detidos em cumprimento de mandados Judiciais; Um detido por condução ilegal de veículo automóvel; Três detidos por condução de veículo automóvel sob o efeito do álcool. Santarém: Dois detidos por condução de veículo automóvel sem habilitação legal; Um detido por condução de veículo automóvel sob o efeito do álcool. Rio Maior: Um detido por condução de veículo automóvel sob o efeito do álcool. Almeirim: Um detido por condução de veículo automóvel sob o efeito do álcool; Dois detidos em cumprimento de mandados Judiciais. Ourém: Dois detidos por condução de veículo automóvel sob o efeito do álcool. Torres Novas: Um detido em cumprimento de mandado Judicial; Um detido por condução de veículo automóvel sob o efeito do álcool. Chamusca: Um detido por condução de veículo automóvel sem habilitação legal; Um detido por crime de desobediência. Vila Nova de Barquinha: Um detido em em cumprimento de mandado Judicial.


publicado por Noticias do Ribatejo às 15:11
link do post | comentar | favorito

Domingo, 21 de Março de 2010
Nove municipios do Médio Tejo criam redes sociais de combate à pobreza e exclusão

 

 

 

 Uma plataforma de redes sociais vai ser criada no Médio Tejo para combater a pobreza e a exclusão social, em compromisso a formalizar na segunda feira em Abrantes, na abertura do Festival Nacional de Teatro Especial.

Os nove municípios que integram a Plataforma da Rede Social do Médio Tejo e a União Instituições Particulares de Solidariedade Social juntam-se no programa “Redes do Tejo”, um projeto liderado por Abrantes no âmbito do Ano Europeu de Combate à Pobreza e Exclusão Social, que pretende “combater a exclusão com um trabalho em parceria".

Abrantes, Constância, Ferreira do Zêzere, Mação, Ourém, Sardoal, Tomar, Torres Novas e Vila Nova da Barquinha são os concelhos envolvidos.

A vereadora da ação social em Abrantes, Celeste Simão, disse à Lusa que o objetivo é “sensibilizar” as populações para as questões da pobreza e exclusão social, “desenvolvendo as redes sociais” dos respetivos municípios, que “apresentam problemas comuns”.

"A ideia base é realizar nos vários concelhos ações de formação, informação, seminários e outros, como forma de sensibilizar a opinião pública para questões sobre a pobreza e a exclusão social, mas também tendo em vista a rentabilização de esforços, a inovação social e, fundamentalmente, o trabalho em parceria e em rede”.

A promoção de actividades de solidariedade, a dinamização das redes sociais de cada concelho, a realização da feira social e do mês da solidariedade e ações de sensibilização e informação são, entre outras, algumas das actividades a realizar.

Este projeto foi alvo de uma candidatura conjunta ao Programa Nacional do Ano Europeu do Combate à Pobreza e Exclusão Social (PNAECPES) e, “apesar de carecer ainda de aprovação, os parceiros decidiram assumir desde já a sua realização”, acrescentou Celeste Simão.

O compromisso será assinado durante a cerimónia oficial de abertura da 8.ª edição do FNATES, o Festival Nacional de Teatro Especial, que visa “promover pela arte a inclusão das pessoas com deficiência”, e na presença da secretária de estado da Igualdade, Elza Pais.

Humberto Lopes, presidente do Centro de Recuperação e Integração de Abrantes (CRIA), a entidade organizadora, disse à Lusa que “o teatro, assim como as artes plásticas, surgem como ferramentas terapêuticas e pedagógicas que estimulam a criatividade, a sensibilidade e as emoções das pessoas, neste caso, com deficiência”.

“No Ano Europeu de Combate à Pobreza e à Exclusão Social pretendemos ser um testemunho do que se pode fazer ao nível de uma associação sem fins lucrativos, na luta de todos os dias pela igualdade de tratamento, de direitos e de deveres que deve nortear a vida de cada um.

 http://www.ionline.pt/



publicado por Noticias do Ribatejo às 17:39
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 18 de Março de 2010
SANTAREM-MUSP

(a propósito da notícia de O Ribatejo, que transcrevemos em baixo)
 
 
... MAS, SE BEM NOS LEMBRAMOS FOI PRECISAMENTE DO GOVERNO PSD/PP, QUE VEIO A ÚLTIMA DECISÃO DE INSTALAR PORTAGENS NA A23.
 
VERDADE SEJA DITA, NA ALTURA, MUITOS AUTARCAS SOCIAIS-DEMOCRATAS DERAM A CARA, COM OS UTENTES, NA REJEIÇÃO DESSA MEDIDA.
 
POR NÓS, TAMBÉM SOLIDÁRIOS COM OS UTENTES DE OUTRAS REGIÕES, CÁ ESTAMOS PARA FAZER FRENTE ÀS INTENÇÕES GOVERNAMENTAIS DE PORTAJAR AS VIAS ESSENCIAIS AO DESENVOLVIMENTO ECONÓMICO E SOCIAL DAS REGIÔES.
 
MUSP Santarém
 
===========
 
 
Deputados do PSD temem introdução de portagens na A23
Motivados pela falta de informação oficial sobre a polémica questão da introdução de portagens nas SCUT’s, os deputados do PSD eleitos pelo círculo de Santarém entregaram na Assembleia da República um requerimento onde pedem explicações ao Ministério das Obras Públicas, Transportes e Comunicações (MOPTC) sobre a possibilidade da A23 deixar de ser uma auto-estrada de utilização gratuita.
“Vai ou não o MOPTC introduzir portagens na A23?”, “como será feita a cobrança?” e “qual a calendarização do processo?” são algumas das nove questões deixadas pelos deputados José Pacheco Pereira, Vasco Cunha e Carina Oliveira, que aguardam ainda pela resposta da tutela.
“A informação relativa a este capítulo no Orçamento de Estado é insuficiente para que se possa saber com rigor onde e quando serão introduzidas portagens nas SCUT”, lamentam os social-democratas, apesar de estar previsto no documento que o pagamento da circulação nestas vias possa contribuir “para assegurar a sustentabilidade financeira do sector rodoviário”.
No requerimento, os deputados do PSD lembram o governo que a A23 é “absolutamente vital” nos concelhos do norte do distrito que atravessa, Torres Novas, Alcanena, Entroncamento, Barquinha, Tomar, Constância, Mação, Abrantes e Sardoal, e que as estradas alternativas “há muito que deixaram de constituir alternativas viáveis de circulação”.
 



publicado por Noticias do Ribatejo às 18:45
link do post | comentar | favorito

Domingo, 7 de Março de 2010
Caudais no Tejo estabilizaram

O nível de cheia na bacia do Tejo estabilizou hoje, domingo, uma vez que o débito das barragens que regularizam o rio se tem mantido constante nas últimas horas, registando-se uma descida da água nos afluentes do rio.

De acordo com o comunicado do Governo Civil emitido ao princípio da tarde, a diminuição da precipitação na região leva a prever uma diminuição dos níveis das águas nos rios Nabão, Alviela, Almonda e Sorraia, que subiram devido às fortes chuvadas registadas sexta-feira e sábado.

Accionado o alerta amarelo do Plano Especial de Emergência para Cheias na Bacia do Tejo no passado dia 22 de Fevereiro, têm estado inundadas desde então, com variações dos níveis da água, a parte baixa da vila de Constância, o cais de Tancos e a avenida dos Plátanos, em Vila Nova da Barquinha (esta parcialmente).  

No concelho de Santarém, a povoação de Reguengo do Alviela está isolada desde a madrugada de 23 de Fevereiro, devido à submersão da estrada nacional 365 entre Vale de Figueira e Pombalinho, registando-se ainda lençóis de água na estrada municipal que liga a Ribeira de Santarém a Vale de Figueira.  

A EN 365 ficou ainda submersa nas últimas horas nas Assacaias e em Palhais, na Ribeira de Santarém.  

Por influência do rio Maior está submersa a EM 580-1, entre Vila Nova do Coito e Almoster, e a EN 365 na Ponte do Celeiro, e por influência do rio Alviela a estrada municipal que liga Almajões a Sobral, podendo durante o final da tarde ficar ainda submersa a estrada municipal que liga Santarém à aldeia ribeirinha de Caneiras, todas no concelho de Santarém.  

No concelho da Golegã está submersa a EN 365, na ligação à Azinhaga, em Alpiarça a EM 1369, na ligação a Torrinha e Porto da Courela, e no município da Chamusca as estradas municipais que ligam Vale de Cavalos a Santa Clara e à Chamusca.  

No concelho do Cartaxo, estão submersas a EN 3-2, entre a ponte do Reguengo e Valada, a EN 114-2, entre o Setil e Reguengo, a municipal que liga Porto de Muge ao Vale de Santarém e, parcialmente, a EN 3-3, entre Santana e Cartaxo.  

Por influência da subida do rio Maior estão ainda submersas as estradas municipais 514, entre Valbom e Assentiz, a que liga S. João da Ribeira a Vale das Mós e a que liga S. João da Ribeira a Carvalhais (esta com registo do colapso de uma pequena ponte), todas no concelho de Rio Maior.  

Devido à subida das águas do rio Sorraia, estão submersos, no concelho de Coruche, os caminhos municipais que ligam à EN 251, em Santa Justa, a EN 114-3 à EM 515 e a EN 114-3 à EN 119, bem como a EM 1456, entre Benavente e a Reta do Cabo. 



publicado por Noticias do Ribatejo às 19:03
link do post | comentar | favorito

Sábado, 6 de Março de 2010
ÚLTIMA HORA-PLANO DE CHEIAS DO TEJO

Aumento de caudais do Fratel durante a madrugada, registo em Almourol (3200 m3/s), em todo o curso do Tejo e afluentes os níveis de água vão subir nas próximas horas.

A precipitação também afecta o Alviela com valores de altura de água significativa .

 

GI-Governo Civil de Santarém

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 14:05
link do post | comentar | favorito

Sábado, 27 de Fevereiro de 2010
TORRES NOVAS-Vento provoca queda de grua em Torres Novas

 

Os ventos fortes que se fazem sentir este sábado na região de Santarém provocaram a queda de uma grua em Torres Novas, causando danos numa viatura estacionada e num andar de um prédio em construção, não havendo, no entanto, registo de vítimas.

 

Além da grua, também caíram várias árvores em outros pontos do distrito, sem contudo causarem  qualquer dano ou obstrução de vias, avançou Joaquim Chambel, comandante distrital de operações de socorro.

 

Quanto à situação de cheia, desde a madrugada deste sábado que se regista  um decréscimo dos caudais do Tejo que se fará sentir durante a tarde na lezíria, parte Sul do distrito.

 

De acordo com o comandante, espera-se que até ao fim do dia se mantenham os condicionamentos  que se vêm registando desde a passada terça-feira, tendo ficado esta noite submersa a estrada municipal que liga Santarém à aldeia ribeirinha das Caneiras. 

 

A estrada nacional 365, em Assacaias (Santarém) e a 114-2 junto ao Setil (Cartaxo), estão desde a tarde de sexta-feira submersas devido à subida das águas do rio Maior.

 

Mantêm-se igualmente inundadas as zonas junto ao rio em Constância (jardim, parque  de estacionamento e via junto à Casa de Camões), o cais de Tancos e via de acesso (Vila Nova da Barquinha).  

 

 

Estão igualmente submersas a estrada municipal que liga a Ribeira de  Santarém a Vale de Figueira e a EN 365 na Ribeira de Santarém (junto à ponte  de Palhais).  

 

Por influência da subida do rio Sorraia, continuam submersos os caminhos  municipais entre a EN 114-3 e a EM 515 e entre a EN 114-3 e a EN 119, no concelho de Coruche, e a EM 1456 entre Benavente e a Reta do Cabo (estrada do campo).  

 

Na região da bacia hidrográfica do Tejo estão ainda afectados vários  caminhos vicinais junto a linhas de água.  

 

A Protecção Civil reforça o apelo a cuidados redobrados na condução de veículos, evitando as zonas submersas, à suspensão das actividades profissionais ou outras no leito do Tejo e afluentes, e à retirada de bens e animais de  locais inundáveis.  

 

 

Sónia Sanfona, Governadora Civil do distrito de Santarém, accionou, na passada segunda-feira, o Plano de Emergência para Cheias na Bacia do Tejo, que se encontra no nível de alerta amarelo.

 

http://www.cmjornal.xl.pt/



publicado por Noticias do Ribatejo às 14:45
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 26 de Fevereiro de 2010
ALMEIRIM-Chuva matinal inundou várias casas e estradas

 

 

Habitações inundadas, estradas, caminhos rurais e zonas ribeirinhas submersos, e ainda um aluimento de terras. Foi este o cenário de Inverno vivido ontem no distrito de Santarém. A aldeia do Reguengo do Alviela mantém-se isolada pelo terceiro dia consecutivo.

A chuva que caiu ao longo da manhã de ontem no Ribatejo, provocou, pelas 10 horas, inundações em 20 habitações em Fazendas de Almeirim e condicionou a principal via de acesso à localidade. "A água atingiu várias residências da rua Coronel António Baptista" disse fonte dos bombeiros, explicando que "a estrada ficou submersa e foi essa água que invadiu as casas. Quando acabou de chover a água desapareceu rapidamente".

Em Benfica do Ribatejo também houve residências inundadas, mas segundo a mesma fonte "as situações foram rapidamente resolvidas". Devido aos lençóis de água formados, ficou condicionada a EN118 que liga Muge e Benfica do Ribatejo, nos concelhos de Salvaterra de Magos e Almeirim.

Mais a norte, em Abrantes, a EN3 também esteve condicionada devido à chuva que caiu com intensidade, e que provocou, pelas 6 horas, um aluimento de terras, junto à encosta do Castelo. Aqui o trânsito foi cortado durante as operações de limpeza da via.

Para além destes casos pontuais motivados pela precipitação, na bacia hidrográfica do Tejo manteve-se a situação de cheia. Reguengo do Alviela, concelho de Santarém, continuava isolado, sendo que as entradas e saídas dos habitantes da aldeia era feita nas viaturas pesadas dos Bombeiros de Pernes.

As áreas mais baixas de Constância e de Vila Nova da Barquinha mantinham-se submersas, tal como o cais de Tancos e os caminhos vicinais junto às várias linhas de água.

Continuavam cortadas ao trânsito a EN365 - que permite a ligação ao Reguengo do Alviela - entre a Quinta da Broa e a ponte do rio Alviela, no concelho da Golegã. Mais a sul estavam também submersas várias estradas municipais, como a que liga a Ribeira de Santarém a Vale de Figueira (Santarém), a 1369 entre Alpiarça e Torrinha e dois caminhos municipais no concelho de Coruche, devido à subida do rio Sorraia.

 

http://jn.sapo.pt/



publicado por Noticias do Ribatejo às 18:25
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 25 de Fevereiro de 2010
Plano de Cheias em Alerta Amarelo

O Plano Especial de Emergência para Cheias na Bacia do Tejo, continua no nível de Alerta Amarelo, depois de ter sido accionado a (22FEV). 
 

PREVISÃO HIDROLÓGICA 
 

As barragens espanholas e a de Castelo de Bode, deverão aumentar os caudais lançados nas próximas horas, os quais poderão alterar os cenários de inundabilidade já a partir da noite de hoje (25FEV).  
 

PREVISÃO METEOROLÓGICA 
 

De acordo com as previsões do IM, pode ocorrer precipitação, por vezes forte e trovoada nas regiões a Norte do Sistema Montanhoso Montejunto-Estrela, até ao fim do dia de hoje (25FEV), não estando, no entanto, afastada a hipótese de ocorrerem aguaceiros pontualmente fortes a Sul.

A evolução meteorológica nos próximos dias será caracterizada pela passagem de superfícies frontais de menor actividade até ao dia de Sábado (27FEV), altura em que o continente será influenciado pela passagem de uma depressão de forte actividade localizada ao largo do litoral Oeste, que poderá provocar ventos muito fortes.  
 

CENÁRIO PREVISÍVEL 
 

Com os caudais actuais manter-se-ão durante na noite de hoje os níveis actualmente registados, pelo que os efeitos se mantêm os actuais.  
 

Haverá actualização da informação nas próximas horas, logo no início do dia 26FEV.  
 
 

CENÁRIO VERIFICADO 
 

Município de Constância: 
 

  • Inundação da parte baixa da Vila de Constância, nomeadamente parte do jardim junto ao rio e parque de estacionamento, estrada do campo e via junto à Casa de Camões.

 Município de Vila Nova da Barquinha: 

  • Submersão do cais de Tancos.

 Município da Golegã: 
 

  • Submersão da EN365 Quinta da Broa/ ponte do rio Almonda

 Município de Alpiarça: 
 

  • Submersão da EM 1369 Alpiarça/ Torrinha (estrada do campo)

 Município de Santarém: 
 

  • Submersão da EM entre Pombalinho e Reguengo do Alviela
  • Submersão da EN365 com isolamento da povoação de Reguengo do Alviela.
  • Submersão da EM que liga Ribeira de Santarém e Vale de Figueira.
  • Submersão da EN365 na Ribeira de Santarém, junto à fonte de Palhais.

           (nova ocorrência)

Município do Cartaxo: 
 

  • Submersão da EN114-2 Setil/ Reguengo (nova ocorrência)

 Município de Coruche: 
 

  • Submersão do caminho municipal entre a EN 114-3 (freguesia de Coruche e Fajarda) e a EM 515 (freguesia do Biscainho), estrada de campo.
  • Submersão do caminho municipal entre a EN 114-3 (freguesia de Coruche e Fajarda) e a EN 119 (de ligação para Biscainho ou rotunda do Monte da Barca (estrada de campo), ambos por influência do rio Sorraia.

 
Município de Benavente: 
 

  • Submersão da EM 1456 entre Benavente e a Recta do Cabo (estrada do campo), por influência do rio Sorraia.

____________________                        ____________________ 
 

  • Na região influenciada pela Bacia Hidrográfica do Tejo, estão ainda afectados vários caminhos vicinais, junto a linhas de água.

 
 SITUAÇÕES ESPECIAIS 
 

Considerando a situação hidrológica e meteorológica, actuais e previstas, é de considerar a possibilidade de inundações localizadas em zonas urbanas e na rede viária, pelo que a população em geral deverá ter o máximo cuidado com a condução de veículos, evitando passar em zonas submersas e respeitando as determinações das autoridades. 
 

O actual caudal do rio Tejo torna também perigosas e consequentemente desaconselhadas actividades profissionais ou outras nas margens ou no leito do rio Tejo e seus afluentes.  
 

CONSELHOS À POPULAÇÃO

  • Deverá ter o máximo de cuidado com a condução de veículos, evitando passar em zonas submersas e respeitar as determinações da sinalização e das autoridades
  • Manter-se informada, principalmente se reside numa região habitualmente sujeita a inundações e desenvolver as acções necessárias para a sua protecção, da família e dos seus bens;
  • Retirar do leito do rio e das zonas normalmente inundáveis, os equipamentos agrícolas e industriais
  • Levar os animais para locais seguros
  • Acompanhar o evoluir da situação, junto das entidades competentes e pelos órgãos de comunicação social
  • É importante que as pessoas tenham consigo, um rádio e pilhas e que cumpram as informações dadas.

GI/Governo Civil Santarém



publicado por Noticias do Ribatejo às 21:55
link do post | comentar | favorito

Santarém: chuvas da manhã provocaram inundações em Fazendas de Almeirim
As chuvadas registadas esta manhã em alguns pontos do distrito de Santarém provocaram inundações em habitações nas Fazendas de Almeirim e o condicionamento do trânsito na EN118, junto a Muge, e na EN3, em Abrantes.

Fonte do Centro Distrital de Operações de Socorro disse à agência Lusa que 15 habitações situadas em Fazendas de Almeirim ficaram inundadas, bem como a principal via de acesso àquela localidade do concelho de Almeirim, que ficou parcialmente condicionada.

As chuvadas provocaram ainda lençóis de água na estrada nacional 118 entre Muge e Benfica do Ribatejo, nos concelhos de Salvaterra de Magos e Almeirim, condicionando a circulação.

Em Abrantes, um aluimento de terras na estrada nacional 3, junto à encosta do castelo obrigou ao corte temporário do trânsito, adiantou a fonte.

O Plano de Emergência para Cheias na Bacia do Tejo continua em alerta amarelo, decretado na passada segunda-feira pela governadora civil de Santarém, mantendo-se os caudais nos níveis registados desde terça-feira sem previsão de alterações para o dia de hoje.

Assim, a povoação de Reguengo do Alviela, no concelho de Santarém, continua isolada, só sendo possível o acesso a veículos pesados, assegurando os Bombeiros Voluntários de Pernes a assistência e o abastecimento às populações.

Também as zonas junto ao rio em Constância e Tancos (concelho de Vila Nova da Barquinha) continuam submersas, bem como caminhos vicinais junto a linhas de água e várias estradas.

Nesta situação, além das vias que permitem a ligação a Reguengo do Alviela, estão a EN365, entre a Quinta da Broa e a ponte do rio Alviela, no concelho da Golegã, e diversas estradas municipais, como a que liga a Ribeira de Santarém a Vale de Figueira (Santarém), a 1369 entre Alpiarça e Torrinha, dois caminhos municipais no concelho de Coruche, devido à subida do rio Sorraia, e a 1456 entre Benavente e a recta do Cabo (estrada de campo).



publicado por Noticias do Ribatejo às 15:44
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 23 de Fevereiro de 2010
A Governadora Civil visitou as zonas mais alagadas do Distrito de Santarém

A Governadora Civil visitou este tarde as zonas mais as zonas alagadas pelo Tejo. Pombalinho, Vila Nova da Barquinha, Abrantes e Constância (Casa Camões)  foram as localidades visitadas.

GI/Governo Civil Santarém

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 17:58
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 22 de Fevereiro de 2010
Distrito em alerta amarelo de cheias

 

 

A Protecção Civil do distrito de Santarém subiu o nível de alerta do Plano de Emergência para Cheias na Bacia do Tejo de azul para amarelo. A decisão deve-se à descarga de barragens na Bacia Hidrográfica do Tejo e à previsão do Instituto de Meteorologia e Geofísica, que aponta para a continuação de precipitação nos próximos dias. Segundo a informação do Governo Civil, os débitos das barragens vão continuar a verificar-se nas próximas horas, particularmente os das barragens espanholas. É previsível que , durante a tarde de segunda-feira, se verifique submersão do cais de Tancos e do cais do Arrepiado, submersão da zona baixa da Vila Nova da Barquinha (Av. Dos Plátanos) e submersão da EN 365 na ponte do rio Alviela. Para a noite de segunda para terça, prevê-se a submersão da EN 365 a jusante do Pombalinho, isolando a povoação de Reguengo do Alviela. A zona baixa de Constância já está inundada, nomeadamente parte do jardim junto ao rio e parque de estacionamento, e em Coruche, estão submersos os caminhos municipais entre a EN 114-3 e a EM 515, e entre a EN 114-3 e a EN 119, por influência do rio Sorraia.

http://www.oribatejo.pt/

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 17:25
link do post | comentar | favorito

Plano de Cheias passa a Alerta Amarelo

Após ter sido Activado o Plano Especial de Emergência para Cheias na Bacia do Tejo em Alerta Azul, hoje pelas 02h40, foi determinado accionar para o nível de Alerta Amarelo, às 11h30, após um briefing de ponto de situação no CDOS.
A decisão foi tomada pela Governadora Civil de Santarém, Sónia Sanfona, e deverá ser ratificada pela Comissão Distrital de Protecção Civil, durante a tarde hoje.
A decisão deve-se à descarga de barragens na Bacia Hidrográfica do Tejo e à previsão do Instituto de Meteorologia e Geofísica, que aponta para a continuação de precipitação nos próximos dias.
Prevê-se para as próximas horas um aumento do caudal do Rio Tejo e seus afluentes.
Neste sentido, tendo em conta a evolução hidrológica, a Governadora Civil de Santarém, determinou a ACTIVAÇÃO, do Plano Especial de Emergência para Cheias na Bacia do Tejo, e a posterior subida do nível de alerta.
Será prestada nova informação nas próximas horas.
PREVISÃO
Segundo a informação, os débitos das barragens vão continuar a verificar-se nas próximas horas, particularmente os das barragens espanholas.
Neste último caso poderá registar-se um aumento.
A jusante da estação hidrométria de Almourol poderá registar-se um aumento ligeiro do nível das águas.



publicado por Noticias do Ribatejo às 14:25
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 18 de Janeiro de 2010
Defensores do Tejo reuniram-se para assinar a "Carta Ibérica"

 

 
Os movimentos em defesa do Tejo de Portugal e Espanha, reuniram-se em 16-01-2010 em Vila Nova da Barquinha para assinar a Carta Reivindicativa Ibérica em Defesa do Tejo que representa um marco histórico por ser a primeira vez que a cidadania ultrapassa as fronteiras e geográficas definidas pelo homem e promove a acção conjunta de movimentos de cidadãos portugueses e espanhóis, unidos em torno do princípio da unidade da bacia, em defesa do rio e da água de acordo com os princípios filosóficos da nova cultura da água.
Os movimentos estão solidários no entendimento de que as populações ribeirinhas do rio Tejo de ambos os países (Portugal e Espanha) enfrentam problemas e preocupações comuns e de que a criação de redes de informação é o caminho para a colaboração e mobilização no âmbito do Tejo internacional (ibérico), inclusive com o intercâmbio de pessoas, informação, conteúdos, conhecimento técnico-científico e experiências.
Com vista a manter vivos o rio Tejo e seus afluentes, decidem:
1º Exigir o direito à água em quantidade e qualidade na bacia do Tejo, que garanta a conservação dos ecossistemas aquáticos e ribeirinhos, a sobrevivência das actividades económicas e de lazer ligadas ao rio, e a vivência das populações ribeirinhas em comunhão com os seus rios, recuperando os laços culturais que as ligam e que são parte da sua identidade.
2º Recusar a política de transvases em Espanha, incluindo os transvazes existentes e previstos, por considerar que devem implementar-se alternativas aos transvazes baseadas no uso eficiente e na gestão da procura da água nas bacias receptoras, recorrendo preferencialmente a medidas não estruturais, com a finalidade de promover a substituição progressiva e TOTAL dos transvases, e o encerramento definitivo do Transvase Tejo - Segura.
3º Exigir a imediata supressão da reserva de 1.000 hm3 para transvases do Tejo prevista no Convénio de Albufeira visto que não existem estes excedentes na bacia hidrográfica do Tejo e que os transvases dessa dimensão contrariam quer a lei espanhola, quer a Directiva Quadro da Água (DQA).
4º Requerer a revisão do regime de caudais definido no Convénio de Albufeira no âmbito do actual processo de planeamento da gestão da região hidrográfica do Tejo, visto que deverá:
obedecer à normativa comunitária, nomeadamente, à Directiva Quadro da Água (DQA), visto tratar-se de um acordo entre dois Estados Membros;
ser submetido à participação pública activa, a reforçar nos planos de gestão da região hidrográfica do Tejo, de acordo com a DQA, visto ser um elemento estrutural desses planos da bacia;
contemplar a regulação quantitativa do caudal de chegada ao mar e o respectivo impacte na erosão costeira; e,
implementar um sistema de monitorização permanente e online de qualidade e de caudais que permita o acompanhamento público do cumprimento dos objectivos de qualidade e do regime de caudais ao longo de toda a bacia hidrográfica do Tejo.
5º Apresentar uma queixa à Comissão Europeia por considerar que não foi avaliado o Impacto do Transvase Tejo – Segura sobre o estado ecológico do rio Tejo e que a política de transvases do Tejo em Espanha conduz a uma deterioração do bom estado das águas e coloca em risco o cumprimento da legislação comunitária na bacia hidrográfica do Tejo em Portugal e Espanha;
6º Solicitar à Comissão Europeia que promova a realização de um estudo de avaliação do impacte ambiental estratégico da política de transvases em Espanha tendo especialmente em conta o bom estado das águas e, consequentemente, a capacidade de Portugal e Espanha cumprirem os objectivos da DQA em 2015, à semelhança da avaliação que já efectuou sobre o Programa Nacional de Barragens com Elevado Potencial Hidroeléctrico do Estado português.
Entre muitos participantes que assistiram ao acto da assinatura da Carta Reivindicativa Ibérica em Defesa do Tejo, estiveram presentes:
- Mário Santiago – Presidente da Assembleia Municipal de Alpiarça
- Carlos Jorge Pereira – Vice-Presidente da Câmara Municipal de Alpiarça
- Celestino Brasileiro – membro da AIDIA e da Assembleia Municipal de Alpiarça

Momento da Intervenção de João Serrano (primeiro a contar da direita), vice-presidente do Conselho Deliberativo do movimento ProTejo e membro da

 

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 18:18
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 8 de Janeiro de 2010
ABRANTES-Serviço de Urgências do hospital de Abrantes "entrou em ruptura"

O serviço de urgências do hospital de Abrantes "entrou em ruptura", registando desde o início do ano “congestionamentos e aumentos muito significativos nos tempos de espera” dos utentes, disse hoje fonte hospitalar.

Edgar Pereira, director clínico do Centro Hospitalar do Médio Tejo (CHMT) - que engloba os hospitais de Abrantes, Tomar e Torres Novas -, disse à agência Lusa que a situação é “preocupante” e “as rupturas são resultado” do encerramento do serviço de atendimento prolongado por parte da direcção do Agrupamento de Centros de Saúde do Zêzere (ACES) no início do ano.

Aquele serviço funcionava com dois médicos no interior da unidade hospitalar, atendendo cerca de 150 utentes diariamente, entre as 08:00 e as 20:00, “em situação mista”.

“No início do ano, fomos confrontados com esta decisão do ACES e com a consequente cessação da prestação de serviços por parte dos profissionais de saúde”, afirmou o responsável, acrescentando que os cerca de 150 utentes continuam a deslocar-se para as urgências do hospital, “criando congestionamentos e aumentos muito significativos nos tempos de espera”.

“Do total de utentes que o serviço do centro de saúde atendia, cerca de uma centena necessitava apenas de cuidados primários de saúde. Se encerrassem o serviço mas levassem os utentes para a consulta de recurso, o serviço de urgências cumpriria cabalmente a sua função, atendendo os casos mais agudos”, frisou Edgar Pereira.

Em declarações à agência Lusa, Fernando Siborro, director executivo do Agrupamento de Centros de Saúde do Zêzere, que agrega os Centros de Saúde de Abrantes, Constância, Ferreira do Zêzere, Sardoal, Tomar e Vila Nova da Barquinha, disse que “desde Outubro que o CHMT estava informado do encerramento" do serviço.

“Encerrámos o serviço de atendimento prolongado, essencialmente, por motivos de

reestruturação e para uma optimização de serviços, uma vez que reforçámos

significativamente a consulta de recurso com os dez médicos que prestavam ali serviço, à razão de dois por dia, e que vão, assim, poder receber mais utentes da própria lista de espera”, esclareceu Fernando Siborro.

“Este é um serviço que serve para dar resposta aos utentes sem médico de família, ou cujo médico esteja doente ou de férias, não é um serviço de urgência, e esta consulta de recurso abrange milhares de pessoas dos concelhos de Abrantes, Constância e Sardoal”, afirmou.

Para Edgar Pereira, no entanto, a situação é “insustentável”, admitindo “esforços” para a contratação de mais médicos para o serviço de urgência do hospital de Abrantes.

Lusa/SAPO (7.1.2010)

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 12:38
link do post | comentar | favorito

ABRANTES-Sobre o congestionamento da Urgência do Hospital de Abrantes

O MAL ESTÁ FEITO

OS UTENTES SÃO OS VERDADEIROS PREJUDICADOS

TEMOS É DE PENSAR NO FUTURO!

No momento complicado, que dura há meses, para a população dos concelhos de

Abrantes, Sardoal e Constância no que respeita ao acesso a cuidados de saúde, mais do que atribuir culpas interessa que sejam tomadas medidas de excepção para resolver o problema de imediato e pensar num plano estratégico que permita organizar cuidados de saúde de proximidade no conjunto da região.

Com a falta de médicos de família que se verifica, um pouco por todo o Médio Tejo, sofrem os doentes e as famílias, que são obrigados a maiores deslocações, mais tempos de espera, mais gastos, mais tempo perdido nas actividades profissionais e a sujeitarem- se ao agravamento do seu estado clínico. Sofre o SNS e as finanças públicas, pois não se podem prestar cuidados de qualidade em serviços congestionados e os cuidados hospitalares são muito mais caros que os prestados nos Centros de Saúde. Em conclusão, sofrem os utentes e o País.

Publicamente e em documentos enviados às entidades responsáveis, temos vindo a alertar para os problemas que agora se verificaram. Uns até nos ouvem, outros ignoram e outros hostilizam. Está na hora de assumirem as responsabilidades e pedirem desculpas por não terem em devido tempo resolvido o problema da falta de médicos de família. As entidades competentes têm todos os meios legais (ou podem criá-los), o dinheiro e o poder executivo para resolver o problema. Comecem o mais depressa possível! Os utentes agradecem.

Reafirmamos as nossas sugestões: contratem médicos reformados e/ou estrangeiros para que todas as Extensões de Saúde tenham médico ou médicos suficientes; contratem mais profissionais de enfermagem para os Centros de Saúde; reforcem a coordenação e a informação entre os ACES, Centros de Saúde e Hospitais; crie-se um quadro legal atractivo para os médicos dos cuidados primários que estão ou queiram vir para as zonas interiores do País; implemente-se uma correcta politica de formação de profissionais de medicina; instalam-se os Conselhos Consultivos e Conselhos de Comunidade para se iniciar um debate sério na procura das melhores soluções na organização dos cuidados de saúde no Médio Tejo.

A Comissão de Utentes da Saúde

do Médio Tejo

Médio Tejo, 8.1.2010

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 12:36
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 6 de Janeiro de 2010
Abrantes-Preside ao Conselho da Comunidade de ACES - Agrupamento de Centros de Saúde do Zêzere


 

Abrantes<br>Preside ao Conselho da Comunidade de ACES - Agrupamento de Centros de Saúde do ZêzereA Presidente da Câmara de Abrantes foi indicada para presidir ao Conselho da Comunidade do ACES - Agrupamento de Centros de Saúde do Zêzere. O nome de Maria do Céu Albuquerque foi indicado pelos presidentes das Câmaras que integram este órgão.

O conselho da comunidade é um órgão constituído por 14 personalidades representantes do poder local, administração regional e da sociedade civil. Entre outras competências, cabe a este conselho alertar o director executivo do agrupamento para factos reveladores de deficiências graves na prestação de cuidados de saúde assim como propor acções de educação e promoção da saúde e de combate à doença a realizar em parceria com os municípios e demais instituições.
Para a presidente da Câmara, Maria do Céu Albuquerque, este órgão assume um papel determinante para “podermos trabalhar nas matérias que dizem respeito a todos os munícipes que estão envolvidos, fazendo face às carências que hoje todos sentimos, nomeadamente na questão da falta de médicos de família”. A autarca de Abrantes assumiu já o compromisso com os seus pares para a realização de reuniões periódicas para que, legitimamente, possa “reivindicar” junto da administração o “melhor para as nossas comunidades em matérias de saúde familiar”.
O Agrupamento do Zêzere tem sede em Constância e agrega os Centros de Saúde de Abrantes, Constância, Ferreira do Zêzere, Sardoal, Tomar e Vila Nova da Barquinha.



publicado por Noticias do Ribatejo às 15:55
link do post | comentar | favorito

pesquisar
 
Setembro 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
15

22

26
27
28
29

30


posts recentes

SANTARÉM - Os quatro conc...

CONSTANCIA - Tertúlias

CONSTÂNCIA- O resultado d...

Governadora Civil no 5º ...

SANTAREM-GUARDA NACIONAL ...

Nove municipios do Médio ...

SANTAREM-MUSP

Caudais no Tejo estabiliz...

ÚLTIMA HORA-PLANO DE CHEI...

TORRES NOVAS-Vento provoc...

ALMEIRIM-Chuva matinal in...

Plano de Cheias em Alerta...

Santarém: chuvas da manhã...

A Governadora Civil visit...

Distrito em alerta amarel...

Plano de Cheias passa a A...

Defensores do Tejo reunir...

ABRANTES-Serviço de Urgên...

ABRANTES-Sobre o congesti...

Abrantes-Preside ao Conse...

Entroncamento acelera con...

SANTARÉM - Desactivado pl...

Mensagem de Natal do Bisp...

BENAVENTE-RASTREIO DO CAN...

Tancos: Condutor diz que ...

TOMAR - PSP chamada para ...

Instituto da Segurança So...

SANTARÉM - W Shopping lan...

Almeirim recebe prova de ...

Os intocáveis

arquivos

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

tags

todas as tags

subscrever feeds